SCP-5865


avaliação: +2+x

Item nº: SCP-5865

Classe do Objeto: Thaumiel

Procedimentos Especiais de Contenção: Como consta no Acordo Ponto de Encontro, contenção de SCP-5865-A é limitada a diplomacia padrão do Departamento Multi-Universal. Somente funcionários diplomatas inter-universais são permitidos a entrar em SCP-5865 por qualquer razão que não seja a aquisição de funcionários Classe-D. Em nenhuma circunstância, funcionários da Fundação devem tentar fazer qualquer alteração na estrutura organizacional de 5865-Terra. Qualquer posse de um funcionário da Fundação por SCP-5865-A é considerada uma violação do Acordo Ponto de Encontro, resultando em sua terminação imediata.

Detalhes do Protocolo de Aquisição estão disponíveis para funcionários designados no Documento Suplementar 5865-A.

Descrição: SCP-5865 é a designação para o Universo D-4594, a fonte de quase todos os funcionários Classe-D usados para testes padrão da Fundação. Descoberto inicialmente em 1943, o propósito atual de SCP-5865 foi implementado por uma ordem do Conselho O5 em 1945. Antes dessa data, a Fundação utilizava prisioneiros condenados para propósitos de teste; essa prática foi descontinuada devido as diversas quebras de segurança e por ser impraticável a testagem usando prisioneiros em uma sociedade industrializada. Uma solução extra-universal foi elaborada pelo Departamento Multi-Universal após o contato com SCP-5865.

SCP-5865 contém uma Terra alternativa que era idêntica à realidade-base até Outubro de 1934, quando SCP-5865-A chegou e ocupou a raça humana. SCP-5865-A são entidades incorpóreas anômalas que tem a habilidade de invadir e controlar a mente de qualquer hospedeiro sapiente.1 SCP-5865-A pode então escolher o nível de controle que deseja ter sobre suas vítimas, podendo incluir a “reescrita” de suas personalidades e memórias a vontade. Essa habilidade foi usada para suprir a Fundação do universo-base com um fluxo constante de funcionários Classe-D a mais de 70 anos; no presente, 95% dos funcionários Classe-D se originam de SCP-5865.

Por razões desconhecidas, SCP-5865-A afirma ser incapaz de viajar entre universos e irá deixar de controlar qualquer vítima quando transferida para a Fundação. Qualquer mudança cognitiva feita por SCP-5865-A é irreversível por todos os tratamentos amnésicos conhecidos.

Regiões Administrativas de SCP-5865-Terra:

Após sua chegada e tomada de 5865-Terra, que foi realizada em menos de 12 horas, SCP-5865-A dissolveu os países existentes anteriormente e dividiu o planeta em três regiões administrativas. Essas regiões foram nomeadas pela Fundação segundo suas funções; suas verdadeiras designações na linguagem original de SCP-5865-A é desconhecida, assim como a própria linguagem.

Região Experimental (Américas, Islândia e Groenlândia): Usada por SCP-5865-A para fazer experimentos e simulações em humanos. Eles variam de simples (sociedades baseadas inteiramente em famílias matriarcais) a extremamente danosos (grupos de humanos sendo alimentados com comida não-padrão em longos períodos para estudar suas reações fisiológicas). Apesar dos maus tratos infligidos, habitantes dessa Região tem uma qualidade de vida muito maior do que os habitantes de outras Regiões. Praticamente todos os Classe-D obtidos pelo Protocolo de Aquisições são da Região Experimental.

Região do Trabalho (Europa e África): Usada por SCP-5865-A para aproveitar os recursos naturais da Terra. Humanos dessa região tem acomodações mínimas e podem descansar por pouco tempo. A Fundação estima que a taxa de mortalidade da Região de Trabalho está acima de 70%.

Região da Colheita (Restante da Terra): Informações sobre essa região são restritas ao Conselho O5 e o líder do projeto de SCP-5865 atual.

Adendo: Revisão do Comitê de Ética: Em 1973, o Comitê de Ética da Fundação reviu os procedimentos de contenção para SCP-5865 e o Acordo Ponto de Encontro feito com SCP-5865-A. O Comitê concordou que a aquisição de funcionários Classe-D via SCP-5865 é aceitável e poderia continuar indefinidamente, pelas razões a seguir:

  • A Fundação não tem a tecnologia ou recursos para empregar uma invasão bem sucedida e a liberação de 5865-Terra, e qualquer tentativa iria somente trazer danos a Fundação sem ajudar em nada as vítimas de SCP-5865-A.
  • É possível que SCP-5865-A esteja mentindo sobre sua incapacidade em poder viajar entre universos, e tentativas de remoção do mesmo de 5865-Terra provavelmente iria provocar a invasão de SCP-5865-A na realidade-base se esse fosse o caso.
  • Sujeitos de teste Classe-D tem condições de vida melhores do que os residentes da Região Experimental.
  • Não há uma maneira prática de adquirir a quantidade necessária de funcionários Classe-D de uma forma mais ética que o método atual.

Uma segunda Revisão do Comitê de Ética foi conduzida após uma revisão do Acordo Ponto de Encontro em 1987 que requeria que todos os funcionários Classe-D sobreviventes deveriam ser terminados mensalmente devido ao alto número de residentes da Região Experimental importados de 5865-Terra. Essa revisão chegou a mesma conclusão que a primeira, com o Comitê de Ética votando para endossar o uso contínuo do Protocolo de Aquisição.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License