SCP-4158
avaliação: +1+x
bigcharlie.jpg

SCP-4158 após descoberta

Item Nº: SCP-4158

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-4158 deve ser mantido em uma cela na Zona de Contenção Mediana do Sítio-64. A cela deve ser equipada com calha de 5 metros na parede leste. SCP-4158 deve ter seu excesso de massa removido e ter sua cela limpa uma vez por semana, a menos que um teste esteja sendo realizado. Exames de raio X devem ser realizados em SCP-4158 antes e depois da tosquia. A carne removida deve ser incinerada. SCP-4158 deve ser alimentado com uma dieta de carne crua, feno, madeira e tijolos. O monitoramento constante não é necessário, embora SCP-4158 deva ser verificado no mínimo três vezes ao dia. Em uma situação onde o crescimento não pode ser regulado, a classe do objeto deve ser reavaliada.

Descrição: SCP-4158 é uma criatura bovina medindo 3,4 metros de altura e 5 metros de comprimento no momento da escrita. Sua pele é fina, parece translúcida e rasga facilmente. SCP-4158 é parcialmente cego e tem uma cabeça bulbosa que não tem características de um bovináceo do qual compartilha suposta linhagem. SCP-4158 é senciente e dócil, não reconhecendo os funcionários durante sua alimentação ou limpeza de sua cela. SCP-4158 não produz excrementos.

SCP-4158 está constantemente crescendo em tamanho e peso. Como tal excesso de massa deve ser removido todas as semanas. Testes mostraram que limitar a dieta de SCP-4158 não limita seu crescimento. Testes adicionais mostraram que qualquer carne removida de SCP-4158 não exibe o mesmo crescimento constante. A carne produzida por SCP-4158 é carne bovina USDA de grau utilitário e não demonstra propriedades anômalas. Apesar disso, a carne resultante deve ser incinerada como medida preventiva

Quando SCP-4158 não tem seu excesso de massa removido, novos recursos começam a se formar, incluindo membros, genitálias e, em casos raros, órgãos. A anatomia e a localização dos crescimentos externos, são aparentemente aleatórias. Em sua maior dimensão, SCP-4158 cresceu para 8,5 metros de altura e 9,8 metros de comprimento, apresentando sete pernas, quatro estômagos, dois pênis, cinco testículos e três línguas antes de a Fundação impedir o crescimento posterior. O teste foi interrompido depois que SCP-4158 começou a mostrar evidências de geração de tecido neural.

SCP-4158 foi encontrado em Crewdson, Indiana na manhã de 16 de dezembro de 2004. Chamadas para o controle de animais foram feitas por vários moradores sobre uma grande vaca com sarna vagando pela Rodovia 17. Dois oficiais do controle de animais foram enviados para investigar as denúncias. Após a descoberta de SCP-4158, os oficiais do controle de animais contataram o departamento de polícia local às 9:39. Uma instalação da Fundação contatou o Sítio-64 para enviar especialistas em contenção para transportá-lo. Amnésticos de Classe A foram administrados aos oficiais de controle de animais e o caso foi encerrado, relatando-se como sendo uma vaca com sarna que foi abatida no local.

SCP-4158 foi transportado para o Sítio-64 às 12:46 sem resistência de SCP-4158. Especialistas em Contenção rastrearam a origem de SCP-4158 até um matadouro chamado Butcher's Block, onde um funcionário, Barney Mossman, e o gerente, Jeff Fine, foram encontrados e levados sob custódia da Fundação. Mais um funcionário, Rory Gildson, foi encontrado posteriormente em sua residência em ███ ████ ██████, após ligar dizendo que estava doente naquele dia.

Todas as três pessoas foram levadas ao Sítio-64 para interrogatório.

Registros de Entrevista:





Atualmente não se acredita que a adoração de Jeff Fine por SCP-4158 seja devido a qualquer efeito anômalo, como sugerido por um estudo de funcionários que não mostraram práticas religiosas ou rituais anormais após trabalhar com SCP-4158.

Neste momento, parece não haver razão para desacreditar qualquer uma das reivindicações feitas. Os trabalhadores e vacas que estavam em posse do Matadouro Butcher's Block na época foram todos administrados com amnésticos Classe E. O Matadouro Butcher's Block foi fechado sob a alegação de que foi por violação de código de saúde e os funcionários foram presos por negligência.

A identidade do homem que vendeu a Jeff Fine a vaca grávida que deu à luz a SCP-4158 ainda é desconhecida.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License