SCP-662
avaliação: +1+x

Item nº: SCP-662

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-662 deve ser mantido em uma caixa forrada de veludo vermelho e armazenado no Armazenamento de Alto Valor 23C, localizado em ███████ quando não estiver sendo utilizado para testes ou outras atividades apropriadas. O item em si é seguro de manusear e não apresenta ameaças de quaisquer tipos, embora os efeitos gerados possam ser considerados altamente valiosos e variavelmente poderosos, dependendo de como SCP-662 é usado.

Descrição: SCP-662 é um pequeno sino de mão prateado, com dimensões de 4 cm em altura e 2 cm em circunferência. A peça necessária para o uso convencional de SCP-662 está ausente. Dentro do interior do sino, uma inscrição foi encontrada, lendo: “Sempre Meu – S.J.W.” O sino é suscetível a danos; no entanto, dada a sua natureza segura, a destruição foi considerada desnecessária. Como o objeto mostrou ser fabricado de uma prata muito dura, polimento regular será requirido para permanecer o objeto sem manchas.

Quando o sino é sacudido como se estivesse funcionando regularmente, um som pode ser ouvido (embora isso não venha do sino). Um mordomo caucasiano e bem vestido de herança britânica autoproclamada, chamando a si mesmo de Sr. Deeds, aparecerá na área mais próxima do individuo que utilizou SCP-662, não dentro da linha de visão, geralmente por uma entrada próxima. Sr. Deeds abordará o sino pelo título e sobrenome apropriado e perguntará o que deseja. Seu conhecimento dos últimos nomes e títulos dos indivíduos é um mistério, como ele próprio pretende. Por favor, veja o registro de entrevista 662-L1 para mais detalhes.

Os pedidos mais razoáveis dados ao Sr. Deeds resultarão em satisfação. No entanto, existem limites para o que ele pode fazer. Ele é incapaz de produzir itens muito complexos, como carros esportivos, casas de luxo ou jatos pessoais. Se lhe for permitido deixar a linha de visão e retornar ao local, ele poderá produzir itens menores e menos complexos, como um sanduíche de presunto, um copo de chá gelado ou itens ainda mais luxuosos, como caviar ou uma barra de ouro. Uma lista de itens notáveis que o mordomo até agora foi capaz de fornecer àqueles que tocam o sino pode ser encontrada no adendo 662-A1.

Sr. Deeds também executará tarefas domésticas, como lavar veículos, preparar comida e limpar banheiros. Se um pedido for considerado não razoável ou impossível pelo mordomo, ele gentilmente informará ao pedido assim e oferecerá uma alternativa, caso seja possível.

O mordomo não é imune a ações mal-intencionadas contra ele enquanto está à vista. Ele foi morto e/ou ferido em vários testes e permanecerá morto e/ou ferido até que esteja fora de vista. Ao retornar com um toque do sino, todas as lesões anteriores terão desaparecido e ele será preparado e bem vestido com seu terno, e pronto para o próximo pedido.

Uma explicação mais detalhada sobre os trabalhos que ele pode realizar e os limites para os quais ele pode ser colocado podem ser encontrados no registro de entrevista 662-L1 acima mencionado. Os registros de testes relacionados à sua capacidade de curar a si mesmo e às propriedades do sino podem ser acessados por qualquer funcionário de Nível 2 ou superior. Todas as tentativas de capturar Sr. Deeds "desaparecendo" falharam, pois o equipamento vai falhar e/ou ele encontrará um ponto adequado que ninguém esteja observando.

Adendo

662-A1: Items e Tarefa Solicitadas e resultados

Items:

-Quase qualquer tipo de sanduíche concebível. Uma fonte de carne humana foi solicitada como almoço e o funcionário encarregado no teste foi educadamente negado.

-Bebidas, também de quase qualquer tipo. Como com a carne de sanduíche, o sangue humano foi solicitado e negado. O sangue de porco, no entanto, foi servido prontamente, ainda quente.

-Uma barra de 99,98% em ouro puro (Sr. Deeds produziu uma barra de 99,14% em ouro puro e pediu desculpas por não conseguir fornecer completamente a tarefa solicitada).

-Uma barra de 99,24% em prata pura.

-Uma bomba nuclear (educadamente negado).

-Uma granada de mão da moderna classe militar dos EUA, que teve o desempenho esperado nos testes.

-Um Corvette de 1963 azul e conversível (educadamente negado).

-Um jogo de tabuleiro Monopólio, que Sr. Deeds venceu no primeiro jogo.

-Um ovo Fabergé (educadamente negado).

-SCP-███ (educadamente negado).

-Um buquê de rosas vermelhas colhidas e frescas.

-Um buquê de "ternbusty" selvagem (educadamente negado; "ternbusty" não é um tipo de flor realmente conhecido).

Tarefas:

-Limpar o carro do Dr. Mirth: Realizado quase à perfeição.

-Lavagem de pratos acumulados em um dia de refeições do refeitório ao nível ██ de █████████: Realizado, para padrões muito mais elevados do que o habitual.

-Corte do cabelo para o Dr. Mirth: Realizado, mas acontece que Sr. Deeds não é de fato um cabeleiro muito bom.

-Lavagem das roupas do Dr. Mirth: Realizada, e a roupa tinha sido modificada para "caber melhor" na estimativa do Dr. Mirth.

-Assassinato de Osama bin Laden: educadamente negado: Sr. Deeds afirmou que bin Laden era muito bem guardado e entrincheirado, mas não podia ou não iria dar mais detalhes.

-Assassinato de um funcionário de Classe-D em uma sala: realizado com precisão viciosa usando uma faca na garganta.

Nota: Outros testes com relação aos objetos pessoais de Dr. Mirth devem ser proibidos, a menos que sejam aprovados por um supervisor de nível O5. Você foi avisado, Dr. Mirth. - O5-█

Registros de Entrevista

662-L1

Relatório de Aquisição:

SCP-662 foi descoberto na posse de um pequeno ladrão e um ladrão de túmulos em █████, ██, EUA. O ladrão estava no processo de vender SCP-662 para uma loja de penhores na cidade mencionada, quando o sino foi acidentalmente “tocado” pelo atendente da loja de penhores. Sr. Deeds apareceu na área de armazenamento atrás do balcão e prontamente se dirigiu ao atendente. Acreditando que ele estava prestes a ser assaltado pelos dois homens, o atendente reagiu de forma exagerada e conseguiu pegar uma espingarda de cano curto debaixo do balcão. Sr. Deeds foi fatalmente ferido pelo atendente e morreu em cena.

O ladrão escapou, mas foi detido por agentes da Fundação depois de uma semana de busca nas cidades vizinhas. Sob interrogatório, o ladrão revelou que encontrou o sino em uma caixa que estava em cima do túmulo de ██████████ ████████,localizado nos arredores da cidade acima mencionada. Ele foi então enviado para o cargo de Classe-D e, posteriormente, pereceu durante o teste de SCP-███.

O sino não ficou sob a visão da Fundação até depois do crime e subsequente transporte do corpo do Sr. Deeds para o necrotério local. Após o desaparecimento do corpo do necrotério, um agente foi enviado para investigar o possível surto de SCP-███ ou qualquer outra causa necrótica revigorante e desconhecida.

Sr. Deeds reapareceu na sala de Armazenamento de Items da polícia local depois que o sino foi tocado pelo Sargento █████. Ele foi rapidamente preso e o Agente ███████ levou-o sob custódia três horas após o reaparecimento sob uma roupa de um agente do FBI. Quando o Sr. Deeds algemado desapareceu mais uma vez, o agente intuiu que o sino em si poderia ter algo a ver com a sequência de incidentes, e depois de adquiri-lo e testar provou seu palpite, trouxe o sino de volta para ███████ para mais testes. Agente ███████ recebeu o cargo de agente na Fundação e um emblema de “Palmadinha nas Costas” por seu encarregamento do incidente e falta de interesses egoístas quando ele descobriu o que o sino e o Sr. Deeds eram capazes de fazer.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License