SCP-528

avaliação: 0+x

Item nº: SCP-528

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Todos os itens designados SCP-528 devem ser mantidos dentro de seus recipientes individuais quando não estiverem em uso. No caso de um recipiente ausente ou danificado, um novo recipiente não individualizado será comissionado. Todos os recipientes contendo SCP-528 devem ser mantidos no cofre de armazenamento seguro Z-12 no Sítio 23. Funcionários sêniores no Sítio 23 devem receber a combinação do referido cofre. Ninguém de classe inferior a 3 tem aprovação para trabalhar com SCP-528. A combinação deve ser alterada semanalmente.

Descrição: Atualmente há sete instâncias de SCP-528 sob controle da Fundação. SCP-528 podem ser encontrados em pequenos recipientes de plástico vermelhos, visualmente idênticos aos usados pela Silly Putty Corporation, exceto que o logotipo da Silly Putty foi substituído por "A Fábrica."

SCP-528 tem a aparência de um polímero inorgânico, composto por 65% de dimetilsiloxano (polímeros terminados em hidroxila com ácido bórico), 17% de sílica (quartzo cristalino), 9% de tixatrol ST (derivado de óleo de rícino), 4% de decametil ciclopentasiloxano, 1% de glicerina e 1% dióxido de titânio. Embora semelhante a Silly Putty comum, SCP-528 apresenta várias diferenças. SCP-528 provou ser totalmente resistente ao rasgo, embora seja possível fazer endentações e cortes aparentes. Quando transformado em uma bola e lançado, SCP-528 quica duas vezes mais do que o tipo normal.

A principal diferença, entretanto, é que SCP-528 é capaz de copiar qualquer imagem de um ser humano em que for pressionado, não importa se tinta estiver envolvida. SCP-528 pode reter uma imagem de papel, papel fotográfico e até mesmo de uma televisão ou tela de computador. Uma vez que uma imagem é colocada em SCP-528, as únicas maneiras de removê-la são amassando SCP-528 em uma bola ou aplicando álcool isopropílico.

Quaisquer ações feitas com SCP-528 afetam o indivíduo retratado também, normalmente resultando na morte do indivíduo retratado.

Teste 1
SCP-528 é aplicado a uma foto de D-528-1. Pressão é aplicada a SCP-528, fazendo com que o braço da imagem esticasse. D-528-1 gritou de dor, seu próprio braço esticando uma polegada por centímetro que a imagem era esticada. Raios-X detalhados revelam que os ossos e a carne de D-528-1 foram [DADOS EXPURGADOS]. Com aproximadamente cinco polegadas de alongamento de SCP-528, um espaço se formou na imagem. O braço de D-528-1 se soltou no mesmo lugar, sem sangue. Testes adicionais revelaram que embora D-528-1 ainda fosse afetado por SCP-528, seu braço não era mais.

Teste 2
SCP-528, ainda com a imagem de D-528-1, é mergulhado em álcool isopropílico, na tentativa de remover a imagem. Conforme o álcool é aplicado a partes da imagem, as partes análogas em D-528-1 desaparecem. Quando o torso é apagado, D-528-1 cessa as funções vitais. Neste ponto, SCP-528 deixa de se aplicar a D-528-1 e é limpo sem mais incidentes.

Teste 3
SCP-528 é aplicado à imagem de D-528-2. SCP-528 é então amassado em uma bola, a imagem de D-528-2 no interior. D-528-2 é condensado em uma bola também, no entanto, seus ossos não se quebram e a cobaia continua a gritar até sua cabeça rolar para dentro do abdômen. Neste ponto, acredita-se que a cobaia tenha sufocado, visto que SCP-528 deixa de se aplicar a D-528-2. Quando desenrolado de forma plana, a imagem de D-528-2 não é mais visível em SCP-528.

Teste 4
SCP-528 é aplicado à imagem de D-528-3. SCP-528 é então imerso em água fervente. D-528-3 começa a reclamar do calor. Após aproximadamente 5 minutos, a imagem de D-528-3 em SCP-528 começa a derreter. D-528-3 começa a gritar enquanto se derrete, carne e osso cedendo igualmente. O teste é concluído quando seu nariz derrete sobre a boca, bloqueando sua respiração e levando à sufocação.

Observação: Embora as roupas sejam duplicadas na transferência de tinta, elas não são afetadas por SCP-528 de forma alguma.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License