SCP-3213
avaliação: +2+x
3213-1.jpg

Uma tentativa de teste envolvendo um elefante-marinho-do-sul selvagem. O individuo vocalizou "Some daqui, Carl!" antes de SCP-3213 ser removido da área.

Item nº: SCP-3213

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-3213 deve ser contido em uma cela de contenção padrão no Andar-20 da Área-88. Sob nenhuma circunstância é permitido a interação não supervisionada de SCP-3212 com qualquer membro de qualquer espécie de pinípede (famílias pinípedes incluem, mas não estão limitadas a, morsas, focas e leões marinhos). Os testes com os efeitos de SCP-3213 são realizados nas instalações aquáticas do Andar-21, na Área-88.

Descrição: SCP-3213 é um humano do sexo masculino entre seus 44 anos de idade, chamado pelo nome Carl Prosser. Quando SCP-3213 está na linha direta de visão de qualquer membro de qualquer espécie pinípede, o animal se tornará sapiente e capaz de vocalização. Os animais afetados por SCP-3213 utilizarão essa capacidade com o objetivo de direcionar o abuso verbal para SCP-3213.

Os animais afetados parecem possuir personalidades e comportamentos individuais, embora todos compartilhem um certo ódio de SCP-3213. Os animais afetados não compreendem, ou não se importam em responder, a qualquer solicitação verbal de indivíduos que não sejam SCP-3213. Interações repetidas entre SCP-3213 e animais afetados não produziram informações verificáveis relacionadas à causa da anomalia.

Quando na presença de pinípedes, SCP-3213 está sob constante risco de ataque físico. Os animais afetados tentarão infligir o máximo de dor física possível em SCP-3213, embora vários testes em ambientes controlados tenham revelado que esses ataques cessarão se os danos causados pelos animais sejam considerados perigosos a vida de SCP-3213. Todos os animais que estejam atacando SCP-3213 continuarão com abuso verbal, até que sejam removidos da presença de SCP-3213.

Animais afetados por SCP-3213 não parecem manter a sua sapiência ou capacidade de vocalizar quando estão fora da linha direta de visão de SCP-3213. O exame de espécimes vivos e ativamente afetados não foi bem sucedido devido à sua agressão. SCP-3213 tem, no entanto, sido cooperativo durante todo teste com a anomalia.

Teste 3:

Proposito: Demonstração visual da anomalia descrita.

Data: 10/30/17

Método: SCP-3213 recebeu uma câmera de vídeo e foi instruído de entrar em uma sala com um tanque que abriga duas focas sem orelhas em sua fase adulta.

Resultados: Um arquivo de vídeo demonstrando a anomalia de SCP-3213 ocorrendo foi criado.

Acredita-se que a natureza relativamente dócil da interação tenha sido uma tentativa de fazer SCP-3213 se-sentir seguro. Duas tentativas separadas foram feitas para carregar fisicamente SCP-3213 até a água seis segundos após o final do trecho de vídeo abaixo.

Teste 5:

Proposito: Tentativas de Dr. Paul Clifford de comunicar com os animais afetados enquanto SCP-3213 estava presente.

Data: 11/08/17

Método: SCP-3213 é instruído de entrar em uma sala com um tanque que abriga duas focas sem orelhas e Dr. Clifford já estava presente no local.

Registro de Iteração:

Foca 1: Vai se foder, Carl!

Foca 2: Sim, vai se foder. Bem devagar e com força, seu desgraçado.

Dr. Clifford: Com licença, alguém de vocês podem me entender?

Foca 2: Carl, como é a sensação de saber que mesmo que você esteja ficando careca, você nunca ficará mais feio?

Dr. Clifford: Algum de vocês podem me ouvir?

Foca 1: Qual é o problema, Carl? É muito babaca para responder a gente?

Teste 16:

Proposito: Tentativas de obter mais razões para a existência da anomalia.

Data: 1/24/18

Método: SCP-3213 é instruído de entrar em uma sala com um tanque que abriga duas focas sem orelhas e para perguntar sobre o motivo por trás do comportamento anômalo.

Registro de Iteração:

Foca 1: Devia ter pensado que você voltaria, aposto que você gosta do gosto da merda.

SCP-3213: O que eu fiz para te deixar tão bravo comigo?

Foca 2: Oh ho! Esse pedaço de merda quer saber o que ele fez.

Foca 1: Você sabe muito o que você fez, Carl.

SCP-3213: Eu nunca fiz essas cosias que você está falando.

Foca 2: Você é um idiota. Lembramos disso porque vimos você fazer essa merda, Carl.

Foca 1: Você enganou todas essas pessoas. Você pensou apenas porque estava escuro e chovendo na praia naquela noite, ninguém viria o que você fez?

SCP-3213: Jesus Cristo.

Foca 2: Estamos voltando para você agora, não é, idiota. Por que você não vem aqui e deixa eu te mostrar como irá se sentir.

Foca 1: Não se preocupe, nós não vamos matar você. Nós prometemos.

SCP-3213: Por que?

Foca 2: Por que não queremos mais te machucar, Carl.

Após essa interação, SCP-3213 recusou-se a elaborar o incidente descrito pelos animais afetados. Também é desconhecido por que todos os membros de espécies pinípedes estão cientes desse incidente desencadeante.

A investigação sobre o passado de SCP-3213 não trouxe nada combinando os detalhes descritos. O teste com SCP-3213 está atualmente suspenso, e as entrevistas diárias estão agendadas para determinar quais eventos causaram essa anomalia.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License