SCP-3792
avaliação: +1+x
3792.png

Uma instancia de SCP-3792-1 sob iluminação, durante seu período de formação.

Item nº: SCP-3792

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-3792 é colocado dentro de um cilindro hermeticamente fechado, composto por plásticos acrílicos. Este recipiente que contem SCP-3792 está mantido em um armazenamento localizado na ala de contenção da Área-77. Qualquer pesquisa sobre SCP-3792 está sujeita à aprovação do pesquisador principal, Dr. Gerard. Não se acredita que SCP-3792 tenha quaisquer propriedades resistentes a danos; como tal, deve-se tomar cuidado ao manipulá-lo diretamente.

Descrição: SCP-3792 é uma lata de aerossol capaz de produzir uma quantidade ilimitada de fumaça preta. A etiqueta exterior da lata lê "Smells Like Chicago Spirit" (Cheira A Espírito de Chicago); Além disso, não há marcas de identificação em nenhuma parte de SCP-3792.

Quando usado, a fumaça produzida por SCP-3792 se formará em figuras autônomas. Designadas como SCP-3792-1, eles se assemelham a silhuetas humanoides. Sua aparência não vária muito em detalhes, com apenas características faciais básicas e extremidades sendo claramente visíveis. Apesar disso, a fumaça em forma de roupas e várias ferramentas também podem se manifestar na posse de SCP-3792-1. Estes incluíram máscaras de esqui, pés-de-cabra, cortadores de vidro e, ocasionalmente, pequenos objetos não identificáveis para fins de trancamento de cadeados. A fumaça de SCP-3792 gera um número de SCP-3792-1 correlacionado com a quantidade liberada.

SCP-3792-1 tenta coletivamente obter um objeto desejado pelo último ser humano vivo com o qual qualquer um deles entrou em contato físico. Isso pode refletir noções inconscientes ou itens expressamente cobiçados. O contato direto com uma instância de SCP-3792-1 faz com que os seres humanos relatem sentir que seu estômago está vazio. Uma subsequente falta de energia ou motivação também foi relatada nesses indivíduos, embora não se saiba se isso se correlaciona diretamente com o efeito de SCP-3792 ou um efeito secundário não-anômalo causado pelo efeito de SCP-3792-1 em suas vidas.

Após o contato, todos os SCP-3792-1 existentes tentarão entrar no local em que o indivíduo afetado acredita que o(s) objeto(s) de seu desejo está(ão) localizado(s). SCP-3792-1 pode se materializar como nuvens de fumaça que podem se infiltrar em um edifício agarrando-se a roupas ou habitando o interior de maletas ou outros recipientes. Além disso, as entidades SCP-3792-1 podem entrar usando meios tradicionais de entrada forçada. Quando não for possível encontrar qualquer objeto de desejo, SCP-3792-1 iniciará intencionalmente o contato com outro indivíduo.

Qualquer um dos objetos desejados que entrem em contato com SCP-3792-1 será momentaneamente envolvido por chamas. Isso não destrói o objeto ou reduz o objeto a cinzas. Em vez disso, quando as chamas reduzem o(s) objeto(s) afetado(s), exibirão uma composição parecida com fumaça similar ao SCP-3792-1 em aparência. SCP-3792-1 retornará então à vizinhança de SCP-3792 com o(s) item(ns) afetado(s) em sua posse. Eles então, lentamente e progressivamente, terão uma pequena porção de seu corpo retornando ao interior de SCP-3792 até que eles e quaisquer objetos com suas propriedades tenham parado de se-manifestar completamente.

Se tentar entrar em contato com um objeto que assumiu a composição de SCP-3792-1, os indivíduos experimentarão uma combustão espontânea imediata. Se isso ocorrer, toda a atividade relacionada ao SCP-3792 atualmente ativa cessará e todas as entidades e objetos existentes se dissiparão em fumaça e desaparecerão do espaço observável.

SCP-3792 foi descoberto quando alguns agentes da Fundação em Londres, Ontário, Canadá, interceptou relatos de combustão humana espontânea e determinada relação com um anúncio de jornal suspeito. Estes jornais tinham um texto que lia "FUMAÇA E ELES GUARDARAM" com um endereço listado. Os agentes que investigaram o endereço descobriram aproximadamente 200 instâncias de SCP-3792, bem como várias instâncias de SCP-1317. Nenhum outro anúncio público foi descoberto.

Foi classificado como uma anomalia em 09/18/2009.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License