SCP-4661


avaliação: +4+x
Item nº: 4661
Nível3
Classe de Contenção:
euclídeo
Classe Secundária:
none
Classe de Disrupção:
keneq
Classe de Risco:
warning

lux.png

Sítio-666 Durante um Ciclo Noturno de Ejeção de Resíduos.


PROCEDIMENTOS ESPECIAIS DE CONTENÇÃO: O principal meio de contenção é a Unidade de Vácuo House-Nicolas Theoplanar, localizada no topo do Sítio-666 (publicamente conhecido como Luxor Las Vegas). A unidade foi projetada para evitar outro Incidente de Colapso. Isto é conseguido através do desvio da Energia de Ressonância Tartárea1, e usá-lo para ancorar a si mesmo e ao Sítio-666 ao atual plano teológico da realidade.

A Unidade de Vácuo Theoplanar ejeta resíduos todos os dias ao pôr do sol. A Unidade converte o excesso de ERT em radiação Alfa e a libera em um feixe de luz estreito e concentrado. O feixe foi medido em 42,3 bilhões de candelas e exige que o interior da Unidade de Vácuo Planar seja revestido com placas absorventes de calor.

DESCRIÇÃO: SCP-4661 é uma região do espaço onde a cidade de Las Vegas e o Quarto Círculo do Inferno(conforme relatado em Inferno de Dante Alighieri) se sobrepõem. Isso resulta no enfraquecimento e, em certas circunstâncias, na separação completa da realidade básica. SCP-4661 contém uma densidade extremamente alta de entidades demoníacas e é sustentado pela energia de ressonância tartárea que elas produzem. SCP-4661 está em fluxo constante e, se não for contido, entrará em colapso total no Quarto Círculo.

mgm2.JPG

Comboio da Fundação entrando em Las Vegas durante o Colapso Inicial de SCP-4661.

Instâncias de SCP-4661-B são entidades demoníacas de classe tartárea que se assemelham superficialmente a humanos, que exibem diferenças anatômicas internas e externas limitadas significativas. Eles possuem chifres pequenos e curvos em seus crânios e uma tez mais pálida do que a maioria dos humanos. Eles também possuem capacidades pirocinéticas limitadas, como manifestar faíscas de suas mãos ou acender pequenos objetos. Essas habilidades aumentam em eficácia quando expostas a indivíduos envolvidos em atividades hedonistas; por exemplo, uso de álcool, relações sexuais e jogos de azar. Eles naturalmente produzem quantidades significativas de ERT.

SCP-4661 chamou a atenção da Fundação entre 12 e 16 de janeiro de 1992. Intervenção significativa da Fundação foi necessária para restabelecer a normalidade.


Adendo 4661.1

RELATO INICIAL — DIA 1



Adendo 4661.2

TRANSCRIÇÃO DA CONFERÊNCIA DO COMITÊ DE INCIDENTES — DIA 1



Adendo 4661.3

ATUALIZAÇÃO SITUACIONAL — DIA 2



Adendo 4661.4

TRANSCRIÇÃO DA CONFERÊNCIA DO COMITÊ DE INCIDENTES — DIA 2



Adendo 4661.5

TRANSCRIÇÃO DE ÁUDIO ABREVIADA DA MISSÃO — DIA 3



Adendo 4661.6

PARTIDA DE BLACKJACK — DIA 3



Adendo 4661.7

DEBRIEFING DO COMITÊ DE INCIDENTES — DIA 4



Conclusão

SÍTIO-666


construction.jpg

Sítio-666 em construção, 1992.

Após a conclusão do Incidente de Colapso, o Comando Regional do Sudoeste dos EUA da FSCP ordenou a construção de um Sítio dentro da cidade de Paradise para garantir a prevenção de outro evento desse tipo. O Sítio-666 foi construído sob o disfarce de um novo cassino e hotel chamado "Luxor Las Vegas". A construção foi concluída em 1993 e, desde então, serviu como o principal sítio de implantação no sudoeste dos Estados Unidos, com Randall House como Diretor do sítio designado. A Unidade de Vácuo House-Nicolas Theoplanar evitou novos Incidentes de Colapso ao desviar a radiação produzida por entidades demoníacas.

Após a investigação das alegações de Plutão, foi decidido que é provável que a maioria ou todos os principais cassinos na área do Paraíso sejam de propriedade e operados por entidades demoníacas da classe tartárea. Essas entidades se organizaram em uma comissão para proteção mútua, e planos para estabelecer contenção sobre essas entidades estão em desenvolvimento.











avaliação: +4+x

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License