SCP-268
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-268

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-268 atualmente deve ser mantido dentro de [DADOS EXPURGADOS]. visto que foi considerado que a chance de uso para facilitar a fuga de funcionários restritos ou SCPs humanoides é muito grande. No entanto, a possibilidade de uso por agentes de campo após mais testes está em revisão. Consulte o adendo 268-05.

Descrição: SCP-268 é um boné de jornaleiro de tecido de lã. O design e a marca parecem ser de origem irlandesa. Devido ao estilo e ao tecido, estima-se que ele tenha sido criado entre o final dos anos 1800 e início dos anos 1900, embora análises das fibras sejam inconclusivas. As únicas marcas no boné são uma pequena etiqueta com a inscrição em irlandês médio, onde se lê "O Jardim é o Lugar da Serpente." No entanto, há vários indícios de que essa etiqueta foi costurada no boné em tempos recentes.

Devido à natureza do artefato, testes tem sido extremamente difíceis. SCP-268 parece ser um chapéu normal até que ser usado. Qualquer pessoa usando o chapéu, no entanto, se torna repentina e instantaneamente imperceptível. Indivíduos se tornam imemoráveis, completamente ignoráveis, ou "tomados como garantidos" por todos os observadores. Observadores, com sugestões específicas, são capazes de lembrar mais tarde de ter fisicamente visto o sujeito, mas não podem dar detalhes específicos além de "ver um homem com um chapéu". Observadores parecem ter a sensação avassaladora de que o usuário é alguém que "deveria estar lá" e, por tanto, não merecia pensamento ou atenção.

Durante o teste inicial, analistas remotos esqueceram completamente o que deveriam estar observando dentro da câmara, e não foi até que a cobaia Classe-D usando SCP-268 falou algo que ele foi notado novamente. A remoção do artefato, vocalização e interação física com os observadores parecem ser as únicas maneiras pelas quais os usuários de SCP-268 podem se tornar perceptíveis. Uma vez que o observador 'percebe' um indivíduo usando SCP-268, ele lentamente começa a ignorar o sujeito mais uma vez, a menos que seja mantido ativamente envolvido pelo usuário.

Testes revelam que se uma cobaia usar SCP-268 por mais de vinte (20) horas cumulativas, seus efeitos parecem persistir, com potência diminuída, no indivíduo, mesmo quando ele não está usando o artefato. Testes nesta área tem sido cautelosos devido à possibilidade de brechas de contenção, mas um incidente [consulte o Adendo 268-04] mostrou que, se o artefato for usado por tempo suficiente, o efeito se tornará permanente e inquebrável.

Pesquisas extensas ainda não foram capazes de determinar se componentes eletrônicos são ou não diretamente afetados por SCP-268. Observadores vendo um indivíduo usando SCP-268 por meio eletrônico ainda têm dificuldade em reconhecer a existência do indivíduo e, mesmo quando notado, observadores relatam não conseguir ver o rosto do indivíduo em questão. Observadores notam fotos de indivíduos usando SCP-268 como "borradas", e mídia digital, como câmeras de vigilância, é relatada como "granulada e desfocada". A pesquisa não tem certeza se essas alterações são existentes e físicas, ou apenas percebidas devido às propriedades de SCP-268. Deve-se notar que, embora a captura de SCP-268 por meios eletrônicos visuais tenha sido difícil, sensores de movimento, sensores de peso, sensores de calor e dispositivos semelhantes são acionados corretamente ao encontrar um indivíduo usando SCP-268.

Adendo 268-01: SCP-268 apresenta algumas semelhanças com SCP-180. SCP-268, no entanto, não parece funcionar em objetos inanimados e, mais importante, não rouba diretamente a identidade de seu hospedeiro. Embora SCP-180 faça com que seu hospedeiro se torne irreconhecível após o próprio SCP-180 ser removido e colocado em outro objeto, isso parece ser um efeito colateral de sua função de roubo e transferência de identidade. Enquanto isso, pode-se dizer que SCP-268 'rouba' a identidade de usuários de longa data, à medida que se tornam irrevogavelmente esquecidos. Isso causou algumas especulações sobre se os itens compartilham origens semelhantes ou se as muitas semelhanças que eles compartilham são mera coincidência.

Adendo 268-02: A pedido do Agente ███████, e após aprovação do Dr. █████████ e Dr. Klein, SCP-268 está sendo usado com agentes em serviço de campo ativo. Os resultados até agora têm sido favoráveis.

Adendo 268-03: Teste de campo foi suspenso. Embora o Agente ███████ pareça ter estado na folha de pagamento e nos registros, nenhum funcionário, seja no Sítio-██ ou no comando superior, se lembra de conhecer ou ouvir falar de um Agente ███████. Testes adicionais devem ser conduzidos apenas em funcionários Classe-D, e em nenhum indivíduo por mais de dez (10) horas.

Adendo 268-04: Os efeitos de SCP-268 parecem se fortalecer e se tornar permanentes conforme cobaias individuais usam o artefato por longos períodos de tempo cumulativo. Há uma diferença marcante na potência do efeito de SCP-268 em alguém que o usa pela primeira vez e em alguém que usou o artefato por mais de cinco horas em outras ocasiões. Por exemplo, alguém que nunca usou o boné antes parece dissipar seus efeitos simplesmente falando. Aqueles que usaram o artefato em várias ocasiões por longos períodos de tempo parecem ser capazes de fazer perguntas aos observadores e receber respostas com o observador tendo pouco ou nenhuma lembrança do evento. Em um teste, a cobaia que usou o artefato por mais de quinze horas foi capaz de pedir aos funcionários em pé a senha da câmara de teste, quase causando uma brecha de contenção e fuga dos funcionários Classe-D. Os funcionários de segurança em questão relataram ser incapazes de se lembrar de ter dado as informações em questão. - Dr. Klein

Adendo 268-05: Como de ██/██/████, SCP-268 está desaparecido. Sua ausência foi descoberta no início da manhã pelo Agente █████ e analistas de pesquisa, e em seu lugar havia uma nota dizendo "Obrigado, eu precisava de meu chapéu de volta. ~ L.S." Uma investigação completa dessa brecha de segurança foi lançada em ██/██/████. Consulte [DADOS EXPURGADOS]

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License