SCP-4927
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-4927

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Qualquer civil que estiver perto de uma manifestação de SCP-4927 será amnesticizado e levado ao centro populacional mais perto. Se a amnestização falhar, a história de cobertura "Noites Enevoadas" será promulgada.

Descrição: SCP-4927 é um fenômeno que ocorre entre 2:00 AM e 4:00 AM em aeroportos abandonados e aqueles com menos de 100 voos anuais. SCP-4927 começa com a aparição de neblina, seguida pelo pouso de uma aeronave comercial, designada como SCP-4927-1. Instâncias de SCP-4927-1 são modelos descontinuados produzidos entre 1945 e 1990.

Após pousar, SCP-4927-1 irá abrir sua porta, desembarcando passageiros e funcionários (SCP-4927-2 e SCP-4927-3 respectivamente). Instâncias de SCP-4927-2 usam roupas típicas de 1945 a 1990. SCP-4927-3 são funcionários de aeroporto. Atualmente, somente guardas de segurança e funcionários da porta de saída foram vistos. Uma instância de SCP-4927-3 irá sempre informar que SCP-4927-1 fez uma parada durante um voo em direção a centros populacionais notáveis.

O segundo efeito é ativado quando um indivíduo observa SCP-4927 a uma distância de menos de 10 metros. O sujeito irá sentir uma leve compulsão de embarcar, e após falar com uma instância de SCP-4927-3, irá embarcar em SCP-4927-1. Note que em nenhuma das manifestações de SCP-4927 foi exigido um tíquete.

Qualquer tentativa de cuidadosamente inspecionar ou entrar em SCP-4927-1 irá resultar na expulsão dos indivíduos envolvidos por SCP-4927-3 e proibição de embarcar SCP-4927-1 em futuras manifestações.

Quando instâncias de SCP-4927-2, junto com o sujeito afetado, embarcam SCP-4927-1, a porta irá se fechar por dentro e então SCP-4927-1 irá decolar, assim concluindo um evento de SCP-4927. A partir desse ponto, o sujeito não pode ser contatado.

Dentro de 2 a 20 horas, o sujeito irá reaparecer no aeroporto localizado no centro populacional mencionado pela instância de SCP-4927-31.

Registro de Entrevista:

Entrevistado: D-18457

Entrevistador: Dr. Borja Dowell

Prefácio: No dia 08/09/2012, SCP-4927 manifestou no Aeroporto Castellón–Costa Azahar. D-18457 foi instruído a embarcar em SCP-4927-1 e relatar qualquer aspecto relevante. Essa é a primeira vez que um sujeito embarca em SCP-4927-1.

<Iniciar Registro>

Dr. Dowell: Saudações, D-18457. Já que não conseguimos entrar em contato com você, você pode nos contar o que viu.

D-18457: Eu não consegui entrar em contato com vocês porque não tinha sinal no avião. Na verdade eu não vi ninguém com celulares e o único telefone que eu vi tinha uma roda e um cabo.

Dr. Dowell: Anotado. Você olhou pela janela?

D-18457: Sim, mas estavam todas abaixadas e eu não consegui ver nada. Eu levantei uma e só tinha neblina. Não dava nem para ver a água ou as luzes das cidades.

Dr. Dowell: Certo. Você notou algo estranho nas instâncias de SCP-4927-3?

D-18457: Na verdade não. Me serviram bem e tinham um sorriso e uma voz que me fizeram sentir como se eu estivesse no paraíso. Além de uns belos sei-

Dr. Dowell: Foco no assunto, por favor.

D-18457: Okay.

Dr. Dowell: Você conseguiu interagir com alguma instância de SCP-4927-2?

D-18457: Sim. Tinha um homem Chinês ou Coreano vestido de soldado, falando sobre uma guerra na Coreia e que ele não era homem o suficiente. Eu suponho que teria sido na Coreia do Sul. Um outro parecia um hippie que estava desistindo de LSD porque ele disse que viu uns pássaros aterrorizantes. Eu não prestei muita atenção nele. A última pessoa que me ouviu foi uma moça na casa dos 40. Ela só me falou que estava fazendo isso pelos seus filhos.

Dr. Dowell: Você notou algo estranho no resto da viagem?

D-18457: Duas coisas. Uma era que o avião mal fazia barulho e nem parecia mover. E a outra era que a maioria deles estavam duros de medo e dava pra ouvir as aeromoças cantando por uma hora ou mais das caixas de som. Era a melhor coisa que eu já ouvi na minha vida, e eu só gosto de ouvir metal. Uma pena que o voo durou tão pouco.

Dr. Dowell: Obrigado por sua cooperação, D-18457.

<Fim do Registro>

Adendo: No dia 14/5/2015, SCP-4927 manifestou no aeroporto Manston. D-4657 foi instruído a embarcar SCP-4927-1 e relatar qualquer aspecto relevante. Após relatar os aspectos relevantes, D-4657 disse que viu uma instância de SCP-4927-2 parecida com seu pai.

O pai de D-4657 morreu em um incidente de aviação no dia 22/9/1988.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License