SCP-3420
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-3420

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: A estrutura que agora abriga SCP-3420 foi comprada através de várias corporações de fachada e foi marcada como um risco para a saúde devido a níveis perigosos de amianto. A estrutura foi considerada como Área Provisória-531 e deve ser atendida com pelo menos três indivíduos treinados em cuidados paliativos. Todos os civis que entram na Área Provisória-531 devem ser tratados com amnésicos de Classe-C e liberados.

As entidades SCP-3420-1 não requerem sustento. Todo o esforço é garantir que as entidades SCP-3420-1 permaneçam confortáveis e não tentem sair de SCP-3420. A aplicação de fentanil em doses de 200 mcg por hora (administrada através de um spray para o umbigo) mostrou-se eficaz no tratamento de entidades SCP-3420-1. As entidades SCP-3420-1 que solicitam a terminação devem ser tratadas com amnésicos de Classe-C e uma elevação de sua dosagem de fentanil.

Descrição: SCP-3420 é uma anomalia espacial localizada no que anteriormente era Apartamento 420 dos Apartamentos Twin Oaks em Clevelândia, OH. Todas as tentativas de entrar na sala 420 através de qualquer método diferente da porta se encontram com falha. As janelas mostram o que se acredita ter sido o domicílio do PoI-6870 em um estado de desordem. Todos os objetos dentro são imóveis e não mostram queda esperada.

SCP-3420 é composto por catorze salas interligadas, cujo muda a cada sete horas e trinta e sete minutos. Qualquer objeto que esteja “entre” dois ou mais salas serão cortados durante esta mudança. Dentro de cada sala há uma instância de SCP-3420-1.

Cada sala em SCP-3420 se assemelha a um “câmara de tortura” como aqueles que podem ser atribuídos ao catolicismo durante a Inquisição Espanhola na imaginação popular. As salas em SCP-3420 estão equipadas com vários items para tortura, incluindo aqueles que nunca foram utilizados historicamente, como a “asfixia.” Todos os itens dentro de SCP-3420 desaparecem se forem trazidos fora dos limites da sala em que aparecem.

SCP-3420-1 são entidades humanoides que têm a aparência de descarregar eletricidade estática de forma contínua em uma forma aproximadamente humana que está sendo consumida permanentemente pelas chamas. Acredita-se que isso seja uma ilusão de ótica, pois SCP-3420-1 é sólido e não exibe nenhum dos efeitos esperados de sua composição aparente. SCP-3420-1 está conectado a uma compulsão limitada para usar os instrumentos presentes em SCP-3420 em si mesmos; Essa compulsão pode ser contrariada através da persuasão. As entidades SCP-3420-1 são capazes de falar e podem sentir uma sensação de dor constante semelhante à queima ou a eletrocussão.

Incidente 3420-3: Em 5/5/16, SCP-3420-1-G solicitou a terminação. E isso foi ignorado, conforme regulamento. Isso resultou em SCP-3420-1-G sofrendo dificuldade extrema além dos níveis basais de desconforto. Devido a eficácia do fentanil no tratamento da dor, os amnésicos de Classe-C foram autorizados na tentativa de fazer a entidade ser fácil de conter. O tratamento foi eficaz e os amnésicos de Classe-C foram autorizados em casos semelhantes.

Registro de Recuperação:

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License