SCP-4966
avaliação: 0+x
blank.png
tubbs.jpg

SCP-4966

Item nº: SCP-4966

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-4966 deve ser mantido dentro de uma cela de contenção humanoide modificada, de tamanho apropriado para um gato doméstico se mover livremente. Esta cela deve ser mobiliada com vários móveis estofados. Objetos recreativos como torres de escalada, brinquedos de pelúcia e pequenos objetos de plástico também foram fornecidos. SCP-4966 deve praticar socialização três vezes por semana por pesquisadores do sítio. Testes envolvendo SCP-4966 devem ser aprovados pelo Dr. Bannock. Funcionários que desejam fornecer a SCP-4966 objetos recreativos adicionais devem comprá-los usando seus próprios fundos.

Descrição: SCP-4966 é uma criatura quadrúpede animada confeccionada de tecido cinza. Todas as tentativas de perfurar ou danificar este tecido falharam. Raios X e outros exames realizados em SCP-4966 mostraram a falta de estruturas internas. O corpo de SCP-4966 é completamente desprovido de marcas ou orifícios, com exceção de dois olhos negros e uma boca trançada. As vocalizações feitas por SCP-4966 são semelhantes às de um jovem felino. SCP-4966 é altamente social e ficará ansioso e recluso caso não receba socialização normalmente. SCP-4966 tem uma tendência a imitar as ações de outras entidades com as quais interage. SCP-4966 não mostra nenhuma necessidade aparente de comer, beber ou respirar, embora imite essas ações caso outra entidade esteja fazendo o mesmo.

Quando apresentado com o cadáver de um organismo, SCP-4966 estenderá sua boca por meios desconhecidos e consumirá o cadáver em sua totalidade, fazendo com que seu corpo inche e se estique em torno da massa adicionada. Todas as tentativas de medir a resistência à tração de SCP-4966 enquanto neste estado falharam, pois a pele de SCP-4966 permanecerá visivelmente com a mesma densidade durante este processo. Nenhum limite foi encontrado para o grau em que SCP-4966 é capaz de se distender, tendo envolvido completamente o cadáver de uma baleia-azul adulta (Balaenoptera musculus) durante o teste.

Uma vez que um cadáver esteja totalmente envolvido, o corpo de SCP-4966 retornará lentamente ao seu tamanho normal. Durante essa deflação, SCP-4966 experimentará alterações em sua morfologia consistentes com as características físicas do organismo que consumiu. A alteração mais comum é a adição e modificação de membros, embora outras alterações, como mudanças nas proporções e vocalizações de SCP-4966, tenham sido registradas. As únicas características físicas de SCP-4966 que não podem ser alteradas são suas características faciais existentes e sua coloração cinza. As alterações permanecerão por aproximadamente 4 horas após o consumo, após as quais SCP-4966 irá regurgitar resíduos biológicos consistentes com a composição do organismo consumido.

Adendo: Inclusos abaixo estão diversos trechos do registro de experimento de SCP-4966, com a finalidade de entender melhor as habilidades de transformação de SCP-4966.

Cadáver Introduzido: Um macho adulto de cascavel-de-madeira (Crotalus horridus).

Integridade do Cadáver: Apresenta sinais iniciais de decomposição.

Alterações Desenvolvidas: O torso de SCP-4966 se estendeu aproximadamente 150 cm de comprimento a mais do que as medições anteriores, com seu abdômen se finalizando em uma cauda e chocalho. SCP-4966 usou esse comprimento adicional durante o teste para envolver e escalar os membros dos pesquisadores, mas não enrolou-os com força suficiente ao ponto de inibir fluxo sanguíneo. O chocalho desenvolvido foi usado por SCP-4966 quase constantemente durante sua transformação, muitas vezes sacudindo-o enquanto interagia com os pesquisadores.

Matéria Regurgitada: Uma massa de queratina em decomposição, e uma matéria orgânica liquefeita.

Cadáver Introduzido: Uma fêmea adulta de peixe-leão-comum (Pterois miles).

Integridade do Cadáver: Apresenta sinais de decomposição avançada. O interior do cadáver está quase completamente putrefato. Apesar dos espinhos venenosos do cadáver, SCP-4966 foi capaz de consumi-lo sem problemas.

Alterações Desenvolvidas: SCP-4966 desenvolveu um par de barbatanas peitorais, uma barbatana anal e uma grande barbatana dorsal constituída de vários espinhos longos. Essas barbatanas foram observadas impedindo o movimento de SCP-4966, limitando especificamente sua mobilidade vertical. A análise química dos espinhos testou positiva para veneno de peixe-leão. Logo, nenhuma outra interação com SCP-4966 foi conduzida antes da regurgitação.

Matéria Regurgitada: Espinhas quebradas e matéria orgânica liquefeita.

Cadáver Introduzido: Uma pilha de folhas mortas de bordo (Acer pseudoplatanus).

Integridade do Cadáver: Ligeiramente degradada.

Alterações Desenvolvidas: Nenhuma alteração observada. SCP-4966 consumiu uma única folha antes de regurgitá-la imediatamente. SCP-4966 passou o restante do teste brincando dentro da pilha de folhas, pulando repetidamente para dentro da mobília fornecida. Solicitações para fornecer a SCP-4966 matéria vegetal adicional para fins recreativos estão atualmente pendentes.

Matéria Regurgitada: Uma folha ligeiramente danificada.

Cadáver Introduzido: Uma fêmea adulta de avestruz (Struthio camelus).

Integridade do Cadáver: Severamente danificado. O cadáver foi apresentado a SCP-4966 em vários pedaços, com a perna esquerda e a cabeça do cadáver ausentes.

Alterações Desenvolvidas: As pernas de SCP-4966 se estenderam aproximadamente 1,3 metros, desenvolvendo dois grandes dedos semelhantes aos de um avestruz.1 A cabeça de SCP-4966 se estendeu aproximadamente 1,2 metros para cima, formando um grande pescoço curvo. Um par de asas depenadas se desenvolveu nas laterais do torso de SCP-4966. Em diversas ocasiões, SCP-4966 tentou voar usando essas asas, com SCP-4966 eventualmente pulando de móveis fornecidos em uma tentativa de planar. Apesar da natureza normalmente territorial dos avestruzes, SCP-4966 permaneceu sociável durante sua transformação.

Matéria Regurgitada: Várias porções quebradas de ossos e uma grande quantidade de matéria orgânica liquefeita.

Cadáver Introduzido: Cabeça de um macho adulto de alce oriental (Alces alces americana).

Integridade do Cadáver: Cadáver está taxidermizado e bem preservado.

Alterações Desenvolvidas: SCP-4966 desenvolveu grandes chifres de aproximadamente 1,4 metros. Devido ao tamanho desses chifres em relação à cabeça de SCP-4966, seu senso de equilíbrio e mobilidade foi severamente prejudicado. Além disso, SCP-4966 desenvolveu grandes orelhas que não tinham suporte estrutural, sendo incapazes de se manterem eretas. Testes de cognição auditiva determinaram que os ouvidos não melhoraram a capacidade auditiva de SCP-4966.

Matéria Regurgitada: Uma grande massa compacta de escória de metal, polpa de madeira e ossos quebrados.

Cadáver Introduzido: Um par de botas de couro genuíno, da marca ████.

Integridade do Cadáver: Compradas recentemente; nunca foram usadas.

Alterações Desenvolvidas: Nenhuma alteração observada. SCP-4966 se aproximou das botas antes de morder levemente a ponta da bota esquerda. Depois de examinar a bota direita de maneira semelhante, SCP-4966 derrubou a bota direita e subiu dentro dela, adormecendo pouco depois.

Matéria Regurgitada: Nenhuma.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License