SCP-416
avaliação: +1+x

Item nº: SCP-416

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Devido a essa estrutura topográfica anômala e o perigo de tela em posse de civis, é essencial que SCP-416 seja interditado ao público. Apesar das fronteiras verdadeiras de SCP-416 ainda não terem sido mapeadas completamente, o suporte de SCP, em cooperação com o governo de ████████, restituiu um aceso restrito a pé e uma zona de exclusão aérea dentro de cinco (5) quilômetros de limite medido pelo primeiro time de observação.

Descrição: SCP-416 é uma área florestal oblonga localizada em █████████ █████████ ao norte de ████████, ██████ ███████. Apesar de suas verdadeiras fronteiras não serem conhecidas (e de fato pode estar em um estado de fluxo constante), estimativas colocam seu “centro” em ██°██ N, ██°███ O. Ela exibe notáveis anomalias espaciais, a mais notável delas é que uma vez que entra na floresta, não é possível sair a pé; O único meio de alguém escapar da área dentro de SCP-416 é sendo extraído pelo time de reconhecimento aéreo. Ao ar SCP-416 parece idêntico às florestas de coníferas circundantes, ela exibe uma variedade desconcertante de vida vegetal; espécies tão variadas como Arvores de Josué (Yucca brevifolia), Baobá de Grandidieri (Adansonia grandidieri), Pinheiro Wollemia (Wollemia nobilis), e Mancenilheira (Hippomane mancinella) foram observadas. Nenhuma explicação foi oferecida de como essas espécies apareceram e se propagaram. Todas as observações indicam que SCP-416 é completamente desprovido de animais, fungos ou insetos. Funcionários implantados dentro de SCP-416 reportaram que a área é completamente e continuamente nublada apesar de que os satélites evidenciam o contrario.

Registros de Exploração: Em ██/██/████, geógrafos e topógrafos locais relatam um evento sísmico súbito vindo da área que agora sabemos ser de SCP-416. A Fundação foi alertada após os topógrafos reportarem características topológicas anômalas. Funcionários Classe-D estavam equipados com rastreadores GPS e encarregados de percorrer toda a área de SCP-416; Apesar dos indivíduos reportarem que eles mantiveram uma constante velocidade, sua velocidade de movimentação em relação à área externa de SCP-416 diminuiu drasticamente enquanto os indivíduos se aventuraram mais. Os funcionários implantados foram incapazes de alcançar o epicentro dos eventos sísmicos. Os indivíduos reportaram nenhuma indicação de retrocesso de sua parte; parece que SCP-416 pode ser infinito em área para os observadores localizado dentro dele. Os funcionários Classe–D permaneceram forçadamente em uma estadia prolongada dentro de SCP-416 e desenvolveram uma grande variedade de instabilidades mentais desde depressão estresse pós-traumático até catatonia, alucinações e psicose.

Análises Topográficas: Um time de psicólogos designados a analisar as anomalias topográficas associadas a esse SCP concluíram que ele parece ser a interseção tridimensional de um Calabi-Yau de seis dimensões com a superfície da Terra. A pesquisa ainda está sendo conduzida mantendo-os a força na floresta, embora algumas especulações relacionam este evento a um ou mais objetos no centro de SCP-416.

Adendo 04-5: SCP-416 é considerado um local de armazenamento para vários SCPs de Nível Seguro e Euclídeo que se movem, especificamente [DADOS EXPURGADOS].

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License