SCP-3693
avaliação: 0+x
Item nº: 3693
Nível2
Classe de COntenção:
euclídeo
Classe Secundária:
none
Classe de Disrupção:
dark
Classe de Risco:
notice

theother.jpg

Ilustração de SCP-3693.

Item nº: SCP-3693

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-3693 está contido em uma câmara segura no Sítio-19. Devido ao comportamento imprevisível de SCP-3693, e a impossibilidade de dispositivos de gravação visual perceberem SCP-3693, o objeto deve ser monitorado em todos os momentos por um observador humano através de uma janela de uma estação de observação adjacente a câmara de contenção. Qualquer mudança de comportamento deve ser reportada ao especialista de contenção de SCP-3693.

Descrição: SCP-3693 é uma escultura de cerâmica com 1.6m de altura de uma mulher jovem de idade indeterminada.

SCP-3693 só pode ser visto por observadores quando os olhos deles estiverem fechados. Apesar de ser visível através de pálpebras fechadas, outras barreiras (como paredes ou portas) irão obstruir a visão do mesmo em parte ou em todo. O objeto é tipicamente observado flutuando a alguns centímetros do chão, mas ocasionalmente irá descansar se não tiver se movido há algum tempo.

Quando observado, SCP-3693 irá rapidamente se aproximar do observador, entrando no espaço não obstruído mais próximo (até alguns centímetros de distância) enquanto se volta para ele. Dependendo da altura do observador, SCP-3693 irá flutuar até a altura dos olhos do mesmo. Se o observador se move de sua posição inicial com seus olhos ainda fechados, SCP-3693 irá segui-lo a sua frente, mantendo a mesma distância em todos os momentos. Uma vez que o observador abre seus olhos, SCP-3693 cessa todo o movimento. Até quando não está sendo visto, SCP-3693 ocupa espaço e pode interagir fisicamente; o objeto não aparenta ser capaz de se mover através de paredes ou interagir com portas.

Sujeitos que observam SCP-3693 constantemente reportam a sensação de estarem sendo observados. Exposição a longo prazo tipicamente leva a um desconforto moderado. SCP-3693 não agiu de forma hostil enquanto sob custódia da Fundação.

Adendo 3693.1: Descoberta

SCP-3693 foi descoberto em 1995 na Ilha Hashima, Japão, por funcionários da Fundação investigando lendas locais a respeito do fantasma de uma mulher assassinada ali por um amante rejeitado. Enquanto estavam investigando o porão de um depósito abandonado, agentes observaram SCP-3693 pressionado contra uma divisória de vidro, seguindo-os quando seus olhos estavam fechados. Investigações aprofundadas no local descobriram uma abundância de entulhos de concreto esmagados e ferro retorcido, assim como vários ralos entupidos com sangue e matéria fecal. O corpo de uma mulher com um pescoço quebrado foi recuperado nas proximidades.

Após assegurar SCP-3693 e retirá-lo do local, agentes da Fundação retornaram até o depósito abandonado para continuar examinando o local. O porão não foi mais encontrado. Uma investigação sobre a identidade do corpo recuperado está em andamento.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License