SCP-323
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-323

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-323 deve ser mantido em uma cela de contenção de concreto de 17 m x 17 m x 17 m. O objeto deve ser contido no centro da cela dentro de um recipiente de 1m 3 de armadura transparente de 8,8 cm de espessura com laminado unidirecional, que deve ser equipado com uma (1) porta de acesso eletronicamente travada. Este recipiente deve ser iluminado internamente, com a cela ao redor mantida mais escura para favorecer o laminado unilateral. A cela deve ser inspecionada remotamente o tempo todo e quaisquer sinais de atividade devem ser relatados.

Nenhum funcionário deve entrar na cela de contenção de SCP-323, exceto para examinar a integridade das medidas de contenção de SCP-323. As medidas de contenção devem ser examinadas duas vezes por semana, e quaisquer sinais de danos devem ser reparados imediatamente. Todos os funcionários que entram na cela de contenção de SCP-323 devem ser acompanhados de um guarda armado. Funcionários não devem permanecer dentro da cela de contenção de SCP-323 por mais de quarenta e cinco (45) minutos, e qualquer comunicação próximo de SCP-323 deve ser escrita ou falada em um idioma que não seja inglês ou francês.

No caso de SCP-323 violar a contenção e uma instância de SCP-323-1 for formada, os funcionários devem evacuar o Sítio-91 e o sítio deve ser posto em confinamento. Unidades remotas devem ser mobilizadas para destruir o corpo de SCP-323-1; em seguida, funcionários armados podem ser enviados para restabelecer a contenção de SCP-323.

Descrição: SCP-323 é o crânio de um cervídeo não identificado medindo 55 cm de comprimento, 27 cm de largura e 31 cm de altura, com um par de chifres, medindo 35 cm de altura e 46 cm de ponta a ponta, crescendo dos lados esquerdo e direito de SCP-323. SCP-323 mostra sinais de danos consistentes com exposição externa, com corrosão, cicatrizes e desgaste normal em todo o objeto, branqueamento nas superfícies superiores e uma mandíbula inferior ausente. A parte posterior do crânio apresenta uma fenda ovoide aproximadamente centrada, medindo 25 cm de altura e 23 cm de largura, dando acesso a um espaço interior de 16 cm de profundidade. Esse espaço mostra sinais de uso de ferramentas, indicando que foi esculpido com ferramentas, possivelmente pedra.

SCP-323 demonstra a capacidade de reagir a estímulos auditivos, táteis e visuais. Testes revelaram que SCP-323 parece ter um campo de visão semelhante ao de outros cervídeos e já respondeu a estímulos visuais de até 50 m de distância. O alvejamento de membros específicos da equipe, múltiplas tentativas de violar a contenção e a reação violenta contra falantes das línguas francesa e inglesa sugerem um nível de sapiência; no entanto, isso não foi confirmado.

SCP-323 é capaz de locomoção limitada, tipicamente na forma de pequenos movimentos e vibrações. Na maioria dos casos, SCP-323 só se locomove no caso de vários estímulos, como se afastar quando tocado ou girando quando houver funcionários presentes em sua câmara de contenção. SCP-323 demonstrou a habilidade de fazer movimentos maiores, como se lançar em funcionários e repetidamente tentar forçar seu caminho através de medidas de contenção.

SCP-323 exerce um efeito influente em um raio que se estende cerca de 15 m de si próprio. Indivíduos dentro deste raio começarão a experimentar pensamentos e impulsos canibalísticos, explosões violentas e julgamento prejudicado após aproximadamente uma (1) hora de exposição contínua. Aproximadamente 74% dos indivíduos que alcançam este ponto tentarão colocar suas cabeças através da abertura presente na parte de trás de SCP-323, com esforços para manter suas bocas descobertas. Se um indivíduo for incapaz de encaixar sua cabeça através da abertura, serão feitas tentativas de golpear a cabeça contra superfícies duras próximas até o ponto em que a cabeça do indivíduo se encaixe, o indivíduo perca a consciência ou morra. Uma vez que o indivíduo tenha encaixado sua cabeça em SCP-323, ele é classificado como SCP-323-1.

Dentro de dez (10) minutos após colocar SCP-323, SCP-323-1 passará por alterações físicas drásticas. SCP-323-1 experimentará uma rápida perda de gordura corporal, pelos corporais e pigmentação, seguida pela ruptura das falanges distais nas pontas dos dedos, crescimento anormal dos dentes e escurecimento das extremidades consistente com congelamento. Além disso, SCP-323-1 parece experimentar maior resistência e tolerância à dor do que o ser humano médio; contudo; SCP-323-1 ainda parece ser tão suscetível a danos físicos quanto era antes de sua introdução a SCP-323.

O metabolismo de SCP-323-1 experimentará um aumento drástico, exigindo uma ingestão calórica constante, com fome ocorrendo a qualquer momento de quinze (15) a trinta (30) minutos se nenhum esforço de autopreservação for feito. A fim de sustentar seu metabolismo aumentado, SCP-323-1 irá procurar ativamente e comer outros indivíduos para seu sustento até a expiração. No caso de SCP-323-1 ser incapaz de encontrar nutrição abundante, SCP-323-1 fará esforços para se sustentar, incluindo limitação de movimento, racionamento de comida disponível e autocanibalismo. SCP-323-1 só se alimentará de humanos; presume-se que SCP-323-1 seja capaz de receber sustento de outras fontes, mas opta por não fazê-lo, apesar da disponibilidade ou facilidade de acesso. Durante a perseguição de indivíduos, SCP-323-1 ocasionalmente faz várias declarações nas línguas severn ojibwe, potawatomi e cree, bem como na língua nativa da instância. Não se sabe se essas declarações e o conhecimento dessas linguagens são resultado da influência anômala de SCP-323 ou se originam de SCP-323 em si.

SCP-323 foi recuperado em 09/12/97 na reserva de Bittern Lake, parte da Lac La Ronge First Nation em Saskatchewan, Canadá. ██████ █████, uma pequena comunidade não registrada, vinha sustentando uma instância ativa de SCP-323-1 rotineiramente assassinando indivíduos e deixando-os no lado de fora como um 'apaziguamento'. A investigação revelou que ██ indivíduos estavam envolvidos, que foram entrevistados e, posteriormente, administrados amnésticos, e uma história de acobertamento envolvendo um assassino em série não identificado foi propagada. SCP-323-1, na época suspeito de ser a anomalia, morreu de fome durante sua transferência para o Sítio-91.

O número registrado de mortes não parece consistente com a duração da instância SCP-323-1. Suspeita-se que SCP-323 tenha passado por várias instâncias de SCP-323-1 antes da contenção; no entanto, nenhuma evidência irrefutável apoiando a longevidade de SCP-323-1 foi descoberta.

Entrevista SCP-323-A: James Namagoose, um indivíduo envolvido nos assassinatos e sustentação de SCP-323-1 antes de sua contenção, foi levado para interrogatório envolvendo SCP-323-1. Sr. Namagoose permaneceu incomumente calmo durante e após a entrevista.

Após a entrevista e contenção de SCP-323, foram administrados amnésticos no Sr. Namagoose e ele foi reintroduzido em sua comunidade.

Dr. ███████: Por favor, diga seu nome para o registro.

Namagoose: James Namagoose.

Dr. ███████: Por favor, diga seu envolvimento com os assassinatos.

Namagoose: Eu ajudava a mover os corpos para o wendigo comer.

Dr. ███████: O que você sabe sobre o objeto?

Namagoose: Havia uma história dos homens cree, na época em que lutar era comum, que tentavam controlar o wendigo, para dar uma vantagem ao seu povo. Era apenas uma história. Os mais velhos sabiam mais, mas estávamos seguros, então não perguntamos.

Dr. ███████: Quando você encontrou a entidade pela primeira vez?

Namagoose: Uma noite eu ouvi gritos por toda a aldeia. Um homem deformado saiu da floresta e matou nossos amigos bem na nossa frente. Às vezes, ele ficava mais olhando do que matando, tentando falar com você. Ele sussurrou para mim, "pe misto", "venha e coma"'. Isso me fez sentir calafrios.

Dr. ███████: E então?

Namagoose: Então eu senti como se pudesse entender o homem deformado, o wendigo, e que poderíamos partir com ele como todos fazemos quando passamos. Quando eu tive que matar, eu pensei nisso e isso me acalmou. Eu não corri.

Sr. Namagoose fecha os olhos e expira lentamente. Depois de um minuto, ele volta a falar.

Namagoose: Ele olhava para mim às vezes. Eu podia ouvi-lo em minha mente, eu podia senti-lo me observando com meus próprios olhos. Isso me ajudou a ver essas pessoas morrerem e eu esperava que isso passasse para minha família.

Dr. ███████: Obrigado, Sr. Namagoose.

Observação Final: Nenhum efeito mental semelhante ao que o Sr. Namagoose afirmou ainda foi relatado por funcionários que interagiram com SCP-323 ou SCP-323-1. Investigações adicionais não são planejadas; no entanto, funcionários são encorajados a relatar quaisquer pensamentos ou sentimentos atípicos experimentos durante o trabalho com qualquer um dos dois.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License