SCP-565
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-565

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-565 é mantido em um tanque de contenção de objetos aquáticos tipo três no nível 4B do Sítio-77. SCP-565 é alimentado diariamente, e testado semanalmente quanto ao desenvolvimento ou degradação da capacidade mental. Funcionários que desejarem podem ver SCP-565 durante seus horários de alimentação programados, mediante consulta com Doutor Schaeffer.

Descrição: SCP-565 é uma cabeça humana ambulante, aparentemente masculina, que parece imitar os padrões de comportamento de Carpilius convexus, uma espécie de caranguejo coral. Seu principal método de deambulação é a manipulação de tentáculos de matéria cerebral solta que emanam de um grande ferimento na parte de trás do crânio .Esses tentáculos são frequentemente utilizados como 'pernas', permitindo que SCP-565 se mova rapidamente ao longo do fundo do mar como um caranguejo, mas ocasionalmente são operados para movimento e manipulação de maneira semelhante aos tentáculos de um polvo ou água-viva.

Até o momento, pesquisas da Fundação se mostraram inconclusivas sobre como e por que SCP-565 permanece animado, ou como o mesmo é capaz de manipular tecido neural de uma maneira sugestiva de musculatura. Testes estão em andamento, mas [DADOS EXPURGADOS] pesquisadores que desejam contribuir com trabalho ou teoria para a investigação de SCP-565 devem entrar em contato com o Doutor Schaeffer através dos canais habituais para uma entrevista de nomeação e transferência.

SCP-565 foi capturado por uma traineira de pesca chamada de "Filho do Sábado" na costa de [REDIGIDO]trevistou Capitão ██████ e foi informado de que SCP-565 havia sido avistado várias vezes por pescadores locais e, aparentemente, vivia como parte de uma colônia de caranguejos nos recifes da área. Gravações de vídeo feitas por um desses pescadores mostram SCP-565 se alimentando de um peixe-palhaço morto. (consulte o documento 565-a em anexo para obter mais [REDIGIDO]

SCP-565 não é imune aos efeitos prejudiciais da exposição a um ambiente aquoso e continua a se deteriorar como é normal para tecido morto. Estima-se que o apodrecimento de SCP-565 terá avançado o suficiente para neutralizá-lo dentro de [REDIGIDO]

Adendo 565-1 Testes forenses ligaram SCP-565 conclusivamente ao DNA e registros dentários de Edward Belltram, falecido em 28/12/████, aproximadamente dois anos antes do primeiro avistamento conhecido de SCP-565. Belltram foi assassinado por sua esposa Rebbecca por envenenamento por estricnina e trauma contundente na parte de trás da cabeça, com a descrição do ferimento do assassinato correspondente ao ferimento através do qual a matéria craniana exposta de SCP-565 se projeta. Doutor Schaeffer propôs que o corpo de Belltram fosse exumado para análise.

Adendo 565-2 Edward Belltram foi exumado por pesquisadores da Fundação em 09/██/████. O cadáver tinha sido decapitado, com ferimentos sugerindo que a cabeça foi arrancada dos ombros com extrema força, em vez de cortada. Fotografias tiradas por familiares enlutados no funeral de Belltram mostram que a cabeça do cadáver ainda estava presa no momento do sepultamento, e o local do túmulo não mostrava nenhuma evidência de ter sido mexido. O cadáver de Belltram foi retido para estudo e seu túmulo restaurado com um substituto de acordo com os protocolos CAIXÃO VAZIO padrão da Fundação.

Adendo 565-3 [DADOS EXPURGADOS] força-Tarefa Psi-8 posicionada no sítio relatou nenhuma atividade.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License