SCP-5990
avaliação: +3+x
ITEM Nº: SCP-5990 NÍVEL 4/5990
CLASSE DO OBJETO: KETER SECRETO

Procedimentos Especiais de Contenção: A conteção de SCP-5990 envolve assegurar a localização de um evento SCP-5990 assim que for relatado e dar assistência na limpeza de quaisquer danos, normativos ou anômalos.

Atualmente não há meios conhecidos de assegurar a contenção física de SCP-5990 sem o uso de tratamento global de amnésticos ou reengenharia memética. Em vez disso, os esforços são direcionados para melhorar os parâmetros ambientais, ecológicos, sociais e econômicos por qualquer meio disponível para a Fundação.


Descrição: SCP-5990 é uma ocorrência em que mentes humanas (consciência e subconsciência) e suas moradias físicas correspondentes (o cérebro) passam por uma rápida expansão anômala.

SCP-5990 ocorre quando gatilhos1 como o estresse atingem uma massa emocional crítica dentro da mente de um indivíduo. Isso pode levar a uma intensa precipitação mental que geralmente causa enxaqueca na pessoa afetada. Em casos extremos isso pode levar a aneurismo cerebral, o inchaço rápido do tecido nervoso até dez vezes o tamanho base e surtos psíquicos em cascata, entre outros efeitos não-contabilizados para anomalias. SCP-5990 é extremamente raro, atualmente afetando ~7,100 pessoas por ano,2 com um em cada 500 incidentes sendo fatalidades.


Materiais Adicionais



A seguir, é apresentada uma lista resumida dos principais eventos SCP-5990 em ordem cronológica.

História

No esboço de 1976 do MDE-III,3 a Associação Americana de Psiquiatria declarou "rápida expansão do subconsciente" um fenômeno psicológico raro. A Organização Mundial da ParaSaúde (OMP) realiza uma investigação intensiva sobre o fenômeno e observa crises mentais significativas em testes clínicos ao longo de quatro anos.

Em 1980, eles concluem que o fenômeno é provavelmente anômalo, com uma probabilidade variável de danificar o espaço psíquico compartilhado após cada ocorrência.

O que seguiu foi uma série de pagamentos médicos corporativos; expurgamento em massa, revisão e destruição de pesquisa e dados clínicos relacionados ao fenômeno; e tratamento amnéstico de profissionais médicos que sabiam do fenômeno. Esses fatores levaram ao acobertamento em massa desse fenômeno das ciências convencionais, incluindo sua remoção do MDE.

Q3, 2008

Em meio à Recessão de 2008, o mercado paranormal dos Estados Unidos toma um golpe considerável. A Coalizão Oculta Global corta o financiamento de várias organizações, incluindo da OMP. Um número recorde de pessoas na comunidade paranormal acabam sofrendo do fenômeno devido a estresse.

7 de Março 2009

A OMP vaza vários documentos não censurados para a Fundação em segredo. Após verificar a fonte, a Fundação designa o fenômeno como ‘SCP-5990.’

Todos os incidentes futuros de SCP-5990 dentro do alcance do Departamento Médico da Fundação são acobertados como sendo doenças mentais não anômalas causando uma variedade de síntomas.

1 de Janeiro 2010

Fabian Keanes (PdI-5990-00), morador de Portland, um aderente do GdI-004-C "A Igreja do Maxwellismo", celebra o Ano novo sob a influência de uma droga Maxwellista do mercado negro. A droga — conhecida pelo seu nome de rua "overcloxina" — estimula aumentos cranianos para melhorar temporariamente o desempenho mental e o tempo de reação e criar euforia. A droga tem efeitos colaterais que podem causar superaquecimento no corpo e no cérebro e, em sua recuperação, suprime a velocidade de processamento do cérebro.

Keanes tem uma overdose de overcloxina, fazendo seu cérebro sofrer de SCP-5990, que causa curto-circuito em suas melhorias. Impulsos elétricos arqueiam de seu cerebelo e destroem o edifício ao seu redor, ferindo 12 pessoas no complexo e colocando fogo em seu crânio. Keanes é declarado clinicamente morto às 01:47 AM PST.

Keanes é a primeira pessoa sob alcance da Fundação a sofrer de SCP-5990. O fenômeno continua em pessoas individuais a uma taxa similar conforme o observado pela OMP.

12 de Abril 2013

A máscara se quebra. A Coalizão Oculta Global e a Fundação SCP são revelados ao público, dentre outras agências de preservação da normalidade.

23 de Outubro 2013

O Departamento de Relações Públicas da Fundação experimenta alta pressão no nível administrativo devido à publicidade extremamente negativa nos últimos seis meses.

A Co-Diretora de Relações Públicas, Tatianna Embla, se barrica em seu escritório no Sítio-89 e tenta cometer suicídio por enforcamento. Embla sofre de SCP-5990 antes de sua morte. Devido a sua exposição desprotegida a entidades onticinéticas ao longo de dez anos em sua carreira, Embla desenvolve uma emergência rara e espontânea de capacidades Classe-IV de Manipulação da Realidade trazidas por trauma. Múltiplas perturbações ontocinéticas atingem o sítio.

  • A diretora do sítio, Cristian Darshan (ex-superiora de Embla, contra quem ela apresentou vários relatórios não divulgados no local de trabalho) perde todo o controle da bexiga. A porta de seus aposentos particulares desaparece simultaneamente, transformando-se em uma parede sólida. Várias centenas de litros de urina inundam a sala. A segurança do local a recupera nove horas depois, em roupas sujas.
  • Toda a equipe de 90 funcionários da Embla descobre um ano inteiro de ganhos adicionais em suas contas bancárias, além de um único Hershey's Kiss em cada mesa do Escritório de Relações Públicas. O Departamento de Economia da Fundação permite que eles mantenham toda a renda adicional.
  • O cérebro de Embla infla em volume em 5000% e explode com ~20 MJ de energia, causando danos estruturais significativos.
16 de Abril 2014

Um jornalista independente divulga à CNN uma denúncia anônima sobre a corrupção de autoridades russas na cidade de Kursk. O relatório acusa até 160 membros da Polícia Militar de participar de banquetes semanais privados que foram financiados, em um grau considerável, por dinheiro lavado destinado à construção de um hospital infantil. Esses banquetes envolviam procedimentos psíquicos ritualísticos para um propósito ainda desconhecido.

No último banquete, nove oficiais — seis homens e três mulheres — foram relatados tendo engajado em um ritual sexual baseado em mente grupal intensivo e sofreram de SCP-5990 no orgasmo coletivo. Todos os nove oficiais então desapareceram. Oficiais posteriormente relataram um cheiro de enxofre, marcas de queimaduras nas paredes e no teto e risadas guturais profundas e sem corpo. A localização atual deles é desconhecida.

10 de Maio 2015

SCP-5990 tende a aumentar de frequência após a expansão do mercado consumidor de “Paisagismo Mental” no mundo pós-máscara. Paisagismo Mental é uma indústria emergente da Nova Era que envolve mecanismos psico-espirituais-oníricos que podem criar um espaço imaginado compartilhado, conhecido como "Paisagem Mental". As paisagens mentais são comunas de massa interconectadas que podem ser habitadas em um nível mental, diferindo dos coletivos oníricos, pois podem ser acessadas tanto enquanto acordado quanto enquanto no sono.

Uma paisagem mental pode habitar um espaço tão pequeno quanto um único cérebro humano, que pode sofrer uma explosão única de SCP-5990, alimentada por centenas de conexões psíquicas externas.

O surgimento do Paisagismo Mental, juntamente com o aumento da agitação social em comunidades não-anômalas de baixa renda, leva a um aumento dramático de casos de SCP-5990, de forma que ele se repete nas comunidades globais nos próximos cinco anos.

9 de Março 2020

Às 0600 horas, o Conselho O5 inicia uma reunião de emergência no Sítio-01. Abaixo segue-se a transcrição da reunião. O5-6 é gravado se comunicando com uma entidade ou pessoa desconhecida por telefone móvel.

[COMEÇAR REGISTRO]


O5-6: Tudo isso? Bem, porra.

[Pausa.]

O5-6: Eu te entendo. Eu só não entendo o porque deles não conseguirem calar a boca às vezes, sabe? Apenas, apenas não tem necessidade disso acontecer. Após jogar a culpa nele o tempo todo, ela perdeu a cabeça e se jogou nele e bateu nele, ele então se levantou e só saiu andando. E nós sequer finalizamos a reunião ou algo assim. Todo mundo simplesmente saiu. Um bando de crianças eles são, mas o que eu posso fazer, entende?

[Pause.]

O5-6: Não, eu não vou. E sabe o que mais? Ela sempre faz isso, não é? Um dia a cabeçona dela vai inchar e estourar e então o que.

[Pausa.]

O5-6: Nós deveríamos — o que? Tacar ela em uma cabana?4 [Ele ri.] Sim, isso faria o trabalho. Realmente faria o trabalho. Só não olhe para ela nos olhos ou você vai virar pedra.

[Pausa. O5-6 suspira.]

O5-6: Eu apenas queria que todo mundo, toda a raça humana, apenas se acalma-se por um minuto, talvez olhar ao redor e ver o que eles tem sob a pele. O que fez eles se sentirem tão feios por dentro. O que fez eles seguirem em frente de novo e de novo em suas cabeças doloridas. E olharem para a imagem como um todo. Talvez assim nós não veríamos todo mundo explodindo suas cabeças ou desejando que as cabeças dos vizinhos explodissem.

[Pausa Longa.]

O5-6: Ou, ou foda-se tudo. Talvez nós não precisemos delas. Talvez nós não precisemos delas nos segurando. Se nós tivéssemos a porra de uma revolução humana e colocássemos nossas cabeças nas núvens-

[Pausa Abrupta.]

O5-6: Nós sairíamos voando.


[FIM DO REGISTRO]

Após isso, O5-6 coloca uma mão em seu paletó e puxa um cigarro e o acende. Minutos depois sua cabeça aumenta de tamanho por um fator de cinco, se solta de seu corpo, e flutua.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License