SCP-553
avaliação: 0+x
553-1.jpg

SCP-553 alimentando-se de uma estalagmite

553-2.jpg

SCP-553 em transição para o estágio adulto

Item nº: SCP-553

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: A colonia primária de SCP-553 deve ser mantido no sistema de cavernas aonde SCP-553 foi descoberto, localizado em █████ ████████, China. A coordenação com o Ministério de Segurança do Estado da China resultou na área declarada de testes de munições e fora dos limites para pessoal não-militar. Os agentes da Fundação encorajaram ainda mais o folclore local, o que indica que o sistema de cavernas é habitado por demônios, a fim de desencorajar a exploração casual. Uma força de segurança Chinesa/da Fundação está estacionada no local e monitorará o status da colônia de SCP-553.

125 instâncias de SCP-553 foram transportadas para a Área-37 para observação e experimentação. Eles são mantidos em uma sala com paredes de aço de 8 m por 17 m por 5 m, cujo interior replica as condições em seu sistema de cavernas de origem. A flora e a fauna das cavernas nativas devem ser mantidas em quantidades suficientes para fornecer as necessidades nutricionais adequadas de SCP-553. Múltiplas câmeras de infravermelho e visão noturna foram instaladas para fornecer cobertura total do interior, bem como inúmeros sensores acústicos passivos.

Todo o pessoal que entrar na câmara deve usar somente o caminho designado e estar usando proteção total do corpo conforme citado no Documento 553-0-942-Alpha. Efetivamente em 06/01/20██, uma câmara de descontaminação foi instalada e todas as salas e corredores adjacentes à câmara de SCP-553 devem ser equipados com lâmpadas UV de alta resistência, bem como um nível de umidade de 50% ou menos. Os desumidificadores industriais devem estar disponíveis no caso de violação de contenção.

Descrição: SCP-553 é uma colônia de aproximadamente 140,000 organismos com asas que se assemelham superficialmente a borboletas. Eles possuem uma bioquímica baseada em silício e são compostos principalmente dos compostos de cálcio e silicato. O corpo de um membro da espécie é principalmente calcita, com alguns dos órgãos internos compostos de um material semelhante ao quartzo com propriedades piezelétricas. Esta impureza de silicato adiciona rigidez à criatura, dando-lhe uma classificação de 3,5 a 4,5 na Escala de Dureza de Mohs. Embora continuem a crescer ao longo de sua vida útil observada, a taxa de crescimento diminui consideravelmente depois de entrarem no estágio adulto. A envergadura média observada de um adulto é de 2,3 cm.

O ciclo de vida é notável na medida em que parece mais relacionado ao crescimento de cristais do que o crescimento biológico padrão. A criatura começa como uma semente de cristal, em vez de um ovo. As instancias adultas de SCP-553 depositam-nos em estalactites e "eclodem" aproximadamente 12 dias depois. O estágio larval aparece como antodites e filtra os minerais da estalactite usando um ácido fraco. Eles se movem de forma extremamente lenta (aproximadamente 5 cm por dia) e deixam rastros distintos atrás deles à medida que progridem. Esses rastros podem ser usados para discriminar entre antodites genuínos e SCP-553. O estágio larval dura por aproximadamente 70 dias, quando fica estacionário e começa a crescer suas asas.1Durante a transição do estágio larval para o estágio adulto, as asas de uma instância de SCP-553 crescem rapidamente, tornando-se completamente formadas em menos de 9 horas, momento em que o adulto se separará da estalactite. Através de um processo desconhecido, SCP-553 mantém uma população relativamente estável, com ovos sendo colocados apenas quando um adulto morre. A população transplantada para contenção se estabilizou em 137 +/- 2.

Os membros de SCP-553 baseiam-se principalmente em uma forma de ecolocalização para detectar sua área circundante. Eles fazem isso criando uma variedade de tons ultra-altos através de ruídos e do agrupamento das pernas, e parecem usar suas asas como uma matriz móvel para detectar o som refletido. Além disso, eles parecem ter uma variedade de quimiossensores em suas pernas, permitindo-lhes determinar a composição mineral das superfícies em que pousam. Instancias adultas de SCP-553 alimentam-se principalmente por fungos e líquenes das cavernas e, em menor extensão, pela filtração de minerais das estalagmites2 usando um ácido similar usado pelo estágio larval.

Quando qualquer instância adulta de SCP-553 sofre danos significativos, produz uma frequência de sonar única que alerta todos os outros SCP-553 adultos próximos para a presença de perigo. Os adultos irão enxamear a fonte de perigo e atacá-lo, tentando cortá-lo com suas asas. As asas dos membros SCP-553 têm uma espessura média de 5 mm onde se ligam ao corpo e se anexam rapidamente para qualquer espessura média de 0,05 mm com bordas cortantes e biseladas. Em testes com SCP-553, lacerações individuais de até 1 cm foram medidas. No entanto, lacerações mais profundas geralmente resultam em alguma parte da estrutura da asa de SCP-553 quebrando na ferida infligida. Esses fragmentos tipicamente continuam a fraturar na ferida devido a estresses mecânicos. O fluido circulatório de SCP-553 reage com a maioria dos tecidos à base de carbono de forma necrosante, resultando em infecções pós-traumáticas significativas.

Incidente 553-04-Gamma: Em 05/21/20██, 21 instâncias de SCP-553 conseguiram escapar de sua câmara de contenção devido a uma porta de acesso selada imprópria, que foi incapaz de conter as instancias de SCP-553. As instâncias resistiram a tentativas de contenção através de ataques e foram retaliadas. SCP-553 exibia um alto grau de reconhecimento das padrões e análise de alvos e focava rapidamente em seus ataques nas partes que tinham mais carne e expostas do pessoal de contenção, particularmente na garganta e no rosto. Foram ocorridas 9 fatalidades imediatas, em média, 10 ferimentos maiores que 1 cm. Atualmente, é hipotetizado de que estas feridas foram causadas por múltiplos danos causados no mesmo local da ferida. As infecções secundárias necróticas causadas por SCP-553 resultaram em mais 8 mortes. 12 instâncias foram recapturadas com sucesso e retornaram à contenção e as instâncias mortas restantes foram retidas para autópsia, análise estrutural e análise química de seu fluido circulatório.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License