SCP-548
avaliação: +1+x
scp-548.jpg

SCP-548

Item nº: SCP-548

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-548 deve ser mantido a 24°C em um terrário de 50 cm x 50 cm. O gabinete deve ser composto de vidro de borossilicato modificado, com alta resistência a choque térmico ou de outros materiais não tornados frágeis por mudanças súbitas de temperatura superiores a 50°C. No evennto em que SCP-548 faça uma tentativa ativa de triturar as paredes do terrário, o invólucro deve ser inundado imediatamente com 500 ml de nitrogênio líquido, e o sujeito removido temporariamente para um terrário de aço reforçado. SCP-548 deve ser alimentado com ratos, um a cada quatro dias.

SCP-548 não deve ser manuseado, exceto conforme necessário para o teste. Os manipuladores devem estar pelo menos vagamente familiarizados com o comportamento de tarântulas e usar luvas fortemente isoladas. Caso o sujeito exiba qualquer comportamento agressivo, deixe de manipular prontamente. Se mordido, funcionários devem ser tratados imediatamente de hipotermia e congelamento. Aquecimento intratorácico ativo com fluídos aquecidos é indicado para picadas severas.

Descrição: SCP-548 é uma tarântula feminina de cobalto (Cyriopagopus lividus), com 7,3 cm de comprimento. O seu veneno sofre uma reação altamente endotérmica ao contato com o tecido vivo; uma simples picada, injetando menos de 0,5 mL de veneno, causa uma queda média de temperatura de 38 ° C na área afetada. Uma picada é suficiente para causar ulceração por congelamento localizado em um ser humano, e pode ser letal se o veneno atingir o sistema circulatório central. Vítimas menores que SCP-548 são frequentemente congeladas sólidas.

As estruturas de alimentação de SCP-548 são normais para uma aranha de sua espécie, exceto pelas maxilas, que são extremamente duras e serrilhadas. Ele se alimenta aplicando uma mordida venenosa, e então arrastando sua presa para um lugar seguro enquanto esfria. Enquanto está isolado, SCP-548 procede a moer o tecido ainda congelado da presa em fragmentos comestíveis. Este estilo de alimentação exige força bucal incomum.

Adendo: SCP-548, como a maioria das espécies de Cyriopagopus, geralmente evita o contato com seres humanos. Se encurralado, no entanto, se torna rapidamente agressivo, tentando morder seu adversário antes que ele fuja.

O objeto pode ser congelado sólido sem efeitos aparentes. Ele sobreviveu a congelamentos repetidos, retomando a cada vez o comportamento normal após o descongelamento. Pesquisas adicionais são necessárias para verificar o mecanismo dessa resistência e determinar sua adequação para armazenamento a longo prazo

Adendo 2: É possível que o mesmo efeito anômalo historicamente responsável por SCP-2082 esteja agora afetando SCP-548. Pesquisas sobre esta ligação tão atualmente em andamento usando amostras de tecido de SCP-2082, preservados após o Incidente 2082-Prime. Propostas para retomar o programa de clonagem de SCP-2082 para o uso de um espécime vivo foram negadas.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License