SCP-345
avaliação: +1+x

Item nº: SCP-345

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-345 deve ser mantido dentro de um cofre seguro no Sítio-██. Visto que o objeto por si só é inerte, nenhuma contenção adicional é necessária. Funcionários buscando resolver SCP-345 precisam da permissão de um funcionário de nível 2. SCP-345-1 deve ser mantido dentro de uma sala selada de 5 m x 5 m x 5 m no Sítio-██.

Após o Incidente 345-1, funcionários só tem permissão para resolver uma das seis faces de SCP-345; tentar resolver todas as faces resultará em realocação para a FTM Epsilon-8 ("As Parteiras").

Descrição: SCP-345 é um cubo de pedra, cujas faces são divididas em nove quadrados de tamanhos iguais, cujas seções podem ser giradas de forma semelhante a um brinquedo de quebra-cabeça comum. Cada face do cubo mede 5,7 cm. Em vez das seis cores normais comumente encontradas neste tipo de quebra-cabeça, os quadrados representam seis materiais diferentes: uma rocha magmática intrusiva semelhante ao granito, uma rocha magmática intrusiva semelhante ao gabro, uma rocha magmática extrusiva semelhante ao basalto, uma rocha sedimentar semelhante ao arenito, vidro vulcânico semelhante a obsidiana e uma rocha metamórfica de alta qualidade semelhante a gnaisse de granito.

SCP-345 pode ser aberto puxando à força seus lados. O cubo é oco, possuindo uma cavidade circular de 4,5 cm de diâmetro em seu centro.

Se deixado aberto por 5 segundos, SCP-345 se fechará automaticamente e se embaralhará por dois minutos. Depois disso, ele pode ser manuseado com segurança. Observe que não será possível forçar a abertura de SCP-345 após o embaralhamento ocorrer.

Resolver SCP-345 não é mais difícil do que resolver as versões comuns do quebra-cabeça. No entanto, se uma das faces se tornar completa, uma das seguintes situações pode ocorrer:

  • Se a face completada representar uma das rochas magmáticas, SCP-345 irá se aquecer até aproximadamente 1500°C (face de gabro), 1200°C (face de basalto) ou 900°C (face de granito). A quantidade de tempo que SCP-345 leva para esfriar também varia muito, com a face de basalto sendo a mais rápida (até 50 minutos) e a face de gabro sendo a mais lenta (até 250 dias).
  • Se a face completada representar a rocha sedimentar, o cubo começará a tremer violentamente por até 10 horas. O som de água correndo ou do vento uivando pode ser ouvido vindo de dentro de SCP-345 durante todo o processo.
  • Se a face completada representar vidro vulcânico, SCP-345 se aquecerá até aproximadamente 900°C e levará até 5 minutos para esfriar.
  • Se a face completada representar a rocha metamórfica, SCP-345 sofrerá o mesmo processo que aconteceria se a face de granito fosse completada. Depois de esfriar, o cubo começará a se embaralhar em alta velocidade, fazendo sons de trituração enquanto o faz, por até 50 horas.

Após o término de um dos processos, SCP-345 pode ser aberto novamente, e uma escultura feita do mesmo material que foi representado pela face completada pode ser encontrada dentro dele. A pequena escultura será sempre de um planeta ou planetoide com 4,5 cm de diâmetro. Essas esculturas não se parecem com nenhum planeta conhecido atualmente.

Se mais de uma face for completada ao mesmo tempo, ambos os processos correspondentes ocorrerão, um seguido pelo outro. A estátua criada será feita dos dois materiais; por exemplo, a escultura criada completando as faces de granito e obsidiana ao mesmo tempo tinha seus "continentes" feitos de granito e seus "oceanos" feitos de obsidiana.

SCP-345 foi obtido pelo Agente █████ em ██/██/20██, ██ dias após a erupção do Vulcão de ██████████ em █████████, Equador. █████ afirma tê-lo encontrado perto da base do vulcão e levado-o como uma curiosidade. Ele aprendeu sobre a verdadeira natureza do SCP depois de tentar resolvê-lo, sofrendo queimaduras de terceiro grau no processo.

Incidente 345-1 Em ██/██/20██, enquanto a Dra. ████ testava SCP-345, ela conseguiu completar todas as faces, não abrindo o cubo depois que uma face era completada. SCP-345 começou então a roncar por 3 minutos, após os quais ele se abriu sozinho. Uma pequena esfera de metal de 4,5 cm de diâmetro emergiu de dentro de SCP-345 e flutuava 3 metros acima do chão. Pouco depois, a esfera começou a girar, acelerando a uma taxa de 5 m/s. Fortes forças gravitacionais foram detectadas nas proximidades da esfera, afetando visivelmente objetos a até 15 metros de distância. Segundos depois, um líquido laranja denso com uma temperatura média de aproximadamente 4000°C começou a fluir de SCP-345, que começou a envolver a esfera de metal. Depois, outro líquido mais denso começou a fluir para fora de SCP-345. Ele também começou a envolver a esfera. Este líquido continuou a fluir de dentro de SCP-345 até a esfera atingir um diâmetro de 2,3 metros, momento em que o fluxo parou e SCP-345 se fechou automaticamente. A esfera resultante ainda girava lentamente e flutuava acima do chão. Ela era extremamente densa e sua atração gravitacional era forte o suficiente para danificar gravemente os arredores. A temperatura na superfície variava entre 900 e 1600°C.

30 minutos depois, partes do "magma" mais externo começaram a esfriar, solidificando-se em uma fina crosta de rocha. 20 horas depois, a maior parte da esfera era de rocha sólida, com pequenos "mares de lava" fluindo entre ela. Pequenos vulcões e montanhas também podiam ser observados. Neste ponto, uma equipe especial de contenção com equipamento resistente ao calor foi movida para realocar a esfera para uma sala mais segura. A esfera foi posteriormente designada SCP-345-1. Estudos sobre a possibilidade de seu eventual desenvolvimento de uma atmosfera estão em andamento.

Observação: Embora inicialmente pensássemos que SCP-345 tinha criado uma cópia da Terra, como de █/██/20██, estudos mostraram que é improvável que SCP-345-1 desenvolva uma atmosfera, e a composição de seu "magma" é muito diferente da da Terra, contendo quantidades muito menores de sílica e alumínio, e maiores quantidades de titânio. Atualmente não se sabe se o "magma" de outros planetoides criados por SCP-345 teria uma composição semelhante. Talvez devêssemos fazer um classe-D completá-lo… de preferência em um campo aberto. — Dr. ████.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License