SCP-569-JP
avaliação: 0+x
569.jpg

SCP-569-JP em estado inativo

Item nº: SCP-569-JP

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-569-JP deve ser mantido em um armazenamento de contenção padrão na Área-8181, após ter o seu kompeitō removido de dentro. Os experimentos com SCP-569-JP deverão ser autorizados por pelo menos 2 ou mais funcionários com credenciais de segurança de Nível 3 ou superior.

Descrição: SCP-569-JP é um objeto que se assemelha a uma lâmpada. Ao contrário da lâmpada normal, no entanto, SCP-569-JP tem uma tampa de vidro destacável e um interruptor extra, e não possui filamento. SCP-569-JP consiste em vidro e metal em geral.

A propriedade anômala de SCP-569-JP se manifesta quando SCP-569-JP é preenchido por kompeitō e seu interruptor for pressionado. Quando ligado, o kompeitō dentro de SCP-569-JP começará a emitir luz. As cores da luz variam dependendo do kompeitō que estão prechendo SCP-569-JP, e aqueles kompeitōs são consumidos junto com as horas de uso; É de notar que o kompeitō dentro de SCP-569-JP não derrete pelo calor elétrico, mesmo se SCP-569-JP estiver conectado à base. Caso o kompeitō dentro de SCP-569-JP esteja esgotado, o usuário pode reabastecer e continuar usando-o. Enquanto SCP-569-JP faz basicamente todos os kompeitōs emitirem luz independentemente do fabricante, está determinado que a quantidade de luz emitida pelo kompeitō é proporcional à sua qualidade. Como SCP-569-JP faz o kompeitō se tornar luminescente ainda é desconhecido. Se SCP-569-JP for completamente preenchido, poderá emitir continuamente a luz por aproximadamente 120 horas. O kompeitō que foi usado como fonte de luz pode ser consumido sem qualquer problema.

A luz emitida por SCP-569-JP afetará o estado mental do indivíduo exposto. Os efeitos variam de acordo com a cor do kompeitō dentro de SCP-569-JP; cores quentes tendem a tornar o individuo mais agressivo, e cores frias causam um aparente sentido pessimista. O efeito de SCP-569-JP dura mais tempo proporcionalmente ao tempo de exposição, mas pode ser aliviado até certo ponto por tratamentos mentais como um aconselhamento.

Registro de Experimento 569-JP-A
Individuo: SCP-569-JP
Método: SCP-569-JP foi ligado enquanto estava sendo preenchido com kompeitō vermelho.
Resultado: Quando foi ligado, SCP-569-JP começou a emitir uma luz vermelha.
Análise As cores da luz e SCP-569-JP dependem do kompeitō interno.

Registro de Experimento 569-JP-B
Individuo: SCP-569-JP
Método: SCP-569-JP foi repetidamente ligado ao ser preenchido com vários confeitos de açúcar.
Resultado: Quando foi ligado, em todos os casos, SCP-569-JP não funcionava.
Análise: SCP-569-JP não pode funcionar com confeitarias, exceto com o kompeitō.

Registro de Experimento 569-JP-C
Indivíduo: SCP-569-JP
Método: SCP-569-JP foi ligado enquanto estava preenchido com kompeitō vermelho e azul.
Resultado: Quando foi ligado, SCP-569-JP começou a emitir uma luz de cor roxa.
Análise: As cores da luz de SCP-569-JP podem ser misturadas usando múltiplos kompeitōs de cores diferentes.

Registro de Experimento 569-JP-D
Individuo: D-4772
Método: SCP-569-JP foi ligado enquanto estava sendo preenchido com kompeitō branco; o individuo foi exposto continuamente à luz de SCP-569-JP por 30 minutos.
Resultado: A cerca de 5 minutos após o início do experimento, D-4772 adormeceu abruptamente enquanto sorria. O indivíduo acordou ao mesmo tempo que SCP-569-JP foi desligado. Após o experimento, o D-4772 afirmou que "Ele de repente se sentiu feliz e ficou com sono".
Análise: A luz branca parece induzir um efeito de relaxamento.

Registro de Experimento 569-JP-E
Indivíduo: D-4669
Método: SCP-569-JP foi ligado enquanto estava sendo preenchido com kompeitō vermelho; o indivíduo foi exposto continuamente à luz de SCP-569-JP por 30 minutos.
Resultado: A cerca de 5 minutos após o início do experimento, D-4669 começou a solicitar para os supervisores que "o-deixasse sair" de maneira ameaçadora. 10 minutos depois, D-4669 de repente caiu no chão e morreu; a causa da morte foi concluída como sendo uma hemorragia cerebral.
Análise: A luz vermelha parece induzir o estado de extrema excitação.

Registro de Experimento 569-JP-F
Indivíduo: D-3845
Método: SCP-569-JP foi ligado enquanto estava sendo preenchido com kompeitō azul; o indivíduo foi exposto continuamente à luz de SCP-569-JP por 30 minutos.
Resultado: A cerca de 5 minutos após o início do experimento, D-3845 começou a soluçar e chorar incontrolavelmente. Após 7 minutos, D-3845 tentou se matar com várias mordidas na sua língua. O experimento foi interrompido; D-3845 conseguiu sobreviver por um tratamento rápido. D-3845 recuperou-se e voltou a ser capaz de falar durante algumas semanas, alegando que "Ele se desesperou em tudo e que ele queria morrer".
Análise: A luz azul parece induzir um pensamento pessimista, mas isso ainda pode ser curado.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License