SCP-359
avaliação: 0+x
359.jpg

SCP-359 em seu estado inativo, antes de sua contenção

Item nº: SCP-359

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-359 deverá ser contido em uma estrutura de concreto com dimensões de 30mx30mx30m. Não é permitido a entrada nesta estrutura nas horas 9:00 da noite e às 6:00 da manhã. Qualquer monitoração feita em SCP-359 durante estas horas de ativação deverá ser feita através de câmeras de vigilância, que estão instaladas na estrutura.

SCP-359 deverá ser alimentado com um suíno adulto diariamente. Substituições aceitáveis para esta dieta deverão ser analisadas pelo Agente ██████████ e pelo Dr. ██████████. Todos os restantes das presas de SCP-359 deverão ser completamente removidos da estrutura de contenção de SCP-359 às 8:45 horas da noite e no dia seguinte.

Descrição: SCP-359 aparenta ser uma escultura metálica de um Búteo-de-cauda-vermelha (Buteo jamaicensis) com uma envergadura de asas de aproximadamente 4,3 m, e que está posicionada no topo de um portão de 12 metros. Durante o dia (aproximadamente das 6:00 da manhã e às 9:00 da noite, horário local), não apresenta sinais de movimento e não responde a nenhum estímulo externo. Entretanto, foi determinado pela Fundação que entre às 6:00 da manhã e 9:00 da noite, SCP-359 ficará animado e demonstrará um comportamento semelhante ao de um Búteo-de-cauda-vermelha adulto, e também ganhando visão noturna. SCP-359 é aparentemente capaz de voar - os mecanismos pelo qual concedem a capacidade de voo ao SCP-359 ainda não foram determinados, junto com o fato de que as asas de SCP-359 são pequenas demais para permitir a pratica de voo.

SCP-359 foi originalmente localizado no sul de █████████, ████ nos Estados Unidos. SCP-359 chamou a atenção da Fundação pela primeira vez quando os agentes florestais locais começaram a encontrar cadáveres de veados-de-cauda-branca (Odocoileus virginianus) numa área localizada a um raio de 1km da escultura, que parecia ter sido a causa da morte desses veados. Os veados-de-cauda-branca não possuem predadores naturais no estado de ████. A investigação oficialmente começou em [DADOS EXPURGADOS] quando alguns motoristas que andavam pela Rota do Estado ██ e que passaram por SCP-359 relataram que a escultura não estava mais em seu mesmo lugar. No mesmo dia, um fazendeiro local havia descoberto que a escultura estava em seu campo, parado em cima do corpo de um gado morto, cujo tinha várias lesões consistentes com a predação de um grande pássaro. O fazendeiro recebeu o tratamento com amnésticos de Classe-A e depois disso ele foi informado de que o seu gado morreu por causas naturais, e que o corpo do animal foi consumido por coiotes. Rota ██ foi então fechada para "construção," e SCP-359 foi transferido para a sua atual área de contenção e foi substituído por uma replica imóvel.

Adendo 1: Antes da contenção, não havia evidências de que SCP-359 tenha tentado atacar qualquer coisa além de outros animais locais. No entanto, desde que foi contido, SCP-359 havia atacado, e causado a morte de quatro funcionários de Classe-D que entraram em sua estrutura de contenção durante horários restritos. A investigação sobre a causa dessa mudança nas preferências alimentares de SCP-359 está em andamento.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License