SCP-2585 Registro de Exploração A

SCP-2585 » SCP-2585 Registro de Exploração A

rating: 0+x

Exploração A
██/██/1984

Devido à natureza da exploração e exigência de proezas de montanhismo, os funcionários de Classe-D não puderam ser utilizados. Uma equipe de três funcionários da Fundação (identificados como "A", "G" e "T") treinados em montanhismo avançado foi montada para essa missão. Para minimizar o risco de queda e permitir a descida acelerada, a equipe recebeu acesso a um protótipo de sistema desenvolvido a partir de tecnologias [REMOVIDO]. Além de seu equipamento de escalada e oxigênio engarrafado, os membros da equipe também foram equipados com uma conexão de rádio para o Posto Avançado-2585 na Base de Campo, um dispositivo de gravação de vídeo/áudio montado no ombro e três pistolas Beretta Series 81 foram entregues a cada membro. Os escaladores foram instruídos a subir o sudeste ou "Abruzzi Spur."

[Seções da subida antes do Campo C (altitude 7300 metros) estão sem intercorrências e foram omitidas por brevidade.]

A: Base, você consegue me ouvir?

Base: Entendido, A. Status?

A: Vamos partir do Campo C em breve e continuar no ombro. Nenhuma anormalidade até agora.

Base: Entendido, A. Como está a equipe?

A: G está um pouco abaixo do clima…ou, bem, sobre isso, eu acho. Apenas problemas de altitude. Nós vamos deixá-lo ficar composto. Nenhum problema comigo ou com T.

Base: Anotado. Por favor, informe com qualquer desenvolvimento significativo; nós vamos manter silêncio até então.

A: Entendio, Base. Saindo.

Oito minutos de silêncio.

A: Base, responda.

Base: Estamos te ouvindo, A, como está sua situação?

A: G está se perdendo, Base. Ele está se encolhendo, divagando que quer ir para casa. Não podemos acordá-lo e ele está totalmente branco. Eu não acho que ele vai conseguir.

Base: Você notou alguma atividade anormal, além do episódio de G?

A: Não.

A pausa.

A: Você quer que a gente vá em frente com o Protocolo R-0?

Base: …Afirmativo, A. Dê a filmadora do G para o T.

A: Entendido.

Uma breve pausa, noventa segundos.

A: Certo, estamos prontos para continuar nossa ascensão. G ainda está fora disso; ele ainda está se movendo, mas ele não está falando.

Base: Entendido, A. Você pode continuar.

A: Descanse em paz, G. saindo.

Vinte e quatro minutos de silêncio.

T: Base, responda!

Base: T, é você? Aonde A está?

T: Eu não sei, eu o perdi na tempestade!

Base: Repita, T?

T: TEMPESTADE. Você sabe, aquela coisa gigante ao redor da montanha agora?

Base: Negativo, T.

T: Que? Você pelo menos pode ver a montanha?

Base: Há cobertura de nuvens, mas não é turbulenta.

T: …Base, Eu queria relatar uma anomalia.

Base: A tempestade?

T: O que você acha?

Base: Em espera enquanto tentamos entrar em contato com A.

T: Certo.

Tentativas foram feitas para contatar o A, e foram malsucedidas.

Base: Não podemos alcançá-lo. A rota ainda é escalável?

T: Sem chance.

Base: Muito bem; volte para o acampamento.

T: Entendido. Saindo.

Quinze minutos de silêncio.

T: Base, é você-oh Deus.

Base: T, o que foi? Responda.

T: Eu encontrei o A, ele está-porra, parece que ele está congelado. Sim, não, a pele dele parece uma pedra, porra.

Base: Ignore o A e continue com sua descida o mais rápido possível; esta missão foi oficialmente abortada.

T: Estou voltando para baixo, Base, estou indo, espere, o que?

Base: T, o que você vê?

T: Tem mais alguém aqui em cima. Eu-espere, ele se foi… estava bem ali. Contato desconhecido perdido, Base.

Base: T, a descida continua sendo sua prioridade.

T fica em silêncio.

Base: T, você consegue me ouvir?

T permanece em silêncio.

Base: T?

T: A montanha está caindo.

Base: T!

Nenhuma outra resposta de T é ouvida, no entanto, um som estrondoso possivelmente consistente com uma avalanche é registrado, junto com vários sons de origem desconhecida. Após trinta segundos, o contato é perdido completamente.

Uma hora depois, G foi descoberto entrando na Base de Acampamento. Na sua posse estava a unidade de gravação de vídeo/áudio originalmente atribuída a ele e posteriormente dada ao T. A análise mostra evidências da tempestade atestada por T, apesar de não haver evidência do fenômeno da estação de monitoramento. A alimentação parece ter sido cortada antes da avalanche, que supostamente matou T, e não existem gravações para esclarecer como o dispositivo retornou à posse de G, ou como G desceu da montanha.

Três aparições de SCP-2585-1 foram identificadas nas gravações, no entanto, parece que apenas a última foi notada pela equipe (especificamente, T). Essas imagens de SCP-2585-1 são as primeiras conhecidas pela Fundação.

G expirou de um edema cerebral duas horas após o seu retorno, e não falou durante esse tempo. Nenhum vestígio de A ou T foi encontrado.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License