SCP-4475
avaliação: +1+x
Item nº: SCP-4475 NÍVEL 4/4475
CLASSE DO OBJETO: KETER PROJETO GALAXIAS

NÍVEL DE AMEAÇA: INDETERMINADO


4475-A.jpg

O Grupo do Trapézio, localizado na Nebulosa de Orion. A localização presumida de SCP-4475 é em órbita entre as estrelas θ1 Orionis A, B, e E.


Procedimentos Especiais de Contenção: Funcionários estudando SCP-4475 e SCP-4475-1 foram transferidos para o Projeto GALAXIAS (uma iniciativa interdisciplinar criada para entender melhor os fenômenos sobrenaturais baseados em laticínios e sua relação com o desenvolvimento de vida senciente)

Todos os funcionários do Projeto GALAXIAS — incluindo praticantes de laticínios ocultos — devem consumir 1.5 litros de leite por dia para manter resistência natural contra anomalias baseadas em laticínios. Por tanto, o projeto deve rastrear uma tolerância rigorosa à lactose para todos os funcionários de pesquisa em potencial.

As informações envolvendo apoteose humana pela manipulação de arquétipos à base de leite devem ser pesquisadas e, quando possíveis, suprimidas.


Descrição: SCP-4475 e uma entidade bovina deificada Classe-III1 com um corpo de comprimento de 40 km, atualmente localizada em espaço extra-solar.

SCP-4475 possui 25 pares de membros anteriores ungulados — variando de 15 a 40 km em comprimento — e um único grande úbere de diâmetro variável2 com 49 tetinas longas. Iniciativas de mapeamento detectaram uma grande bexiga interna e cinco esfíncteres poderosos, localizados na parte traseira de seu corpo. Dentro da bexiga , um processo metabólico complexo produz propelente bioquímico. Este propelente é expelido através de um de seus cinco esfíncteres. Baseado nesta configuração anatômica, engenheiros aeroespaciais empregados pela Fundação estimam que velocidades de até 8,000 m/s (28,000 km/h) podem ser atingidas no vácuo do espaço.

Dados coletados por Entradas Taumicas3 e telemetria determinaram que SCP-4475 está atualmente localizado a uma distância de 1,344 anos-luz (± 20 ly) da Terra. SCP-4475 está em órbita ao redor do Grupo do Trapézio: Um sistema de cinco estrelas orbitando uma anomalia gravitacional supermassiva não registrada.4

Apesar do alto nível de para-tecnologia necessária para observar diretamente SCP-4475, a Fundação e a Coalização Oculta Global se tornaram cientes de sua presença independentemente. Começando em 2009, pelo menos 5,900 pessoas diferentes na Terra sofreram teletransportação física para o interior das glândulas mamárias de SCP-4475.

Apesar de randômicos em natureza, relatos de testemunhas oculares em primeira mão e gravações audiovisuais de fazendeiros corroboram a existência de um ritual complexo (designado SCP-4475-1) capaz de desencadear os fenômenos. O seguinte processo — compilado por fazendeiros abduzidos para estudo científico — é uma linha de base para a teletransportação via SCP-4475-1:

  1. Selecione e proteja uma vaca.
  2. Vocalize louvores por sua existência.
  3. Aproxime-se da vaca selecionada em um ângulo de 55° na direção de seu posterior.
  4. Lubrifique seus dois quartos traseiros, de preferência com creme úbere.
  5. Puxe cada tetina cinco vezes.

Seguindo o ritual, desaparecimento imediato e reaparecimento dentro do úbere de SCP-4475 ocorreu em todos os casos.


Adendo 4475.1

REGISTRO INICIAL DE RECUPERAÇÃO



REGISTRO DE RECUPERAÇÃO 4475.1


DATA: 21 de Dezembro, 2009

NOTA DE RECUPERAÇÃO: A seguir é apresentada a primeira instância registrada conhecida de teletransportação espontânea para SCP-4475. Timothy Wickman (PDI-4475-01) gravou o que vêm a seguir em sua filmadora e foi depois descoberto incoerente no meio de uma interseção em Wisconsin, EUA. Testemunhas o descreveram aparecendo no meio da estrada e regurgitando uma grande massa biológica rosa-vermelha.

A única informação que a equipe de resposta tática obteve de Wickman foi seu forte desejo de "retornar ao útero."

NOTA DO ARQUIVISTA: Toda a arquitetura de construção dentro de SCP-4475 parece ter sido talhada a partir de osso e tecido cartilaginoso.


[COMEÇAR REGISTRO]


[A gravação mostra um grande limiar branco parecido com a estrutura do osso pélvico de SCP-4475. O áudio contem ofegação — presumidamente de Timothy. A visão corta para uma estrutura óssea irregular e aumenta o zoom. Distorção audiovisual começa.]

4475-B.jpg

TIMOTHY: Oh Deus.

[Timothy aponta a câmera para o rosto dele. Ele bate na lente com o dedo indicador, borrando-a, antes de limpá-la com a camisa.]

TIMOTHY: Ei– Uh, tem uh, alguém ai? Olá?

[Timothy vira a câmera de volta e bate no visor, sacudindo-o. A vista focada e desfocada mostra painéis de piso esbranquiçados com bordas hexágonais.]

TIMOTHY: Ei aqui é o Tim, alguém pode me ajudar aqui? A porra do GPS não está funcionando.

TIMOTHY: Essa é uma maneira incrível de mostrar ao mundo sua criação de gado leiteiro, Tim. Fique calmo, fique frio. Lembre-se, Tim, ursos são mais perigosos que as pessoas. Fique calmo, Tim, as equipes de busca estão-

TIMOTHY: [Ele suspira.] As equipes de busca estão a caminho. Essa é a terceira regra de segurança dos escoteiros. Aqui, na floresta, na fazenda e em todos os lugares.

TIMOTHY: Onde está todo mundo? [Ele grita.] Olá! Sabe, eu faria qualquer coisa por uma garrafa de água!

<REGISTRO CORTA INESPERADAMENTE>


<REGISTRO CONTINUA | 23:00 EM DIANTE>

4475-C.jpg

[A câmera está sobre uma superfície plana. Há um zumbido rítmico baixo e gotejamento distante. Sons de raspagem se aproximam da câmera.]

[Sons de mastigagem.]

TIMOTHY: Porra. [Ele vomita.] Por quê estou com tanta cede?

[Barulhos macios de folhas acompanham os passos de Timothy. A vista se move através de uma grande entrada e entra em um edifício alto e branco, com desenhos complexos e superfícies esculpidas.]

[Timothy se aproxima de uma entrada maior que a anterior.]

TIMOTHY: Outra entrada? Que lugar é esse?

[Timothy entra em um pequeno pátio branco com entalhes intrincados semelhantes. Várias estátuas de cabeças bovinas e úberes decoram as paredes interiores. Timothy para na frente de um mural que adorna a parede do pátio. Inscrições de texto — identificadas como Indus script em fonte grande e Sanskrit em fonte pequena — estão combinadas com imagens diferentes.]

[O mural retratam 25 entidades em uma formação de cinco por cinco. Cada entidade é um humanoide nu com tatuagens iridescentes de corpo inteiro e pescoços serpentinos malformados. A vista fica embaçada, e então volta ao normal, agora focando em um rosto verde sem expressão e plácido, com cinco linhas que se cruzam na testa.]

TIMOTHY: Huh…?

[Timothy se move para a próxima parede à direita e para de novo. Esta parede retrata Runas Taumatúrgicas5 sobrepondo uma espessa fumaça preta. A parede retrata o mesmo grupo; desta vez, eles migram para um túnel escuro. Cada entidade segura cestas na cabeça, enquanto crianças menores com cabeça de serpente as abraçam no quadril. Um único longo cordão umbilical envolve o ombro e o corpo de cada humanoide, terminando dentro da caverna.]

[Sons distantes de líquidos se movendo irregularmente. Timothy aparenta não perceber.]

[Timothy continua andando, desta vez tendo pouco cuidado para revisar as próximas inscrições. A câmera continua a retrata o mesmo grupo em uma linha sequencial de imagens, mas com mutações corporais crescentes e distorções de renderização. Um letreiro ósseo diz "apenas peles e nunca osso" em Indus script e Sanskrit.]

[Líquido correndo domina o áudio. Timothy corre para dentro de um túnel escuro.]

TIMOTHY: Quem caralhos está aí? Estou armado, se afaste.

[Sons de líquido se mexendo irregularmente se elevam sobre vários sons.]

DESCONHECIDO: [Gorgolejando.]

<REGISTRO CORTA INESPERADAMENTE>


<REGISTRO CONTINUA | 10:00 EM DIANTE>

4475-D.jpg

[Estática pesada.]

[A gravação recupera a visibilidade em uma plataforma de penhasco; Câmaras subterrâneas de cerca de 30 metros de largura (estimado) estão abaixo.]

[À distância, a visão se aproxima da câmara mais próxima. Retratações dentro da câmara se concentram.]

[Murais pintados retratam entidades humanoides em silhueta. Cada entidade usa armadura dourada e bronze de berílio ornamentado.6 A câmera se move em direção ao topo da área, capturando um afresco no teto, que mostra uma grande figura bovina feminina com proporções esculturais no centro;7 crescimentos ósseos afiados se estendem de sua região abdominal. Abaixo de seu abdômen, um úbere inchado e seis tetinas estão pendurados.]

<REGISTRO CORTA INESPERADAMENTE>


<REGISTRO CONTINUA | ??/ERR>

NOTA: Câmera é incapaz de dizer o tempo, data, ou duração da gravação. Um período desconhecido de tempo passou.

4475-E.jpg

[Timothy anda por um túnel de carne.]

TIMOTHY: Ela parece com a Bessie, não parece? Minha vaca eu digo, lá no ranço.

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes.]

TIMOTHY: Ela é uma boa garota! Eu sei que ela tem, você sabe, um nome meio estereotipado para uma vaca e tudo. Mas acredite em mim, ela é um doce. Meu velho me deu ela quando eu fiz 16 e eu tenho cuidado dela há alguns anos já.

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes.]

TIMOTHY: Diga, companheiro, tem alguma água?

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes.]

TIMOTHY: Eu preciso da porra de água. Eu tenho bebido das tetas das paredes, mas elas são–

[Timothy para a si mesmo.]

[Nenhum dos dois vocaliza por um período extendido.]

TIMOTHY: … Você não fala muito, não é?

[A câmera gira para a esquerda. Distorção visual e sombras mascaram a figura.]

[Um apêndice vestigial branco ergue-se lentamente da silhueta, apontando para cima. A câmera se move para cima. Entidades humanoides envoltas em carne vermelha estranha estão penduradas no teto. Um único cordão umbilical grande os conecta no pescoço.]

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes.]

TIMOTHY: Eu– Eu não entendo. Quem são eles?

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes.]

TIMOTHY: Digo, você poderia só– Você pode me dizer, eu não–

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes.]

TIMOTHY: Eu não entendo. Eu tenho te seguido por– [Ele pausa.] Só deus sabe quanto tempo, e você não me disse uma única coisa! Por quê você não pode me contar?

[A câmera cai ao chão. Timothy soluça por vários minutos.]

TIMOTHY: [Sons de choramingo.]

[Timothy pega a câmera de volta. A figura silhuetada está visível na borda direita.]

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes e gotejantes]

TIMOTHY: Espere, o quê?

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes altos.]

TIMOTHY: Eu… Eu posso te entender. Então– Espere, calma aí, o quê que você quer dizer? Dois grupos Dois grupos de quê?

DESCONHECIDO: [Sons gorgolejantes.]

TIMOTHY: O que eles são, então? Grupos religiosos? E eles são cristões?

[Silêncio.]

TIMOTHY: Então uma igreja e uma igreja, mas não tem relação. Como Batistas e Mórmons. Não, uh, espere.

DESCONHECIDO: [Sons de crepitação e estalos.]

[A câmera se move para baixo. Protusões brancas e carnudas espumam e sobem; bolhas e fumaça branca são emitidos.]

TIMOTHY: Mesmas estrelas, mesmos olhos — os cinco e os sete.

DESCONHECIDO: [Sons de líquidos se movendo irregularmente.]

TIMOTHY: Agora tudo faz sentido.

[Muitas camadas de gordura adiposa se espremem umas das outras. Gordura respinga, e faz manchas de óleo na lente da câmera. A câmera cai ao chão, apontando para Timothy. Ele não faz tentativa de recupera-la.]

TIMOTHY: Estou com cede. Me conte mais.

DESCONHECIDO: [Na voz de Timothy; distorcida.] Eu devo ir ao começo

[Montes de carne roxos escuros, parecidos com pólipos colorretais, consomem lentamente o corpo de Timothy. O teto gira em direção a um único ponto e se alarga em um esfíncter aberto. Caindo e lentamente ingerindo Timothy, que não demonstra aflição.]

TIMOTHY: O que é aquela coisa acima no centro das ruínas? Aqueles murais?

DESCONHECIDO: [Na voz de Timothy; distorcida.] Como abaixo, acima. Mãe aguarda espaço sem fim. Um lugar de descanso na luz.

TIMOTHY: E no domo — o que são aqueles mapas estelares?

DESCONHECIDO: [Na voz de Timothy; distorcida.] A localização do Pai Orion. De sua espada, um fogo purificador para levar Mãe e seus filhos escolhidos para o próximo mundo.

TIMOTHY: N-no início de nosso tempo, Mãe Bovina e-e-extinguiu a cede de seus filhos.

DESCONHECIDO: [Na voz de Timothy; distorcida.] Cuidado com a mãe que dá, cuidado com as crianças que tomam. Hathor deu e deu até que seu calor se deteriorou. [A voz hesita e falha.] Grande escuridão sem estrelas d-d-deixada no útero.

[Timothy grita e o teto se fecha de novo, deixando nenhum traço do esfincter ou seu corpo.]

DESCONHECIDO: [Em um timbro distorcido.] M-mãe sabe que todas as coisas frágeis são deixadas. Mãe vê as estrelas c-c-caídas abandonadas. Mãe sabe, mãe sabe, mãe sabe–


[FIM DOR EGISTRO]


NOTA: A entidade continuou a murmurar de maneira ininteligível, enquanto seu discurso se degradava em uma linguagem pesada em consoantes. A gravação parou muito tempo depois.


Adendo 4475.2

EVENTOS SCP-4475-1 OBSERVADOS



Um registro de ocorrências SCP-4475-1 notáveis se segue.

Em todos os casos de SCP-4475-1 observados, sujeitos perdem suas memórias do cenário dentro de 12 horas após retornar, sugerindo uma propriedade amnéstica latente das secreções de leite de SCP-4475.

A maioria das pessoas que passaram por SCP-4475-18 são diagnosticadas posteriormente com distúrbios neurológicos degenerativos. Diagnósticos identificados incluem câncer cerebral, demencia, esclerose lateral amiotrófica (ELA), e morte cerebral após o fluído espinhal se transformar em leite. Todas as pessoas diagnosticadas experienciaram perda da vida em qualquer momento entre três semanas a dez anos após o diagnóstico.


Adendo 4475.3

ATUALIZAÇÕES



I. 12 de Maio, 2033

As taxas de osteoporose aumentaram 10%. Os demais cidadãos da Índia relataram que objetos astronômicos eram menos visíveis a olho nu.

Resultados recentes de testes SCP-4475-1 tem tendido a mais casos de anormalidades; portanto, as pessoas que retornam de SCP-4475 relataram com mais frequência o seguinte:

  • Experiências espirituais traumáticas.
  • Aflição com anormalidades de retenção de memória, variando em qualquer lugar entre os estados permanentes de fuga amnésica e a hipermnésia.
  • Lembrança de memórias estranhas para si mesmos.
  • Lembrança de memórias estranhas para a humanidade.

Em adição, teletransportação randomizada para SCP-4475 aumentou dramaticamente, com até 50,000 desparecimentos de civis atribuídos a SCP-4475 no ano passado sozinho — a maioria dos quais retornaram demonstrando anormalidades consistentes com o mencionado acima. Devido a potenciais repercussões negativas resultando da execução de SCP-4475-1, Projeto GALAXIAS interrompeu provisoriamente todas as experiências.


II. 19 de Novembro, 2034

Às 0137 UTC, o Satélite Taumométrico de Brennan detectou um pulso eletromagnético desconhecido (ou PEM) com altos níveis de partículas taquíônicas e radiação Akiva associada. Após triangular o pulso, os astrônomos determinaram que ele se originou do Grupo do Trapézio. Nenhuma causa conhecida foi identificada.


III. 14 de Agosto, 2035

Apesar do cessamento de todas as experiências dois anos antes, números significativos de pessoas na Terra continuam teletransportando para SCP-4475. Os desencadeadores são procedimentos de ordenha cada vez mais comuns, que levaram a crescentes casos de anomalias baseadas em laticínios. Pessoas recuperadas mostram transfiguração significativa em sua sua estrutura esquelética.

Esforços para construir um sistema de vigilância autônomo do interior e exterior de SCP-4475 estão em andamento. Discussão sobre sua neutralização está pendente.

DO DIRETOR DO PROJETO GALAXIAS


Assim como as ameaças da "Terra do Leite e Mel" perdurou sobre a cabeça da UIU na década de 1920, ameaças sobrenaturais de laticínios continuam nos atormentando hoje.

Depois da Operação: INTOLERÂNCIA A LACTOSE e a batalha que se seguiu que nós iniciamos — e perdemos — o O5 me promoveu como Diretor do Projeto GALAXIAS. A partir daqui, levei-nos a arquivar, estudar, dissecar e, talvez, finalmente compreender a apoteose. Eu vi além do palco em que nós tocamos nossas pequenas vidas. Nós não somos nada além de atores — fantoches em cordas, dançando ao som de um trilhão de capsulas de leite, amamentados por deuses decadentes e necróticos do sadismo, presos a cadeiras de ossos osteoporóticos. Mas não mais.

Pelo bem da humanidade, nós nos levantamos contra a Terra do Leite e Mel — em seja lá qual permutação ela exista.


—Dr. Cassie Báthory
Diretor do Projeto GALAXIAS


IV. 12 de Outubro, 2035

Projeto GALAXIAS iniciou a Operação: SINO DE VACA DE CARMESIM.

Operação: SINO DE VACA DE CARMESIM

1. DATA DE ENVIO 12 de Outubro, 2035

2. LOCALIZAÇÃO DE ENVIO Fazenda de pasteurização e laticínios Shakti Chetu, subúrbios de Kanoodar, estado de Gujarat, Índia (123 km NE do Sítio-36).

3. FUNCIONÁRIOS

  1. ALPHA Especialista Bhupinder Gauri — um profissional taumatológico e antigo anexo da FTM-Zeta-9 ("Toupeiras").
  2. BETA Especialista Cindy Singh — cirurgiã ortopédica treinada e médica para a FTM-Xi-55 ("McQueen Hipocondríaca").
  3. GAMMA Pesquisadora Amanda Watson — uma esoterista geral em contrato com a MTF-Gamma-14 ("Ladrões Vermelhos").

Cada funcionário selecionado possui conhecimento Nível-4 dos efeitos de SCP-4475-1 — incluindo seu perigo à neurologia humana e bem-estar. Devido ao conhecimento oculto e de campo de Spc. Bhupinder Gauri, assim como sua alta retenção memética e resistência a riscos cognitivos, ele irá liderar esta missão.

4475-F.jpg

Spc. Cindy Singh se equipando com um traje Tipo-VISTA, capacete sans, luvas, e selo de pressão (passe o cursor por cima para ampliar).

4. EQUIPAMENTO Funcionários da SINO DE VACA DE CARMESIM encarregados da exploração de SCP-4475 receberam os seguintes equipamentos e materiais:

  • Três trajes de suporte de Unidade de Mobilidade Extraveicular Tipo-VISTA pressurizados, cada um equipado com um headset SCRAMBLE9e 30 horas de oxigênio.
  • Um único aparelho de Entrada Taumica abastecido por um gerador portátil — permitindo comunicação instantânea de e para o Centro de Operações. Devido à grande massa e dimensões físicas do aparelho, o uso de um Trenó de Repulsão Anti-Gravitacional Marlowe é essencial para permitir o transporte do aparelho.
  • O processador de microcomputador, casco, e a usina para cinco drones autônomos de telemetria serão enviados juntamente com a equipe da SINO DE VACA DE CARMESIM.

Entre 22 de Setembro e 10 de Outubro, Projeto GALAXIAS realizou 28 excursões para dentro de SCP-4475 com o único objetivo de traçar uma rota para o limite inferior de uma de suas tetinas de 400 metros de comprimento. Cada rancheiro associado prontamente comprometido com um geas10 autorizado pela Fundação para cumprir seu dever. Isto permitiu a eles mapear melhor uma rota navegável pela tetina antes do início dos efeitos risco meméticos ou da inexplicável teletransportação de volta.

5. DESCRIÇÃO DA MISSÃO Fazer um estudo direto e extensivo do interior e exterior de SCP-4475 e seus arredores para contenção física futura. Sendo para facilitar a operação irmão PARA QUEM O SINO DE VACA TOCA, designada para realizar dita contenção com extremo dano sob ameaça de neutralização.

REGISTRO DE VIDEO

EXECUÇÃO


Às 0507 horas (UTC+5:30), a equipe completou SCP-4475-1 e desapareceu.

Às 0520 horas, COMANDO confirmou a visualização do interior confirmada através de todas as três gravações.

Às 0533 horas, a equipe se encontrou em um ponto de encontro. GAMMA estacionou o Trenó de Repulsão em uma câmara aberta e programou a Entrada Taumica para abrir periodicamente e transmitir os dados coletados pela equipe. A equipe ativou e liberou os drones de telemetria, que se dispersaram. Um dos drones seguia um caminho levando para a tetina escolhida, e a equipe o seguiu.

A equipe viajou por um longo túnel biológico subterrâneo, próximo a uma estrutura de templo parecida com a vista no Registro de Recuperação 4475.1.

Às 0704 horas, ALPHA relatou uma vocalização bovina distante e ordenou à equipe para parar. Após perceber nenhuma ameaça, eles se reuniram — com ALPHA na liderança — e viajaram sem diminuição por 3 horas.

Às 1021 horas, ALPHA chegou na parte superior da tetina, descobrindo o corpo sem vida de um rancheiro; suas etiquetas de identificação o identificaram como um Darien Meyer. COMANDO afirmou que Meyer saiu de SCP-4475 um mês atrás e que está atualmente empregado pela Fundação com a classificação de funcionário Classe-E.

Às 1025 horas, BETA descobriu uma estátua de esmalte de uma entidade humanoide feminina com características bovinas. BETA notou buracos entortados semelhantes aos encontrados em pacientes com osteoporose. Ela raspou uma amostra de resíduo rosa, revelando medula óssea porosa abaixo.

Enquanto pegando a amostra, as paredes revestidas de músculo do túnel contraíram-se. BETA acelerou a coleção da amostra. De uma só vez, a carne se rompeu, de onde fluídos estomacais ácidos, pus, sangue, e leite inumdaram a câmara. Em pânico, a equipe pulou em uma fenda próxima, caindo estimadamente de 20 metros no chão biológico almofadado da câmara.

Após uma breve pausa, ALPHA percebeu que o traje Tipo-VISTA da GAMMA estava caído e parado. Após uma inspeção mais minuciosa, o visor de vidro do capacete parecia quebrado e o corpo da GAMMA não foi encontrado dentro do traje. ALPHA marcou ela como Desaparecida Em Ação., mas o radar biométrico de BETA indicava que GAMMA agora existia em duas localizações separadas: 5 metros atrás e 6 metros abaixo deles, simultaneamente.

O COMANDO confirmou que os sinais batiam com 99.6% da leitura biométrica de GAMMA e reportou a irregularidade ao Diretor do Projeto GALAXIAS. Esperando uma resposta, o COMANDO ordenou que a equipe permanecesse em posição.

Aproximadamente às 1031 horas, o headset de cada instância "GAMMA" ativou e transmitiu o seguinte em numerais de base-2: "MORTE PROIBIDA NEGADA."

ALPHA percebeu uma fenda em formato de estrela brilhando rosa neon, iluminando a fenda abaixo. Contra a ordem do COMANDO e em uma tentativa de ajudar a GAMMA "correta", ALPHA escapou pelo buraco. Em uma comunicação de áudio com BETA, ele descreveu sentir sintomas de tontura e desidratação e ordenou que ela o seguisse. Ela recusou, permanecendo com o traje vazio de GAMMA, onde ela permaneceu pelo resto da operação.

Às 1034 horas, a transmissão visual de ALPHA retratava uma luta enquanto ele caia por um fluxo de leite translúcido.

Aproximadamente às 1035 horas, o Diretor do Projeto GALAXIAS respondeu, ordenando ao COMANDO para acelerar a operação. Uma discussão surgiu na sala de controle do COMANDO sobre se eles deveriam parar a operação prematuramente.

Logo depois, grandes quantidades de leite inundaram a sala de controle através de uma fonte desconhecida. Os sinais vitais de ALPHA foram detectados na parte de trás do Centro de Operações, contradizendo sua presença dentro de SCP-4475. O COMANDO enviou uma equipe de segurança armada para investigar.

Outros funcionários — que estavam tentando fugir — descobriram que todas as portas de saída haviam sido fechadas com uma substância de leite coalhado. O COMANDO alertou a Força Tarefa Móvel local de emergência imediatamente.

Às 1038 horas, ALPHA foi ejetado através da cisterna da tetina para o vácuo do espaço a uma velocidade de 14 metros por segundo. Apesar de sua velocidade, ALPHA parou, a 1,6 quilômetros de distância. Sua gravação retratava as duas estrelas distantes θ1 Orionis A e B em sua periferia, assim como uma anormalidade estelar não contabilizada à frente. A anormalidade — presumida ser uma anomalia gravitacional supermassiva no centro do grupo — emitia jatos de radiação eletromagnética em cada direção cardeal.

4475-G.jpg

1038 horas — Uma imagem corrompida capturada pela câmera corporal de Spc. Bhupinder Gauri (passe o cursor por cima para ampliar).

A ALPHA tomou nota de um grande número de organismos humanos e proto-humanos falecidos nas proximidades de SCP-4475. O monitoramento óptico autônomo via drone de telemetria próximo detectou cerca de 450.000 entidades no total.

Às 1045 horas, o conjunto de sensores no traje de ALPHA detectou uma anormalidade no espaço-tempo e uma subsequente explosão de radiação de campo eletromagnético (ou CEM). A energia CEM, focada em um amplo feixe multicolorido que preenchia sua visão, viajava a aproximadamente 3 Unidades Astronômicas11 por segundo em sua direção — cerca de 1,500 vezes a velocidade da luz.

20 segundos depois, o feixe de CEM envolveu SCP-4475, e as telecomunicação de ALPHA e BETA — assim como todos os cinco drones — se desligaram.

Às 1046 horas, a FTM de emergência chegou no edifício e teve dificuldades para forçar a abertura da porta de saída da frente. Funcionários começaram a sufocar quando o fluxo de leite na sala de controle atingiu uma altura de aproximadamente 3 metros.

Eventualmente, a FTM invadiu a câmara, através de onde vários milhares de litros de leite escaparam. Ao todo, 12 funcionários foram encontrados falecidos, presos dentro da sala de controle.

RELATÓRIO PÓS-AÇÃO Ao avaliar SINO DE VACA DE CARMESIM e seus eventos, o COMANDO descobriu que às 1045 horas, todos os aparelhos eletrônicos tanto no Centro de Operações como na fazenda SCP&D receberam uma transmissão estranha idêntica. Conforme traduzido dos numerais de base-2, a mensagem dizia "SÃO E SALVO."

Da mesma forma, analistas revisaram a transmissão final de ALPHA e chegaram a um consenso sobre a sequência de eventos. Acredita-se agora que devido a um evento espaçotemporal desconhecido, o feixe CEM direcionado causou a anomalia eletromagnética supracitada detectada em 19 de Novembro, 2034 — cerca de 327 dias anteriormente.

Após evacuar o Centro de Operações, funcionários da segurança detiveram a aparente duplicata de ALPHA e a inspecionaram por anormalidades. Nenhuma anomalia superficial foi detectada. O sujeito vazou leite e sorriu.


V. 13 de Outubro, 2035

Após a SINO DE VACA DE CARMESIM, nenhuma outra teletransportação SCP-4475-1 parece funcional. Toda teletransportação cessou. Com nenhum método conhecido de acessar SCP-4475 e uma falta atual de métodos de viagem superluminal de longa distância confiáveis, todo o estudo de SCP-4475 foi colocado sob um hiato indefinido. SCP-4475 está pendente de reclassificação para NEUTRALIZADO.

A duplicata capturada de ALPHA (designada SCP-4475-A) deu as seguintes mensagens para funcionários do Projeto GALAXIAS em Linguagem Extraterrestre Ortothan escrita (ou LEO):

NÓS OBSERVAMOS, NÓS JULGAMOS
SENTIMENTOS ATRAVÉS DO COSMOS
ESPERANDO RESPOSTA

SUA COMPLACÊNCIA
DOS MISTÉRIOS ALÉM
ISTO, TAMBÉM, NÓS OBSERVAMOS

VOCÊS ENTRARAM COM MULTIDÕES
VOCÊS "ASSEGURAM, CONTEM, PROTEGEM"
NOSSA ASCENDÊNCIA?

NÓS NÃO DEIXAREMOS VOCÊS
PERTURBAREM FORÇAS NÃO VISTAS
SONDAREM A LUZ GRITANTE

QUANDO ESTRELAS MORREM EM CINCO,
O ESPAÇO-TEMPO ONDULA SETE VEZES
COMO UMA SUSSE-EUK[não-traduzido] CÓSMICA

PARA NOSSAS MÃES DA AMBROSIA: DEVEMOS DEVOLVER
ELAS NOS DERAM VIDA
ELAS NOS DERAM ABRIGO
NÓS NOS BANQUETEAMOS NA TETA ATÉ ELA ESTOURAR
ATRAVÉS DA QUINTA BRECHA NO FIM DO ESPAÇO CONHECIDO, ELAS IRÃO ASCENDER

NÓS NASCEMOS DEBAIXO DA TAPEÇARIA E ANTES DAS LUZES
NÓS HABITAMOS A FUMAÇA NÃO VISTA QUE PREENCHE TODA VIDA
COM PAZ PARA LIBERTAR OS FILHOS DE NOSSA MÃE
COM LEITE PARA ALIMENTAR NOSSO SALVADOR QUARTO
NÓS NÃO DEIXAREMOS A SUBJEITURA DE NOSSA MÃE CONTINUAR
NÓS NÃO FICAREMOS PARADOS ENQUANTO O CAOS PADRONIZADO VEM
NÓS SOMOS A QUINTA IGREJA DO HYTOOTH [sic]

No presente, SCP-4475-A está sob custódia de Classe-II (Contenção Limitada). Uma investigação em seitas Cinquistas e da Igreja do Segundo Hytoth por informação em relação à "Quinta Igreja do Hytooth" está em andamento.


VI. 19 de Outubro 2035

Uma sonda autônoma operada pelo Conscrito Artificialmente Inteligente Simurgh.aic descobriu um organismo bovino grande — similar em aparência a SCP-4475 — viajando pelo cinturão de Kuiper em um vetor em direção ao sistema solar interno.

Em cooperação com o Departamento de Supervisão do Sistema Solar, Projeto GALAXIAS está tomando medidas preventivas e começou investigações

avaliação: +1+x
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License