SCP-405
avaliação: 0+x
Item nº: 405
Nível2
Classe de COntenção:
euclídeo
Classe Secundária:
{$secondary-class}
Classe de Disrupção:
vlam
Classe de Risco:
warning

Procedimentos Especiais de Contenção: Indivíduos infectados devem ser contidos nas zonas de isolamento SCP-405. ███ zonas existem em áreas despovoadas. Todas as equipes de campo que encontrarem SCP-405 devem ser informadas sobre a localização das zonas de isolamento próximas. Todas as observações de vítimas de SCP-405 devem ser feitas por meio de vídeo de uma distância não inferior a 1 km. Se um indivíduo sofrendo de SCP-405 estiver nos estágios finais após a apreensão, ele deve ser exterminado e todos os indivíduos dentro de 200 m devem se submeter ao Protocolo de Tratamento 405-Alfa se uma área de isolamento não puder ser alcançada a tempo. O Protocolo de Tratamento 405-Alfa também deve ser usado em qualquer indivíduo encontrado nos estágios preliminares da infecção por SCP-405.

SCP-405-1 estão alojados na Instalação de Pesquisa ████ no Deserto de ██████. Em hipótese alguma indivíduos que sofrem de SCP-405 devem ser colocados em contato com SCP-405-1. SCP-405-1 devem receber contato humano limitado dos Drs. ██████ e ██████ apenas e somente enquanto os Drs. █████ e ██████ tiverem sido administrados com sedativos tipo 3. SCP-405-1 estão alojados em █ celas adjacentes de 10 m x 10 m x 10 m e não são considerados um risco de fuga: a localização remota da Instalação de Pesquisa ████ é para o benefício deles, não nosso.

Descrição: SCP-405 é um fenômeno contagioso de origem desconhecida que causa o desenvolvimento descontrolado de capacidades telepáticas em humanos. A progressão típica da doença é a seguinte. (██% dos casos não seguem este padrão.)

  • Estágio primário: 0-2 dias após a exposição. Nenhum efeito perceptível.
  • Estágio inicial: 2-7 dias após a exposição. Indivíduo começa a ouvir pensamentos de ordem superior de indivíduos próximos, aparentemente ao acaso. Pensamentos sobre o indivíduo são os mais comuns. Indivíduos raramente percebem que as vocalizações ouvidas não são faladas.
  • Estágio secundário: 7-10 dias após a exposição. Indivíduo agora ouve todos os pensamentos conscientes de indivíduos próximos. O indivíduo ficará ciente de sua natureza telepática. Em alguns casos, a projeção do pensamento é observada pela primeira vez aqui. O indivíduo geralmente reclamará de dor de ouvido e expressará desejo de silêncio. Padrões de sono normalmente são interrompidos devido aos níveis de barulho percebidos.
  • Estágio de agravamento: 10-14 dias após a exposição. Durante este período, o alcance das habilidades do indivíduo aumenta, normalmente para cerca de 200 m, mas ocasionalmente indo muito mais longe. Em alguns casos raros em que o indivíduo tem capacidade telepática preexistente (medida na escala Mechevik-Luntan), o alcance demonstrou crescer exponencialmente a até vários quilômetros, levando ao início precoce do Estágio Terminal. O indivíduo ouve todos os pensamentos conscientes de humanos dentro deste alcance, tão alto como se eles estivessem falando diretamente no ouvido do mesmo. As primeiras tentativas de suicídio geralmente ocorrem neste ponto, como resultado da privação de sono e dos níveis de barulho percebidos. Indivíduos também começam a projetar incontrolavelmente seus pensamentos para pessoas próximas. Varreduras de ressonância magnética feitas neste estágio indicam várias deformidades significativas no córtex de áudio.
  • Estágio de platô: 14-28 dias após a exposição. Nenhuma mudança perceptível nos sintomas é evidente de início, embora muitos indivíduos comecem a detectar pensamentos inconscientes ao final desta fase, incluindo respostas autonômicas e ações reflexivas. Indivíduos normalmente exibem uma ampla gama de demências, como [REDIGIDO], consistente com superestimulação sensorial e privação de sono e a maioria (██%) tenta o suicídio, frequentemente e com níveis crescentes de criatividade e desespero. Indivíduos contidos normalmente imploram para serem exterminados ou outras medidas extremas. Um agente nesta fase solicitou ser usado para examinar SCP-███, normalmente reservado a funcionários classe D. Até o momento, todos os indivíduos já foram observados tentando ensurdecer-se se fossem capazes, mais comumente inserindo um objeto longo e fino, como uma caneta, em seus ouvidos, até que a estrutura interna fosse destruída. Ao final desta fase, indivíduos frequentemente experimentam episódios catatônicos e começam a sofrer convulsões. Estes aparentemente não estão relacionados com as habilidades telepáticas, mas sim devido ao inchaço nos tecidos neurais do indivíduo.
  • Estágio terminal: 28 dias após a exposição até a morte, tipicamente 32 dias após a exposição. Indivíduos entram em coma e começam a sofrer convulsões persistentes causadas por deformidades cerebrais significativas. Varreduras de ressonância magnética feitas neste estágio confirmam que o córtex de áudio ainda está processando grandes quantidades de dados.

Experimentos com animais, incluindo primatas superiores, confirmam que SCP-405 é específico de espécie. O vetor para SCP-405 é a vocalização mental final do indivíduo, identificada pela maioria dos observadores como um "Grito de Morte." Esta vocalização ocorre no momento da morte, independentemente da causa, e tem alcance de pelo menos 200 m, embora quanto mais avançada a doença maior o alcance. Indivíduos que ouvem esse sinal telepático são infectados com SCP-405.

Surtos de SCP-405 aparecem espontaneamente; houve pelo menos ████ na história registrada. A causa final desses surtos é desconhecida. O primeiro surto acreditado como sendo de SCP-405 foi na cidade de ██████, uma famosa cidade fantasma, em ████. Foi registrado que toda a população morreu por suas próprias mãos ou nas mãos de residentes perturbados. Registros escritos recuperados de ██████ são consistentes com os sintomas de SCP-405. A causa dos surtos de SCP-405 é desconhecida, embora 79% tenham sido atribuídos a alguma forma de estabelecimento educacional. Apenas 2 casos ocorreram fora dos Estados Unidos continentais. O Surto ██ ocorreu em ██████, Canadá, e o Surto ██ ocorreu em ██████████████████, País de Gales.

Pacientes nos estágios Primário ao início do de Agravamento de SCP-405 foram tratados com sucesso com o Protocolo de Tratamento 405-Alfa. Indivíduos são administrados duas vezes a dose padrão de Amnésticos Classe D e colocados em coma induzido quimicamente por 3 dias. Isso parece redefinir a atividade cerebral para um estado de pré-infecção e permitir que o desenvolvimento anormal diminua. A taxa de sucesso é de ██%, com maior sucesso nas fases iniciais. Não existe tratamento para as fases posteriores. Para um exame do comportamento da doença, consulte o Registro de Entrevistas com Pessoas Infectadas.

O uso de medidas de Quarentena de Síntese de Desastres Tipo 3 está preventivamente aprovado para conter surtos de SCP-405 em grande escala.

Até o momento, apenas █ indivíduos se recuperaram de SCP-405 naturalmente. Eles ganharam controle suficiente de suas habilidades para lidar com pequenos grupos de indivíduos, mas ainda são incapazes de lidar com mais de ██ indivíduos ao mesmo tempo sem exibir estresse extremo. Convulsões e outras condições neurológicas causadas por deformidades cerebrais estruturais são comuns. Esses indivíduos são referidos como SCP-405-1-A a SCP-405-1-█. Eles adotaram as designações para si próprios e não respondem mais às suas identidades originais, talvez devido ao fato de que todos os funcionários pensam neles por essas designações. O valor potencial de SCP-405-1 para a Fundação não está claro no momento.

Adendo 405-01: Armazenar SCP-405-1 na mesma área foi uma má ideia. Tenho certeza de que suas personalidades estão se misturando. Eu observei SCP-405-1-█ batendo na mesa em seu quarto ontem de maneira consistente com tocar piano, mas apenas SCP-405-1-█ tem algum talento musical. Pior ainda, SCP-405-1-█ relatou que estava realizando uma ação inconscientemente e desejava saber se eu a reconhecia. SCP-405-1-█ estava inconscientemente removendo uma ████████ imaginária em campo. Nenhum deles tem histórico militar, eles aprenderam isso conosco! Se vocês conseguirem mais sobreviventes, não os mandem aqui! -Dr. ██████

Todas as entrevistas com vítimas de SCP-405 ou SCP-405-1 devem ser registradas no Registro de Entrevistas 405.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License