SCP-3536
avaliação: 0+x
3536.jpg

Uma porção de SCP-3536.

Item nº: SCP-3536

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-3536 está contido em uma sala de armazenamento na Área-234. O teste com SCP-3536 e outros objetos anômalos que sejam bacterianos, requer a permissão por escrito do atual Supervisor de Pesquisa (atualmente Dr. Maravilla). Todas as instâncias de SCP-3536-1 criadas para fins de teste devem ser destruídas por incineração após a conclusão dos testes.

Descrição: SCP-3536 é um grande maquinário que mede aproximadamente 30 m 2 em área. Os principais componentes de SCP-3536 incluem um funil de carga rotulado com 'Matéria-Prima', dois tanques de caldo, várias bombas hidráulicas e compressores e um console contendo vários mecanismos. Ambos os tanques reabastecerão espontaneamente com caldo nutriente se completamente esvaziados. Devido à corrosão, apenas um mecanismo do console é móvel. SCP-3536 também possui um receptáculo que se liga a um pequeno frasco de vidro.

Um manual de instruções manuscritas recuperado junto com SCP-3536 forneceu detalhes incompletos de sua operação. O manual afirma que qualquer mistura de compostos contendo carbono, hidrogênio, nitrogênio, oxigênio e fósforo irá reabastecer SCP-3536, e recomenda uma mistura de carvão, ácido fosfórico, ácido sulfúrico e gás nitrogênio.

Se uma amostra contendo bactérias é colocada no frasco e inserida, SCP-3536 irá continuar a usar as matérias-primas armazenadas para criar réplicas vivas de qualquer bactéria presente na amostra. Essas réplicas, daqui por diante designadas como SCP-3536-1, são ampliadas em tamanho de acordo com a configuração selecionada no mecanismo móvel; o teste resultou em instâncias que variam em tamanho de 2 a 45 cm.

As instâncias de SCP-3536-1 são estruturalmente estáveis, apesar das previsões do princípio Quadrado-cubo. Caso contrário, eles não são visivelmente ou estruturalmente diferentes de suas contrapartes não-anômalas.

Descoberta: Uma aplicação da lei em Georgetown, Guiana deteu nove indivíduos que tentavam sequestrar um paciente do Hospital Memorial de Davis, acometido por endocardite. O grupo foi responsável por vários relatos de bateria e entrada ilegal em vários hospitais, e ganhou notoriedade por seu modus operandi de coletar várias amostras de pacientes infecciosos e terminais. Após a investigação nessa residência, SCP-3536 foi descoberto no porão. Uma grande quantidade de membranas de SCP-3536-1 descartadas foi encontrada, consistente com a hipótese posterior de que os indivíduos haviam subsistido com uma dieta consistindo apenas de SCP-3536-1.

Também foram encontrados ao lado de SCP-3536 várias dezenas de álbuns de recortes contendo receitas manuscritas envolvendo instâncias de SCP-3536-1, pensamentos pessoais e planos consistentes com o sequestro fracassado. Alguns trechos desses livros indicaram uma crescente obsessão com SCP-3536 e SCP-3536-1 entre o grupo. É de notar que a análise mostrou que a caligrafia do manual de instruções não coincide com a de nenhum dos nove membros do grupo.

Funcionários de Classe-D que consumiram as instancias de SCP-3536-1 em geral (~90%) relatam um sabor muito agradável, mas o teste falhou em provar quaisquer propriedades inerentes ou que afetam a mente em SCP-3536 ou SCP-3536-1.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License