SCP-4666
avaliação: +2+x
yuleman-photo%20FINAL.jpg

Possível fotografia de SCP-4666, recuperada de um celular na localização do Evento Weissnacht #057130. Clique para ampliar.

Item nº: SCP-4666

Classe do objeto: Keter

Procedimentos especiais de contenção: O tráfico da internet e os canais de aplicação da lei em todo o mundo devem ser monitorados em busca de evidências de atividade de SCP-4666 e particularmente em casos de perseguição ou de relatos de fenômenos anômalos envolvendo famílias com crianças pequenas.

Caso haja suspeita de um evento Weissnacht estar em progresso, a força-tarefa de contenção mais próxima deve ser dispachada para a tentativa de contenção de SCP-4666. Aplicam-se os protocolos de primeiro contato humanóide PDP / VIII padrão.

Acobertamento de mortes de famílias atribuídas a SCP-4666 devem ser suprimidas ou falsificadas a fim de fazer com que essas mortes apareçam como assassinatos por invasão de domicílio não anômalos. Provas forenses e instâncias de SCP-4666-A coletadas por agências não pertencentes à Fundação devem ser confiscadas e as testemunhas amnesticizadas.

Descrição: Acredita-se que atualmente, SCP-4666 seja uma entidade humanoide única, excepcionalmente grande de origem desconhecida. Sobreviventes de Eventos Weissnacht tipicamente descrevem SCP-4666 como um homem idoso de ascendência europeia muito alto (possuindo entre 2 metros e 2.3 metros de altura), com uma aparência extremamente emaciada. A entidade sempre aparece completamente nua, mesmo quando observada ao ar livre em clima congelante.

Embora a natureza e a extensão de suas propriedades anômalas permanecam incertas, SCP-4666 parece ser capaz de fazer viagens instantâneas ou quase instântaneas para qualquer local no norte da latitude de 40°N e possivelmente para qualquer local na Terra.

A atividade de SCP-4666 ocorre exclusivamente em um período de 12 noites consecutivas todo ano, da noite do dia 21-22 de Dezembro até a noite do dia 1-2 de Janeiro; esse período é conhecido como a ''fase ativa'' de SCP-4666. Durante esta fase, no qual é denominada de ''Eventos Weissnacht'', SCP-4666 aparecerá em residências em um ou em múltiplos locais ao norte da latitude de 40 ° N. Em todos os Eventos Weissnacht conhecidos, essas residências possuem as seguintes características: Localização rural isolada, casa para uma família possuindo pelo menos uma criança com menos de 8 anos, em uma situada área coberta de neve com duração durante todo o evento.

Eventos Weissnacht consistem na seguinte progressão geral:

Noites 1-7: Crianças relatarão avistamentos de SCP-4666 nas proximidades da residência de suas famílias. A entidade normalmente será observada observando a residência à distância, como de um campo próximo ou da borda de uma floresta vizinha. Em alguns casos, as crianças relatam acordar à noite e encontrar SCP-4666 observando-os dormir através de uma janela.

Noites 8-11: Membros da família (incluindo os parentes) reportarão sons de passos vindos do teto ou do sotão. Um odor extremamente desagradável também será freqüentemente percebido dentro da residência. Nenhuma causa para esses fenômenos será encontrada. Como resultado, os pais muitas vezes começam a suspeitar que sua família está sendo perseguida ou que sua casa pode estar "assombrada".

Noite 12: Durante o curso da noite dois cenários podem ocorrer:

  • O primeiro, e mais comum, é que SCP-4666 matará todos os membros da família em exceção da criança possuindo menos de 8 anos de idade, no qual irá sequestrar. SCP-4666 inflingirá feridas incapacitantes a membros da família enquanto eles estiverem dormindo, levará eles para um unico cômodo da residência e procederá matá-los à vista de cada um. O metodo de matança varia durante o evento, e tipicamente ser precedido por alguma forma de tortura, no qual aparenta ser feito para algum propósito ritualístico (ver ''Registros de Eventos Weissnacht'' abaixo)
  • No secundo cenário, no qual ocorreu em cerca de 15% dos Eventos Weissnacht conhecidos, SCP-4666 não prejudicará a família. Membros da família relatarão ouvirem sons de passos dentro de suas residências durante a noite, apesar de nenhum sinal de entrada forçada ser encontrado. Na manhã crianças descobrirão presentes nos pés de suas camas; eles consistem em brinquedos grosseiramente feitos de restos de crianças humanas ( ver ''Registros de instâncias de SCP-4666-A'' abaixo).

Os critérios, se houver, pelos quais SCP-4666 determina o resultado de um evento Weissnacht são desconhecidos.

fingerprints7.jpg

Impressão digital pertencente a SCP-4666. Observe o padrão único de espiral dupla.

Descoberta: A existência e a atividade em andamento de SCP-4666 foram detectadas pela primeira vez em 1974 por meio do Programa de reconhecimento de assinatura anômala recentemente implementado da Fundação,2 quando vários incidentes de invasão de casa altamente semelhantes, resultando em mortes de famílias, foram encontrados em todo o hemisfério norte durante a noite de 1 a 2 de janeiro.

Uma extensa pesquisa em arquivos civis e policiais em todo o mundo acabou descobrindo evidências de prováveis ​​eventos Weissnacht em quase todos os anos anteriores, desde o final do século 18 (média de 3,1 eventos conhecidos por ano). Numerosos documentos históricos também foram encontrados que parecem descrever a atividade de SCP-4666 ocorrendo antes deste período, em alguns casos já no século 2 d.C na Europa e na Rússia, e já no século 1 a.C na Escandinávia.

Impressões digitais pertencentes à mesma entidade humanóide foram descobertas nos locais de todos os Eventos Weissnacht investigados pela Fundação; estas foram comparadas a uma impressão digital parcial encontrada preservada em sangue seco em uma instância recuperada de SCP-4666-A datada de 1873. As impressões digitais apresentam características que não ocorrem em seres humanos (ver imagem). Cabelos brancos semelhantes aos humanos também foram recuperados dos locais de vários eventos Weissnacht, embora nenhum DNA, humano ou não, pudesse ser extraído deles.

Adendo 4666-01

No dia 02/01/2018, várias instâncias de SCP-4666-A foram descobertas em uma residência de uma família em Hoonah, Alasca, seguindo a conclusão do Evento Weissnacht #060198. Entre essas instâncias estava SCP-4666-A-0960, que consistia em uma boneca rústica em tamanho natural feita do corpo emaciado de uma criança do sexo feminino, na qual as seguintes modificações foram feitas:

  • Um vestido feito de várias peças de roupa suja e descolorida foi costurado ao redor do corpo e, em vários lugares, na pele do corpo.
  • A boca foi costurada com linha feita de tendões humanos, e os lábios pintados de vermelho com uma solução composta principalmente de sangue humano.
  • As unhas de outra criança foram coladas sobre as unhas do corpo com resina de pinho; estes foram pintados de vermelho com a mesma solução à base de sangue humano. Três dedos do corpo estavam faltando.
  • Todo o couro cabeludo foi removido da cabeça, e o couro cabeludo de outra criança com longos cabelos loiros foi costurado na cabeça em seu lugar. O cabelo havia sido amarrado em duas tranças.
  • Ambos os olhos foram removidos e duas grandes pedras redondas, com olhos pintados de maneira grosseira, colocadas nas órbitas vazias.

Após exame pela família, a criança com a qual a boneca foi feita foi encontrada ainda viva, embora inconsciente. As autoridades foram notificadas e a criança foi transportada de avião para o Hospital Regional Bartlett em Juneau, Alasca, onde sobreviveu por 18 horas. Dois agentes da Fundação foram enviados e puderam entrevistar o sujeito (ver "Registro de Entrevista" abaixo). Após a morte do sujeito, seu corpo foi confiscado pelos agentes e todas as testemunhas amnesticizadas de acordo com o procedimento padrão.

O teste de DNA revelou que o sujeito era Ekaterina Morozova, de 7 anos, uma conhecida vítima de sequestro de SCP-4666, tirada da residência de sua família em Dubovka, Rússia, em 01/02/2016. A autópsia do corpo do sujeito mostrou que ela estava gravemente desnutrida durante os dois anos após seu sequestro, o que resultou em retardo de crescimento considerável (peso de apenas 15 kg, altura de apenas 90 cm). Uma série de cicatrizes e queimaduras estavam presentes em sua pele, e ela havia sofrido duas fraturas ósseas (tíbia esquerda e ulna esquerda) que não haviam sido restauradas e haviam cicatrizado inadequadamente. As mãos estavam muito calejadas. A causa da morte foi atribuída à falência de múltiplos órgãos resultante de desnutrição severa e prolongada.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License