SCP-285
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-285

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-285 deve ser mantido em uma câmara de contenção humanoide de Nível-III na Ala-B do Sítio-43. SCP-285 deve receber comodidades básicas. Seguindo a recente cooperação de SCP-285 com a Fundação, ele tem permissão para vagar livremente pelos jardins botânicos do Sítio-43 por exatamente duas horas com supervisão de pelo menos um guarda, se assim desejar.

Funcionários não devem discutir sobre o passado de SCP-285 com a PdI-6938 sem a aprovação do Diretor do Sítio-43. Se isso ocorrer, funcionários técnicos autorizados devem remover manualmente as informações de SCP-285-B por meio de SCP-285-A.

Instâncias de SCP-285-B não devem ser editadas sem a permissão do Administrador da equipe Técnica do Sítio-43. SCP-285 nunca deve receber de volta todas as suas habilidades em nenhuma circunstância.

Descrição: SCP-285 é uma entidade anômala sem forma ou estrutura interna definidas, com exceção de SCP-285-A, que constantemente se manifesta nas costas do objeto. O corpo de SCP-285 muda esporadicamente, sem padrão entre as alterações; apesar do trauma que SCP-285 incorre como resultado dessa mutação corporal, em nenhum momento ele exibirá sinais de sofrimento homeostático. O objeto afirma que ele não pode controlar essas alterações. Essas alterações incluem, mas não estão limitadas a:

  • Perda e crescimento de novos membros.
  • Tamanho e formato variáveis das partes do corpo.
  • Perda e crescimento de altura e massa.

SCP-285-A aparenta ser uma porta Ethernet1, que permite acesso ao banco de dados interno de SCP-285. Quando acessado por um computador capaz de conexões a fio entre redes, vários arquivos podem ser acessados. Esses arquivos (SCP-285-B) contêm vários arquivos de texto, áudio, riscos cognitivos e vídeos. ~90% de todos os arquivos foram corrompidos. A causa dessa corrupção é atualmente desconhecida. Além disso, SCP-285 só é capaz de acessar arquivos que foram formados em seu próprio banco de dados.

Investigações sobre SCP-285-B e seu conteúdo revelam que a edição de SCP-285-B pode causar mudanças externas no corpo e no estado psicológico de SCP-285. Até que ponto isso é possível sem causar danos permanentes a SCP-285 é atualmente desconhecido. Acredita-se que a PdI-6938 tenha usado essa habilidade para evitar o GdI-102 ("Unidade de Incidentes Incomuns") por meio do uso consistente da edição da estrutura facial e do tipo corporal de SCP-285, junto com a edição de capacidades ofensivas de base taumatológica para defesa contra agentes do GdI-102.

Recuperação: SCP-285 foi recuperado após uma tentativa de prisão envolvendo ele próprio e um indivíduo desconhecido (atualmente considerado o criador de SCP-285) em Las Vegas, Nevada. SCP-285 e o indivíduo desconhecido (PdI-6938) foram inicialmente parados por excesso de velocidade, antes do policial descobrir que a PdI-6938 havia atacado um prédio federal em [REDIGIDO], Califórnia. Posteriormente, foi revelado que este prédio federal estava sob o controle direto do GdI-102, e que era usado como uma prisão para humanoides anômalos. O ataque da PdI-6938 e SCP-285 resultou na morte de 34 funcionários do GdI-102 e na libertação de ~70% da população carcerária.

O policial tentou prender SCP-285 e a PdI-6938, mas foi atacado por SCP-285. A PdI-6938 então escapou, deixando SCP-285 com o policial. SCP-285 foi então preso e colocado sob custódia do GdI-102, antes de ser entregue à Fundação após uma Troca de Informações anômala entre o GdI-102 e a Fundação. Tanto as autoridades locais quanto os agentes federais não conseguiram localizar a PdI-6938. Vias anômalas localizadas em Nevada estão atualmente sendo investigadas com forças-tarefas conjuntas Fundação-UIU.


Registro de Entrevista

Entrevistador: Dr. Henderson

Indivíduo: SCP-285

<Começar Registro>

Dr. Henderson: Qual é o seu propósito?

SCP-285: Eu não sei.

Dr. Henderson: Como você não sabe?

SCP-285: Eu só não sei. Tenho uma ideia de por que fui criado, mas não tenho muita certeza.

Dr. Henderson: Bem, me diga por que você acha que foi criado.

SCP-285: Bem, para entreter as crianças. Originalmente, eu acho. Embora meu propósito tenha sido provavelmente [pausa] alterado, por falta de uma palavra melhor.

Dr. Henderson: Como você acha que foi alterado?

SCP-285: É difícil explicar. Eu me lembro de algumas coisas perfeitamente, mas outras eu nem mesmo consigo pensar. Eu acho que ele estava louco e queria ferir alguém. E ele me usou para ajudar a feri-los. Eu espero que ele não tenha conseguido.

Dr. Henderson: Por que você não quer que ele consiga?

SCP-285: Não quero machucar ninguém.

Dr. Henderson: Então por que você atacou aquele policial?

[SCP-285 Pausa]

SCP-285: Eu só fiz o que me foi dito. Mas acho que aquela foi a única vez que ele me fez machucar alguém. Pelo menos, acho que sim.


Dr. Henderson: Por que você acha que seu criador colocou esses arquivos em você?

SCP-285: Garantia, eu acho.

Dr. Henderson: Explique.

SCP-285: Assim, eu me lembro que meu, uh, 'banco de dados', por falta de uma palavra melhor, é de natureza biológica. Meu cérebro [bate na testa] contém todas as informações do meu 'banco de dados', mesmo que eu não consiga acessar nada que ele colocou em mim. Ou nada que ele não quisesse que eu visse.

Dr. Henderson: Então, se seu cérebro fosse danificado ou se você morresse, todos os arquivos em seu banco de dados desapareceriam?

SCP-285: Não desaparecer, mas simplesmente se corromper. Mas, sim, essa é a idea. Ele queria ter certeza de que, se eu fosse capturado pela 'u-ai-u' ou seja lá como eles eram chamados, eles não seriam capazes de ler meus arquivos. Ele realmente odiava aqueles caras. Talvez seja isso o que o deixou louco em primeiro lugar. Me lembro de que sempre que tocava no assunto ele ficava bravo e gritava comigo. Chorei um pouco, mas não muito. Ele odeia quando eu choro. Não é minha culpa que ele me criou para chorar.

Dr. Henderson: Ele mencionou algo que talvez pudesse explicar por que ele estava tão irritado?

SCP-285: Não, mas do jeito que ele soava, era como se fosse o fim do mundo pra ele. É por isso que ele me criou, eu acho. Por que ele me alterou. Ele queria me usar como algo, como uma, uh, arma, eu acho? Fosse o que fosse, ele queria ferir a 'u-ai-u'. Ele costumava falar sem parar sobre como eles eram maus e mereciam ser destruídos porque tiraram tudo dele e como todos eles precisavam morrer. Era assustador.

Dr. Henderson: Bem, a UIU não é má; Posso dizer isso com confiança.

SCP-285: Como? Ele me disse que eles sequestram e matam pessoas que não fizeram nada além de existir. Ele me disse como eles tornavam a vida um inferno para ele, seus amigos e família. Nunca tive família, mas isso deve doer, certo?

Dr. Henderson: O que quer que seu criador tenha lhe dito, estava impreciso.

SCP-285: Se você diz, doutor. Eu confio em você mais do que nele, de qualquer maneira.


Dr. Henderson: Por que você acha que o seu criador o deixou para trás?

SCP-285: Ele já estava feito comigo.

Dr. Henderson: Como assim?

SCP-285: Ele tinha feito o que queria fazer, seja lá o que fosse. Eu acho que eu só era mais uma ponta solta.

Dr. Henderson: Se você realmente era uma 'ponta solta', como descreveu, por que ele mesmo não o matou?

SCP-285: Eu acho que ele ia, e depois de enviar todos os arquivo pro meu 'banco de dados', ele ia fazer isso. Mas ele foi interrompido. E ele entrou em pânico, e ele só torceu pro policial acabar comigo. Que bem que ele não fez isso, sabe? Eu gosto de viver. Melhor do que seja lá que eu era antes.

Dr. Henderson: Por que você acha que ele queria se livrar de todos os arquivos do seu banco de dados?

SCP-285: Algo estava lá, algo sobre algumas outras pessoas. Ele fez algo com elas. Roubou algo muito importante pra elas. Acho que ele fez parte delas em algum ponto, mas foi embora. Talvez eu também fizesse parte delas, não sei, mas sei que, seja lá qual fosse o grupo, ele não queria que eles viessem atrás deles. Ou me encontrando.

Dr. Henderson: Você se lembra do nome desse grupo?

SCP-285: Eu não sei cara. Eu me lembro dele falando sobre 'a porra de uns drogados', mas é basicamente isso.

<Fim do Registro>


Adendo-285.1

A seguinte coleção de documentos está arquivada em ordem cronológica com base nos documentos do banco de dados interno de SCP-285 e documentos relacionados ao GdI-102. O objetivo desta coleção é fornecer uma possível linha do tempo em relação à criação de SCP-285 e ao motivo e objetivo geral da PdI-6938.


Adendo-285.2

O seguinte documento foi dado à Fundação pelo GdI-102 durante a negociação inicial entre o GdI-102 e a Fundação.

Puta merda! Você acabou de encontrar o seu próprio Sr. Hax da Gamers Contra Erva! Sempre usem Antimalware, crianças. Quem é este Fourchan?

Colecione todos eles e se torne o Sr. Gamer!

01. Sr. Literal Assassino Em Série
02. Sr. Normie
03. Sr. Bernie Sanders
04. Sr. Pegue Qualquer Coisa De Graça Em Qualquer Loja
20. Sr. Número Do Sexo
21. Sr. Virtudes Celestiais
22. Sr. Pecados Capitais
23. Sr. Personagem Original
24. Sr. D.A.R.E.
25. Sra. Gentrificação
26. Sr. Doido Por Vídeo Games
27. Sr. Meme
28. Sr. Sinistro (descontinuado)
29. Sr. Destino
30. Sr. Monty Python E O Santo Graal
31. Sra. Zapatista
32. Sr. Hax ✔
33. Sr. Só Tem A Tatuagem
34. Sr. Texto Superior e Sr. Texto Inferior
35. Sr. Final
36. Sr. Humilde Comerciante de Filtros de Água


Adendo-285.3

O seguinte documento foi encontrado dentro de um envelope lacrado endereçado à equipe do Sítio-43.

Caros Zeladores/Corvos

Eu sei que esse tipo de coisa não é nosso estilo normal, mas nós, como grupo, decidimos que essa situação não poderia ser considerada 'normal' por nenhum esforço da imaginação.

Nós sabemos que vocês tem o Hax, e sabemos o que aconteceu com ele. Incluindo o que aconteceu com o Ken e Jordan, e o que eles planejavam fazer com ele. Como sabemos disso não é importante, mas o que é importante é o que aprendemos com isso. E só queremos dizer uma coisa a todos os envolvidos

Desculpe.

Sentimos muito por ter confiado em um monstro que pensávamos ser nosso amigo. Sentimos muito por não poder detê-lo a tempo. Sentimos muito por não termos conseguido evitar o que você passou, Hax. Eu, e o resto do grupo, queremos dizer que nunca quisemos que isso acabasse assim. Para o Hax, para vocês, Zeladores, ou para os Corvos, que não mereciam o que aconteceu com eles.

Nós só queríamos trazer felicidade às crianças com seus poderes.

Nós só queríamos zombar de vocês e dos Corvos.

Não queríamos isso. Nunca pretendíamos que as coisas terminassem assim.

Sentimos muito.

Assinado, Gamers Contra Erva.

P.S. Não se preocupem com o Ken ou o Jordan. Nós lidamos com eles.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License