SCP-5610
avaliação: +1+x
neko.jpg
Uma pintura do século 20 com foco em SCP-5610.

Item n°: SCP-5610

Classe de Contenção: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: Os eventos SCP-5610 devem ser monitorados.

Enquanto isso, um estudo de todas as culturas com um foco particular nas fachadas1 deve ser iniciado para quaisquer relações com SCP-5610. Todos os documentos históricos relacionados a felinos devem ser investigados.

Descrição: SCP-5610 é uma entidade anômala de apenas observarção por indivíduos com um valor de resistência cognitiva de 5,6 a acima. Aproximadamente 56% da população do Japão é afetada por SCP-5610 descansando no topo de sua cabeça. No entanto, nenhum desconforto é sentido pelo sujeito em que essas instâncias repousam.

À medida que o comportamento de um sujeito em público se torna mais congruente com seu comportamento em particular, a instância de SCP-5610 se torna cada vez mais detalhada. Isso continuaria até produzir um de dois resultados: ou a instância desaparecera ou, em aproximadamente 6% de todos os casos, ela se transforma em um gato não anômalo ( Felis catus ) e pulara na cabeça do sujeito.

SCP-5610 é destaque nos haicais; autores vivos, quando questionados, lembram-se disso. Os notáveis ​​textos traduzidos abaixo.

É a humanidade
colocar um gato na cabeça2
para amar e odiar espadas
- Oda Nobunaga, 1580

Quando uma criança amamenta,
o gato dentro dela também,
parceiro em caminhos difíceis.
- Basho, 1672

Não somos todos gatos
em cabeças de ratos fracos e tagarelas
ou tigres endurecidos?
- Emiri Takagata, 1923

Para a cama do quartel,
um gato velho pula da minha cabeça
miando de pena.
- Jou Takamiki, 1944

Entediado, Oneko3 suspira,
dizendo-me para chorar por ele,
no entanto, limpo a face de lágrimas.
- Deo Takamiki, 1944

Batendo na parede fraca,
da minha coroa podre, embora brilhante,
um gato desliza através.
- Aiko Torikatsu, 1976

O gato saiu ativo.
meus pensamentos, como folhas em um lago
flutuam em uníssono, como isso é possível?
- Moeka Horinami, 1980

Reflexos meus,
um gato arranha do topo,
eu sorrio tristemente agora.
- Haruki Murakami, 1998

Atualização: Diversos registros históricos localizados no Egito, datando de 3500 aC, foram anotados por indicar possíveis manifestações de SCP-5610.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License