SCP-2865
avaliação: 0+x
2865.png

Entrada para SCP-2865

Item nº: SCP-2865

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Facilidade de Observação Armada 232 foi estabelecido a 0,8 quilômetros na estrada de SCP-2865, publicamente conhecido como uma estação para Guardas Florestais do Serviço Nacional de Parques (NPS). Força Tarefa Móvel Pi-2 (”Espanadores”) foi designada pela Facilidade de Observação Armada 232 para facilitar a contenção. Devido à natureza semi-pública de SCP-2865, os membros da FTM-Pi-2 são obrigados a se vestirem como guardas florestais, a fim de manter a contenção de SCP-2865 discreta. Quaisquer civis que tentem entrar em SCP-2865 devem ser avisados sobre a atividade de ursos hostis na área e serem levados para outro local. O uso de força não-letal é autorizado para civis que não cooperarem. Qualquer civil que entre em contato com uma instância de SCP-2865-1 deve receber tratamento com amnésicos de Classe-A e ser removido da área imediatamente.

Os arredores de SCP-2865 devem ser patrulhados constantemente por membros da FTM Pi-2, mas o próprio SCP-2865 não deve ser violado, exceto em circunstâncias excepcionais. Se uma instância de SCP-2865-1 for observada tentando se aventurar fora dos limites de SCP-2865, o pessoal é aconselhado a não se envolver, e deverá entrar em contato Facilidade de Observação Armada 232 para assistência.

Descrição: SCP-2865 é uma floresta de 8 quilômetros quadrados, localizado na Floresta Nacional Beaverhead-Deerlodg, na região sudoeste de Montana. A áreas notáveis de SCP-2865 consistem em uma pequena estrada, uma ponte desmoronada sobre uma pequena parte de █████ Creek, e um castelo improvisado, atualmente habitado por um número desconhecido de instâncias de SCP-2865-1, assim como SCP-2865-2. O castelo é composto por madeira e pedras empilhadas uma a outra, presumivelmente colhidas pelas instancias de SCP-2865-1, e contém aproximadamente 198 metros quadrados da área. Várias salas foram identificadas, incluindo uma “sala de trono”, aparentemente habitada por SCP-2865-2.

SCP-2865-1 é a designação coletiva dada a um grupo de entidades anômalas criadas por SCP-2865-2. O número exato é desconhecido, embora tenha sido estimado em centenas. SCP-2865-1 são entidades bidimensionais aparentemente compostas inteiramente de sulfato de cálcio, coloquialmente conhecido como giz processado. Essas entidades variam muito em tamanho e aparência, com instâncias tão pequenas que chegam até 6 centímetros e também as grandes que podem chegar até 4 metros sendo observadas, embora sejam geralmente mais humanoides e entre 1,6 e 2 metros de altura.

Em seu estado inativo, SCP-2865-1 parece ser apenas um desenho feito por giz, geralmente desenhado em uma árvore ou em outro objeto. No entanto, ao entrar em seu estado ativo, uma instância de SCP-2865-1 exibe a capacidade anômala de sair de seu ponto de origem e interagir com seu ambiente. Apesar de possuir profundidade próxima a zero, SCP-2865-1 é totalmente capaz de manipular objetos tridimensionais. SCP-2865-1 parece ser inteligente, pois foi observado que eles usam ferramentas e executam tarefas complexas sem assistência.

Até o momento, nenhuma comunicação bem-sucedida foi estabelecida até o momento entre o pessoal da Fundação e SCP-2865-1, embora pareçam ter pelo menos uma capacidade limitada de falar, veja Relatório de Incidente 1/6/20██. SCP-2865-1 aparentam estar sobre o controle de SCP-2865-2. SCP-2865-1 parecem ser entidades totalmente independentes, capazes de agir inteligentemente sem a influência de seu criador.

SCP-2865-2 é uma criança do sexo masculino, entre seus █ e ██ anos de idade. SCP-2865-2 possui olhos castanhos e tem aproximadamente 130 centímetros de altura. SCP-2865-2 se refere a si mesmo como o “Rei Jeremy o Terrível”, e SCP-2865-1 como seus “servos”. SCP-2865-2 possui uma pequena quantidade de giz processado, aqui designado como SCP-2865-3. Qualquer desenho feito por SCP-2865-2, usando SCP-2865-3, se tornará uma instância de SCP-2865-1 dentro de 10 a 20 minutos. Não se sabe se esse efeito anômalo é inerente ao SCP-2865-2 ou ao SCP-2865-3. SCP-2865-3 nunca foi observado se desgastando ou desintegrando, apesar de ser usado para criar dezenas de SCP-2865-1.

Pesquisas conduzidas por agentes da Fundação nas origens de SCP-2865-2, resultaram na descoberta de relatório policial em Billings, Montana, for a uma criança de █ anos chamada de Jeremy ██████ foi declarado desaparecido de sua casa em 7/2/20██. As fotos deste indivíduo indicam que ele podia ser SCP-2865-2. Vendo os vídeos encontrados nos registros das escolas em Montana, ██████ foi expulso de sua escola pública a cerca de dois meses antes de seu desaparecimento por ferir gravemente outro aluno com um lápis.

Adendo 2865-a: Em 12/23/20██, O pessoal da Fundação que trabalhava na Facilidade de Observação Armada 232 encontrou uma pequena anotação manuscrita anexada a uma árvore próxima, aparentemente escrita por SCP-2865-2 e entregue na madrugada daquela manhã. Em sua redação, SCP-2865-2 expressou seu conhecimento sobre a Fundação e convidou o pessoal da Fundação para visitar seu “reino”. Parece que o conhecimento de SCP-2865-2 sobre a Fundação não se passa além do nome e do monitoramento feito pelo pessoal, e como tal não constitui um vazamento de informações confidenciais. Uma transcrição completa de uma anotação manuscrita está disponível logo abaixo.

Prezada Fundação [sic],

Eu sei que esteve me vigiando. Eu sei que vocês querem me “conter“, mas eu tenho um exercito [sic] que vai impedir todos vocês. Marque minhas palavras. Você me quer como seu aliado. Como gesto da minha boa vontade, convido vocês para visitar o Castelo Jeremy. Nós vamos falar sobre essa coisa de ser aliados. Mas tenha cuidado, sou muito poderoso. Se fizer besteira [sic] eu vou cortar suas cabeças [sic]. Trazem presentes.

-Rei Jeremy, o Grande e o Terrível

Relatório de Incidente 1/6/20██: Dr. ██████, Diretor da Facilidade de Observação Armada 232, decidiu enviar uma pequena equipe de Agentes da Fundação para estabelecer contato com SCP-2865-2, com o objetivo secundário de capturá-lo para contenção em uma instalação da Fundação. A equipe é composta por três membros do FTM Pi-2: Agentes ████, █████, e ████████, e Dr. ███. A equipe entrou em SCP-2865, onde eles foram levados para o “Castelo Jeremy” por uma instancia de SCP-2865-1. O pessoal estava armado com pequenas armas, e o Agente ████ tinha um dispositivo de gravação por vídeo montado em seu equipamento. Uma transcrição completa do incidente está disponível logo abaixo.

Dr. ███ e os três agentes FTM são conduzidos para o castelo de SCP-2865-2 por uma instância de SCP-2865-1. Sete outros estão presentes no castelo. Por insistência de SCP-2865-2, todos os quatro se ajoelham antes de chegar ao “trono” de SCP-2865-2.

Dr. ███: Saudações, SCP-2865-2.

SCP-2865-2: (olhando para os seus “servos” e depois olhando para os Agentes) Você vai dizer o meu nome verdadeiro ou eu vou cortar a sua cabeça!

Agente █████: (resmungando) Faça o que ele diz.

Dr. ███: Minhas desculpas, Rei Jeremy. Como você chegou a conhecer as atividades da Fundação em seu… reino?

SCP-2865-2: Alguns dos meus servos viram seus espiões bisbilhotando na floresta e nos observando com pequenas câmeras! Você não pode me enganar! Eu sei que meus pais mandaram você para me trazer de volta à escola!

Dr. ███: Eu vejo que nossas informações secretas estão sendo espalhadas sem autorização para você. Como você cria as instancias de- Quero dizer, seus servos?

SCP-2865-2: Isso é fácil, seu estupido. Eu apenas desenhei eles com um giz mágico!

Dr. ███: Eu entendo. Que tal se-

SCP-2865-2: Chega dessas perguntas! Aonde estão os meus presentes?

Dr. ███ diz para os Agentes darem os presentes. Agente ████ tira de uma caixa, vários carrinhos de plástico, Agente ████████ pega uma nota de 20 dólares, e Agente █████ pega uma caixa contendo vários pirulitos. Os itens são apresentado para SCP-2865-2. O rosto de SCP-2865 começa a ficar vermelho e começa a expressar raiva.

SCP-2865-2: (gritando com raiva) Esses presentes são horríveis! Eu odeio vocês! (olhando para a maior instancia de SCP-2865-1) Eu odeio eles! Eu odeio eles! Corta as cabeças de todos eles!

Agente █████ prepara sua arma, mas o Agente ████ não permitiu. SCP-2865-1 não responde por um período de aproximadamente cinco segundos. De repente, a maior instância corre em direção a SCP-2865-2, tirando ele do "trono" e jogando-o no chão.

SCP-2865-2: (começa a chorar) Ei! O que está fazendo? Eu sou o seu Rei! Eu te ordendo que pare!

SCP-2865-1: Não quero mais rei.

A instancia de SCP-2865-1 pisa nas costas de SCP-2865-2, impedindo que ele se levante. Em seguida, a instancia olha para Dr. ███ e aponta o dedo para a saída do castelo. Vários outras instancias se movem ameaçadoramente em direção ao pessoal da Fundação.

Dr. ███: Não machuque ele!

Agente █████: Vamos logo, Doutor, nós temos que ir.

Dr. ███ Mas-

Agente █████ empurra o Dr. ███ para fora do castelo, e ambos eles e os outros dois Agentes começam a correr de volta para a Facilidade de Observação Armada 232. O registro termina a cerca de vinte minutos depois da chegada na Facilidade de Observação Armada 232.

Após aos eventos do Incidente 1/6/20██, parece que SCP-2865-1 são entidades independentes, e não são, como se acreditava anteriormente, inteiramente sob o controle de SCP-2865-2.

Adendo 2865-b: Em 1/12/20██, algumas instancias de SCP-2865-1 parecem estar abandonando o "Castelo Jeremy" em favor de uma rede subterrânea de túneis sendo construídos abaixo de SCP-2865. Devido à geração contínua de novas instâncias de SCP-2865-1, é teorizado que SCP-2865-2 está sendo mantido em cativeiro pela "colônia" como meio de reprodução. O monitoramento contínuo de SCP-2865 por meio de câmeras montadas no local está atualmente sendo considerado.

Adendo 2865-c: Em 2/3/20██, um grupo de trinta e sete instâncias de SCP-2865-1 (referidos como SCP-2865-1A) foi observado se separando da população principal (SCP-2865-1B) e retornar para "Castelo Jeremy", acompanhado por SCP -2865-2. Pouco tempo depois, ocorreu um conflito violento entre os dois grupos, aparentemente em uma tentativa de SCP-2865-1B recuperar seus únicos meios de reprodução. A tentativa não resultou com exito e a colônia de SCP-2865-1A começou a crescer rapidamente. Em 2/11/20██, várias dúzias de SCP-2865-1B tentaram violar a contenção. Os membros da equipe FTM-Pi-2 foram despachados e armados com mangueiras de alta potência, mas várias instancias estão atualmente desaparecidas. Desde os eventos ocorridos em 2/11/20██, várias escolas primárias e barracas de artesanato em Montana tiveram seus conteúdos roubados. Em todos os casos, nada foi roubado, exceto as grandes quantidades de giz processado. Esses casos estão sendo investigados pela Fundação para possíveis conexões com SCP-2865.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License