SCP-5471
avaliação: +1+x

ID DA BASE DE DADOS: SCP-5471

Classe da Anomalia: Seguro-supernus

Status de Contenção: Não Contido/Não Contivel

PROCEDIMENTOS DE CONTENÇÃO: SCP-5471 é de conhecimento público;1 devido à sua distância do espaço galáctico local e a natureza secundária de seus efeitos informativos, a Divisão de Atividades Extrasolares considera esforços de encobrimento desnecessários. Monitoramento dos grupos ortothan sob a Operação TETRAD UNLIGHT deve continuar com um foco adicional no comportamento em relação ao "Santo Sexto" da mitologia ortothan.

six1.png

Eles Imprimiram Nossa Luz, uma tentativa de reprodução de SCP-5471 pelo artista ortothan Onus SKY//QQQ-LAMPREY 7.

DESCRIÇÃO: SCP-5471 é uma região cognitivo-perigosa do espaço a 20 megaparsecs (Mpc) do Supervazio Local do Sul2 a 96 Mpc do Sol. As dimensões da anomalia — presumindo-se que ela corresponda a uma estrutura física ou metafísica — são desconhecidas.

Quando observado diretamente com equipamento astronômico apropriado,3 SCP-5471 implanta um pacote de dados na mente do observador. Este contém o seguinte:

  • Informações visuais de base sobre SCP-5471.
  • Uma mensagem de forma-pensamento concreta com evocação eidética.

Os visuais de base são mapeados para a anatomia da espécie do observador; em humanos, isso produz a imagem de uma mão de seis digitos, cortada no pulso com sangue fazendo uma trilha por uma extensão percebida de 47 Mpc. Imagens para outras espécies correspondem a seus respectivos apêndices e fluidos vitais, se aplicável.4

A mensagem forma-pensamento é mapeada para a linguagem primária do observador. Embora a mecânica exata por trás desse processo seja indeterminada, testes descobriram que a mensagem é legível e considerada "merecedora de lembrança" por todos os observadores, independentemente de sua capacidade de interpretar seu conteúdo.

Uma transcrição na língua inglesa está baixo:


ESTE É UM ASSASSINATO.

UM CADÁVER CERCA ESTE EDIFÍCIO.

A LUZ DO CADÁVER NUNCA CHEGARÁ A TI.
SOMENTE O BRILHO DO EDIFÍCIO IRÁ.

AQUI O PROTETOR MORREU EM DEFESA DOS MORTOS.
OS MORTOS LAMENTAVAM ENQUANTO ELES ERAM BANQUETEADOS PELAS BOCAS.
O PROTETOR PAROU O BANQUETE.
O PROTETOR FOI BANQUETEADO.

ISTO É UMA CONDENAÇÃO:
AS BOCAS SERÃO EVISCERADAS.

DESDE O NASCIMENTO DA EXISTÊNCIA O PROTETOR DURARA.
O MUNDO NATAL CHAMAVA PELA AJUDA DELA E APESAR DA HESITAÇÃO DELE5 ELE ASCENDEU
LUTANDO CONTRA AS BOCAS DURANTE O TEMPO QUE ELU VIVEU.
PESQUISANDO OS FUNCIONAMENTOS DA REALIDADE DE DENTRO PARA FORA.
SOLDANDO AS CORRENTES DE SEUS CIRCUITOS À NOSSA VANTAGEM.
ELE VENCEU DE NOVO E DE NOVO.
MAS A REALIDADE NUNCA ABENÇOOU A ELU POR ISSO.
NAS CICATRIZES DE SUA LUZ, EU PODIA VER QUE NUNCA HAVIA CALMA PARA ELA.

E QUANDO NÓS LUTÁVAMOS ENTRE NÓS MESMOS, ELU DEDICOU TUDO QUE PODERIA PARA EVITAR O PIOR.
MESMO QUANDO ELA SANGRARA.
MESMO QUANDO ELA SABIA QUE ÍAMOS CAIR.
MESMO QUANDO TINHA SOMENTE DOIS DE NÓS RESTANTES.

ISTO É UMA DEMANDA:
NÓS NÃO DEVEMOS PARAR DE LUTAR.
ELU NÃO FOI CONSUMIDO PARA SER ESQUECIDO.
ELU NÃO FOI CONSUMIDO PARA SER ABANDONADO.
NÓS PERSEVEREMOS.



MEMORIAL SEIS DE SETE.

NUNCA HAVERÁ UM QUARTO.




Com base nas reações dos adeptos da mitologia ortothan, isso se refere a Yorun-leusan, o sexto dos sete deuses encarregados de proteger a realidade de ameaças extrauniversais.6 Como Yorun-leusan supostamente morreu em 2000 Anno Terra,7 não está claro como a luz da anomalia chegou ao Sol tão cedo. Juntamente com o conteúdo da mensagem, os sujeitos afirmam ver faíscas de luz de dentro do Supervazio Local do Sul, bem como ouvir "dentes batendo contra metal" quando consideram isso. O Departamento de Astronomia detectou explosões massivas de raios gama de ultra-alta energia do Supervazio.

Atualmente, o criador da anomalia não é confirmado.


Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License