SCP-7001
sheet19.png

.



avaliação: +1+x

Por PlaguePJP

«COMEÇO DO REGISTRO»

SCP-7001-McInnis: Alô?

Erickson: Você é a diretora Moose?

SCP-7001-McInnis: Sim, eu falando.

Erickson: Aqui é o Alexander Erickson do Sítio Exclusionário-21. Espero que tenha recebido minha mensagem ontem. Eu nunca tive uma resposta.

SCP-7001-McInnis: Mmm.

Erickson: Eu entendo que isso seja um pouco inconveniente, Diretora Moose. É um check-up rápido em seu sítio para garantir que tudo esteja onde deveria estar.

SCP-7001-McInnis: Uh-huh. O que aconteceu exatamente? Minha secretária eletrônica se limpa a cada 12 horas – ter todas essas mensagens se acumulando me dá ansiedade.

Erickson: Sim, você… provavelmente não deveria fazer isso, Diretora Moose, mas essa é uma conversa para outra hora, eu acho. O que aconteceu foi que houve um pequeno evento que alterou a realidade. Nada com o que se preocupar—

SCP-7001-McInnis: Como muito preocupada que eu sou.

Erickson: Eventos que alteram a realidade podem ser perigosos.

SCP-7001-McInnis: Muito perigosos esses "eventos que alteram a realidade" - nunca gostaria de ser pego em um desses. Não senhor.

Erickson: Eu— Hm. Você pode me deixar fazer o que eu preciso fazer e podemos seguir nosso caminho? Check-up rápido e estamos bem.

(A linha está silenciosa.)

Erickson: Ótimo. Pelas nossas últimas estimativas, o Sítio-19 está abrigando quatrocentos e trinta e duas entidades ou objetos anômalos diferentes. Correto?

SCP-7001-McInnis: Sim, contei-os esta manhã.

(Papéis embaralhados.)

Erickson: Eu tenho o… ah aqui. Recebi as assinaturas de todos que estavam no Sítio-19 ontem à noite. Todo mundo é contabilizado, então isso é bom.

SCP-7001-McInnis: Legal. Isso é tudo?

Erickson: Bem, Diretora Moose, não… e é por isso que esta ligação foi tão importante. Observamos várias discrepâncias em sua lista de verificação de anomalias.

SCP-7001-McInnis: Ah… isso é estranho.

Erickson: Você parece estar listando anomalias incorretas e ausentes que definitivamente deveriam estar lá.

SCP-7001-McInnis: Aqui está, Alex. Esses passaram por cinco níveis diferentes de comando, inclusive eu. Se algo estivesse faltando, nós saberíamos.

Erickson: Não estou dizendo que não acredito em você, mas esses são bem óbvios que estão faltando. SCP-173 não está aqui em todos estes. Acho que você se lembraria de pelo menos essa, já que é a anomalia para a qual seu Sítio construiu a ala de Euclídeo.

SCP-7001-McInnis: Não temos o 173. Tenho certeza que está em outro Sítio. Talvez você tenha algo errado por aí. Não sou fã de incompetência, Alex.

Erickson: Você sabe do que estou falando, certo?

(Sem resposta.)

Erickson: Você sabe, a estátua você tem que ficar observando… ou então ela se move. Está tudo bem por aí?

SCP-7001-McInnis: Não temos um SCP-173 e não temos uma estátua. Enviei a lista certa, caramba.

Erickson: Não, você não fez isso. Você está perdendo essa, e pelo menos vinte outras anomalias que o Sítio-19 cuida. quer dizer, vamos lá, o arquivo do 173 claramente afirma: "Movido para o Site-19 em 1993." Nada neste papel diz que foi movido para outro Sítio, nada aqui foi atualizado desde 1994. Então, ou você perdeu uma anomalia, ela não existe mais, ou você está sendo propositalmente difícil.

SCP-7001-McInnis: Eu lhe disse, contei esta manhã e não há nenhuma estátua esquecida aqui. Há apenas cinquenta anomalias aqui, caramba! Acho que teria visto se tivéssemos.

Erickson: Espere.

SCP-7001-McInnis: O quê?

Erickson: Você disse que tem apenas cinquenta anomalias?

(Linha fica silenciosa por cinco segundos.)

Erickson: Alô?

(Linha fica silenciosa por treze segundos.)

Erickson: Você pode me ouvir?

McInnis: Hein? (Gemido.) O que está acontecendo?

Erickson: Alô? Diretora?

McInnis: …há quanto tempo estamos nessa ligação?

Erickson: Com licença? Este é Allan McInnis? O que você está fazendo com 19?

McInnis: S-sim. Sim. Estou aqui. Voltei.

«FIM DO REGISTRO»

Item nº: 7001
Nível5
Classe de COntenção:
keter
Classe Secundária:
{$secondary-class}
Classe de Disrupção:
amida
Classe de Risco:
warning

factory-2.png

Sítio afetado por SCP-7001.


Procedimentos Especiais de Contenção: Devido à recente descoberta de SCP-7001, métodos de contenção ainda estão em desenvolvimento. No entanto, através dos esforços combinados da RAISA, Sítios Exclusionários da Fundação e do Conselho Supervisor, SCP-7001 pode ser rastreado de forma confiável através do uso de mnésticos. Os esforços liderados pelo Conselho Supervisor estão atualmente concentrados em descobrir a origem de SCP-7001.

floorplan.png

Planta baixa de SCP-7001.

Descrição: SCP-7001 é o Sítio-19 da Fundação SCP, a mais extensa instalação segura construída até o momento. Acomodações para mais de 400 anomalias, escritórios para um máximo de 2.000 funcionários, 13 equipes da Força-Tarefa Móvel no local e escritórios para membros do Conselho Supervisor estão presentes em SCP-7001.

SCP-7001 não é um local físico solitário. Em vez disso, SCP-7001 pode se manifestar em edifícios, porções de terra e áreas anômalas oficialmente designadas como Sítios da Fundação SCP, Sítios Provisórios ou Áreas. SCP-7001 altera esses locais no Sítio-19 através de aumento arquitetônico, manifestação de SCP-7001-1, influência memética e alteração de documentação.

SCP-7001 modifica a topologia interna de seu alvo, deixando a arquitetura externa intocada enquanto converte os internos na planta baixa do Site-19, independentemente do tamanho dado da área afetada.

O efeito memético de SCP-7001 é extremamente potente. Uma vez que um Sítio é afetado por SCP-7001, todos os níveis da Fundação acreditarão que o Sítio afetado é o Sítio-19, com a designação original do Sítio sendo apagada da memória até que SCP-7001 se desconecte e se conecte a outro Sítio. Entre 1990 e 2004, Sítio-17 foi afetado por SCP-7001. Toda a documentação criada durante e antes deste período foi afetada pela anomalia, permitindo assim uma maior disseminação.

SCP-7001-1 são funcionários da Fundação SCP manifestando-se dentro de SCP-7001. As instâncias de SCP-7001-1 variam em aparência e comportamento dentro de cada manifestação. Registros de mais de 50.000 documentos não corroborados de funcionários do Site-19 foram descobertos após inúmeras auditorias em arquivos de pessoal. Entre SCP-7001-1, existem quatro instâncias específicas que se manifestarão em cada Local afetado. Essas entidades são bombásticas, não profissionais e/ou quebram consistentemente os protocolos da Fundação:

  • SCP-7001-1A | Doutor Jack Bright: Um funcionário sênior da Fundação com uma longa linhagem de membros da família que pertenciam ou eram empregados pela Fundação. SCP-7001-1A foi afetado pela anomalia "SCP-963,"1 que torna sua aparência física única entre as manifestações. SCP-7001-1A pode ser identificado por seu colar e atitude não profissional, não importa as circunstâncias atuais.
  • SCP-7001-1B | Doutor Alto Clef: Um pesquisador sênior da Fundação afetado por uma anomalia que impede que seu rosto seja visto por meio de fotografia ou vídeo. SCP-7001-1B também é um taumaturgo de baixo nível, mas não utilizou suas habilidades para nenhum meio ofensivo ou defensivo. SCP-7001-1B pode ser identificado por seus três olhos multicoloridos, falta de roupas casuais ou de laboratório e baixa estatura.
  • SCP-7001-1C | Diretora Tilda D. Moose: A diretora Tilda D. Moose não é uma entidade física. Em vez disso, é um aspecto de SCP-7001 que convence o atual Diretor do Local afetado por SCP-7001 de que eles são Tilda D. Moose, uma funcionária sênior da Fundação. SCP-7001-1C é um especialista em taumaturgia e entidades taumatológicas e ex-membro do Grupo de Interesse "A Mão da Serpente". As referências a SCP-7001-1C não se concentram apenas na manifestação de SCP-7001. A documentação refere-se a SCP-7001-1C como co-diretor da Área-17. Isso não foi comprovado.
  • SCP-7001-1D | Doutor Kain Pathos Crow: Um cientista sênior da Fundação cuja consciência, por meios desconhecidos, foi transplantada para um golden retriever adulto. SCP-7001-1D é declarado ter um intelecto de nível genial e um comportamento calmo. SCP-7001-1D vive no Sítio-19 e raramente faz aparições em todo o Sítio.



RELATÓRIO DE FALHA DE CONTENÇÃO

Em 17 de fevereiro de 2004, dois locais afetados de forma anômala sob jurisdição da Fundação sofreram eventos geológicos catastróficos simultâneos, fazendo com que todas as estruturas construídas pela Fundação fossem totalmente destruídas. Nenhuma causa foi descoberta e as tentativas de contenção estão em andamento.



Adendo 7001.1: Cronograma de Manifestação de SCP-7001

Para facilitar a documentação, o Sítio afetado será referido como Sítio-X.

FASE 1 SCP-7001 faz com que todos os funcionários estacionados no Sítio-X acreditem que estão estacionados no Sítio-19. Além disso, eles acreditarão que sempre estiveram estacionados no Sítio-19. O Sítio-X será referido como Site-19 e sua designação original do Sítio será rapidamente esquecida.
FASE 2 O atual Diretor do Sítio-X acreditará que eles são a Diretora Tilda D. Moose. Seus maneirismos anteriores, padrões de fala e comportamentos mudarão para refletir isso.
FASE 3 A documentação referente ao Sítio-X será substituída pelo Sítio-19. Ao mesmo tempo, a documentação referente ao local afetado por SCP-7001 anterior será revertida para a designação numérica original.
FASE 4 As alterações arquitetônicas começarão. As alas de contenção para anomalias, habitação e escritórios do Sítio-19 se manifestarão.
FASE 5 As anomalias do Sítio-19 e as Forças-Tarefa Móveis no Sitio se manifestarão em seus locais apropriados. As mudanças arquitetônicas serão concluídas neste momento, alterando totalmente a planta baixa do Sítio-X para o Sítio-19.
FASE 6 Funcionarios específicos do Sítio-19 se manifestarão, incluindo SCP-7001-1A até SCP-7001-1D. A manifestação completa de SCP-7001 está completa.

A infecção por SCP-7001 leva de 84 a 96 horas para ser totalmente concluída. Uma vez completa, a manifestação pode persistir sem ser detectada por até 20 anos.

Adendo 7001.2 Descoberta

Em 17 de fevereiro de 2004, SCP-7001 foi descoberto após uma auditoria do Sítio Exclusionário-212 pelo Diretor Alexander Erickson no Sítio-43. Entre 16 e 17 de fevereiro, Sítio-43 foi afetado por SCP-7001. Como a manifestação estava na Fase 4, isso permitiu a descoberta de SCP-7001.

Após a detecção, SCP-7001 se separou da Área-43, apenas para se manifestar novamente logo depois na Área-120, que iniciou o processo de conversão. O Conselho Supervisor imediatamente iniciou um regime mnéstico e realizou a reunião seguinte em 17 de fevereiro de 2004.

REUNIÃO DO CONSELHO DE SUPERVISORES


«COMEÇO DO REGISTRO»

O5-1: Tudo bem, estamos bem para começar. Desculpe o atraso nesta reunião, mas acho que todos podemos concordar que temos um problema urgente em mãos.

(Murmúrios de concordância.)

O5-1: Em 16 de fevereiro de 2004, um dos novos Sites Exclusivos descobriu que o Site-19 não existe como um local. Agora, considerando que estávamos todos em Nebraska durante todo o processo de construção—

O5-5: Nebraska?

O5-3: Um, o Sítio-19 foi construído em Nevada.

O5-5: Espere, espere. Não, não era. Foi em Illinois.

O5-1: Oh pelo amor de— [Ahem] Alguém me lembre de adicionar isso ao arquivo, por favor. Estou decretando meu mandato. A contenção desta anomalia é uma prioridade principal até que a resolvamos.

O5-8: Resolver o que exatamente? Ninguém tem um testemunho direto.

O5-1: História — algo para estabelecer as bases que podemos 100% dizer que é um fato verdadeiro e partir daí. Antes da construção, antes da contenção, quando era apenas uma ideia. Nove, você pode chamar Jones para falar sobre isso para nós.

O5-9: Ela foi informada ontem. RAISA e alguns algoritmos de classificação estão começando uma queda e compilação de todos os arquivos do 19 relacionados hoje. O tempo estimado de espera é de três dias no máximo.

O5-1: Bom.

O5-7: Talvez a questão mais urgente seja que quatro de nossos funcionários mais confiáveis ​​são falsos. Como isso passou por todas as camadas de comando?

O5-1: Maria provavelmente nos contará mais — até onde sabemos, nunca houve um problema em toda a Fundação causado pela negligência dos funcionários do 19. Talvez eles tenham encoberto. Eu não sei, mas se eles não encobriram nada, isso não faz sentido para mim. Temos uma anomalia criando um sítio falso que todos nós já visitamos, com funcionários falsos que todos encontramos várias vezes e anomalias falsas que pesquisamos. Está claramente tentando ao máximo se esconder à vista de todos e se justificar, mas ao mesmo tempo, é bem-humorado?

O5-12: Normalmente eu não sou o primeiro a concordar com o Um, mas isso não faz sentido. Eu concordo que, nosso objetivo deve ser descobrir quando e como, mas também seu final.

O5-1: Inferno, o interruptor do homem morto3 é no Sítio-19, o que significa que a qualquer momento um deles pode se tornar desonesto e nos apagar da memória.

O5-6: Alguém entrou em contato com o Administrador? Tentei algumas vezes hoje e nada.

O5-2: tentei depois que o Sítio Exclusionário nos enviou suas descobertas. Silêncio no rádio, é claro - eu não esperava muito mais.

O5-13: Por que precisamos dele?

O5-10: Foi o Administrador que mandou construir o 19, correto?

O5-7: A RAISA vai esclarecer, com certeza. Se a memória funcionar corretamente, a avaliação do Dez é precisa.

O5-13: Temos um plano de ação? Quatro, você normalmente está no topo dessas coisas.

O5-4: Sim, então. Eu tenho algumas estratégias que podemos tentar. Tipo, aqui está a coisa, isso é estranho. Não está fora da minha area, mas no caso de vocês esquecerem, me disseram deliberadamente para deixar o 19 em paz. Nenhum exercício de força-tarefa, nenhum teste de firewall ou backdoor, nada. Vou às cegas além do que já sei sobre nossas instalações.

O5-1: Espera aí, quem disse que você não pode fazer nada com 19?

O5-4: Vocês… todos fizeram?

O5-1: Alguém mandou o Quatro ficar longe do 19?

(Silêncio.)

O5-4: Ok… Recebi uma carta quando a construção começou dizendo algo como 'conduza todas as operações em outro lugar; qualquer ação contra o Sítio-19 que comprometa sua integridade, deliberada ou não, é estritamente proibida.'

O5-13: Nove, entre em contato com Jones e diga a ela para priorizar encontrar sobre o que Quatro está falando.

O5-9: Sim.

O5-13: O que estamos procurando para este plano de ação, Quatro?

O5-4: Uuuh, de cabeça eu vou com uma operação padrão de infiltração, detenção e ataque. Vou usar meu mandato também se isso acontecer; Eu quero que a Mão Direita Vermelha lide com isso, já que eles ficarão quietos com informações confidenciais. Com o mandato, acho que devemos manter esse regime mnéstico. Estou pelo menos colocando os agentes em algo como duas doses por dia.

O5-13: Razoável o suficiente.

O5-4: Existem três — quatro — humanoides que devemos procurar, mas se conseguirmos pelo menos um deles, devemos ficar bem. Conhecendo Bright e Clef, eles provavelmente serão os mais fáceis. Moose pode ser um pouco mais difícil sem algum poder de fogo. Eu nem sei sobre o Pathos Crow. De qualquer forma, entre, obtenha informações da maneira antiga da Fundação, depois ataque quando um vetor for conhecido por nós, coloque-o sob nosso controle.

O5-10: Eu sinto que ter um cachorro trabalhando para nós deveria ser uma bandeira vermelha.

O5-1: A retrospectiva é 20/20.

O5-4: Quero dizer, não é como se ele fosse um cachorro estúpido—

O5-13: Vamos colocar a proposta de Quatro em votação.

RESUMO DO VOTO DO CONSELHO:

SIM ABSTENÇÃO NÃO
O5-01
O5-02
O5-03
O5-04
O5-05
O5-06
O5-07
O5-08
O5-09
O5-10
O5-11
O5-12
O5-13
STATUS
APROVADO

O5-1: Reunião encerrada, voltaremos a nos reunir assim que tivermos mais informações da RAISA.

«FIM DO REGISTRO»



RELATÓRIO DE FALHA DE CONTENÇÃO

Em 21 de fevereiro de 2004, a ala de anomalias da Classe Euclídeo do Sítio-17 experimentou uma violação de contenção sem precedentes, levando à liberação acidental de mais de 40 entidades e objetos anômalos. Destes, 34 já foram recuperados.

A causa específica dessa violação de contenção é desconhecida, pois o sistema de segurança do Sítio-17 havia aprovado as diretrizes oficiais da Fundação no dia anterior a essa ocorrência.



Adendo 7001.3: Relatório de Missão

SCP-7001 foi descoberto por ter infectado o Sítio-120 após seu destacamento do Sítio-43. Sob o Comando Supervisor, a Força Tarefa Móvel Alpha-1 ("Mão Direita Vermelha") foi ordenada a conduzir uma missão secreta no Sítio-120: se passando por funcionários da Fundação de Nível 4 para se infiltrar no Sítio, deter um dos humanoides anômalos presentes e averiguar qualquer informação que possa levar à contenção de SCP-7001.

RESUMO DA MISSÃO

Após a entrada, os agentes da Alpha-1, Pluto, Mars, Phoebus, Saturn e Mercury foram recebidos por um corredor vazio incompreensivelmente grande não presente na planta baixa conhecida do Sítio-19. A sala estava vazia, exceto por centenas de instâncias de SCP-7001-1. As tentativas de conversar com essas entidades falharam completamente, pois os agentes foram ignorados ou ofereceram expressões de confusão.


O tamanho real desse "lobby" foi revelado como sendo de aproximadamente três quilômetros de comprimento à medida que a equipe prosseguia. Outras esquisitices foram descobertas, incluindo:

  • O piso e o teto inclinam-se cada vez mais um para o outro, exigindo que os agentes rastejem pelo último terço da sala;
  • Para a segunda metade da expedição, o sistema de PA interno tocou os três minutos finais de "Hey Jude" dos Beatles, consistindo apenas de Paul McCartney e um conjunto repetindo a mesma frase;
    • Variavelmente, a música alternava com um loop dos primeiros oito segundos de "Eye of the Tiger" de Survivor;
  • Uma vez que o final da sala foi alcançado, uma porta, muito pequena para a entrada humana, foi localizada. Na frente da porta havia um frasco de vidro com um líquido azul viscoso com a palavra "SRINK [sic]" riscada em sua superfície;
    • Ao tentar voltar e encontrar outro vetor de penetração, os agentes se depararam com uma parede em seu caminho. Pintado com spray estava a frase "NUH UH UH";
    • Uma vez consumido, o líquido azul fez com que todos os agentes encolhessem a um tamanho em que pudessem entrar confortavelmente na porta, permitindo o acesso ao Sítio-120 afetado por 7.000.

Após a entrada, os agentes rapidamente voltaram ao seu tamanho original. Depois de explorar a área, os agentes rapidamente identificaram SCP-7001-1B4 devido ao seu "disfarce" de óculos de aros grossos ligados a um nariz falso e bigode. Nenhum esforço foi feito para obscurecer seu terceiro olho.

Os agentes Mercury e Pluto perseguiram SCP-7001-1B através de um corredor de contenção da Classe Segura antes que uma massa de instâncias de SCP-7001-1 começasse a sair das câmaras de contenção anteriormente vazias, impedindo que SCP-7001-1B continuasse e permitindo sua captura.

Mercury e Pluto trouxeram SCP-7001-1B para uma sala de interrogatório para realizar uma entrevista. Enquanto isso, Mars, Phoebus e Saturn conduziram o reconhecimento do Sítio.


Mars, Phoebus e Saturn notaram uma série de anormalidades não presentes em outras manifestações de SCP-7001. Estes incluíram:

  • Treze instâncias de SCP-7001-1 parecendo estar congeladas no lugar;
  • Três equipes de pesquisadores armados percorrendo o Sítio, perguntando a indivíduos aleatórios se eles precisavam ser contidos ou não;
    • Os agentes que responderam a essa pergunta tentaram confrontar essas instâncias, apenas para receber a resposta de que "estar contido garantiria estabilidade" em todos os casos;
    • Instâncias de SCP-7001-1 que concordaram em ser contidas foram conduzidas para câmaras de contenção vazias ou escritórios desocupados e trancadas dentro;
  • Várias paredes que podem ser atravessadas. Funcionários de SCP-7001-1 que passaram por essas paredes não pareciam confusos;
  • Uma câmara de contenção que, uma vez inserida, sairia para um local diferente no Site;
  • Múltiplas escadas terminando em paredes planas.

TRANSCRIÇÃO


«COMEÇO DO REGISTRO»

(Fora da sala de interrogatório, uma instância de SCP-7001-1 parece estar congelada no lugar.)

A1-32 | Mercury: O que há com esse cara?

A1-01 | Pluto: Vamos continuar com isso.

A1-32 | Mercury: Que estranho.

A1-01 | Pluto: Como tá indo? Você é o Alto, certo?

SCP-7001-1B: Não. Quem é esse Alto de quem você fala? Nunca ouvi falar dessa pessoa na minha vida.

(SCP-7001-1B se recusou a remover seu disfarce até este ponto.)

A1-01 | Pluto: Hm, você se parece muito com ele. Esquisito. Por que você não me diz seu nome, então?

SCP-7001-1B: Bem, bom senhor, eu sou Treble… uh. T Reble. Eu sou T Reble.

A1-01 | Pluto: T Reble, interessante. Parece alemão. Qual é o significado do T, T Reble?

SCP-7001-1B: Significa T. Como a letra. Aquele antes de U e depois de S.

A1-32 | Mercury: Eu já tive o suficiente deste lugar. Isso é uma maldita piada.

(Mercury remove grosseiramente os óculos do rosto de SCP-7001-1B.)

SCP-7001-1B: Que porra! Isso arranhou meu nariz, babaca.

A1-32 | Mercury: Você vai nos dizer qual é o problema com este lugar.

SCP-7001-1B: Ooooh uma rotina de policial bom e mau. Que divertido! Este é o Sítio-19. Nós contém coisas.

A1-01 | Pluto: Sim, nós também. Na verdade, nos disseram para contê-lo.

SCP-7001-1B: Não seria a primeira vez que alguém tentaria.

A1-32 | Mercury: Escute, Alto, eu não gosto de perder meu tempo. Ter meu tempo desperdiçado me deixa chateado.

A1-01 | Pluto: É de partir o coração.

SCP-7001-1B: Você sabe, se você quisesse fazer isso direito, a melhor maneira seria mandar um durão aqui, fazer com que ele aplicasse um pouco de pressão, então o legal entra e me dá um tempo - me faz gostar do legal, você sabe - então o durão sai para que eu esteja aberto para conversar com o legal. Vocês não são bons nisso, mas eu aprecio o esforço.

A1-32 | Mercury: Não sei o que você acha que faz de você um especialista, mas não vou aceitar conselhos de um cara que achou que um par de óculos disfarçado era o suficiente para se esconder e nem pensou para encobrir a coisa mais identificável sobre ele.

SCP-7001-1B: Quer saber, vou admitir. Esse é um bom ponto - ótimo ponto, até. Vou ter que lembrar disso para a próxima vez.

A1-32 | Mercury: Não haverá uma "próxima vez" se você não começar a explicar o que você e este lugar são. Apenas nos ajude e você estará no seu caminho.

SCP-7001-1B: Ajudar você só comprometeria todo o resto, idiota. Você está na ponta do iceberg.

A1-32 | Mercury: Ponta de que iceberg?

SCP-7001-1B: A Fundação demorou um pouco para se acertar, e agora você quer entrar aqui com todos os Johnny Big Bollocks e derrubá-la. Olhe para este lugar!

(SCP-7001-1B caminha até uma janela e empurra sua mão sem qualquer resistência. Ele então dá um tapa no SCP-7001-1 fora da sala, que não reage.)

SCP-7001-1B: Já estamos uma bagunça por causa desse show de cachorros e pôneis. Foda-se isso e foda-se você.

A1-01 | Pluto: De que diabos você está falando?

SCP-7001-1B: atchim.

(SCP-7001-1B rapidamente se levanta e lança um pequeno projétil no chão. Após o impacto, uma fumaça espessa enche a sala. Ouve-se uma porta se abrindo. SCP-7001-1B sai correndo da sala de interrogatório.)

«FIM DO REGISTRO»


Pluto rapidamente perseguiu SCP-7001-1B através do Sítio enquanto Mercury permaneceu na sala de interrogatório para garantir que todas as gravações estivessem intactas. Ao tentar sair, Mercury descobriu que todas as portas e janelas foram removidas de forma anômala, deixando-o preso na sala em branco.

Mercury transmitiu um sinal de socorro a todos os agentes, e sua localização exata foi identificada. No entanto, a sala de interrogatório inicial foi encontrada vazia na chegada. Os agentes foram posteriormente ordenados a sair do Sítio. Enquanto caminhavam pelo saguão principal de SCP-7001, os agentes notaram uma rachadura no centro do piso, formando um pequeno padrão espiral ramificado. Através das rachaduras, uma substância preta e refletiva podia ser vista.



RELATÓRIO DE FALHA DE CONTENÇÃO

Em 24 de fevereiro de 2004, SCP-5001 sofreu uma queda de energia em larga escala, fazendo com que partes da anomalia vacilassem antes da cessação total da operação. O nível interno de Hume de SCP-5001-A começou a aumentar rapidamente e funcionários não essenciais foram evacuados. A energia foi rapidamente restaurada e o nível interno de Hume de SCP-5001-A retornou aos níveis básicos.

Simultaneamente, os pesquisadores da Fundação que monitoram SCP-169 notaram um aumento severo na atividade da anomalia, levando a uma grande mudança na plataforma continental do sudoeste da América do Sul e vários eventos geológicos cataclísmicos. Uma campanha de desinformação está em andamento, no entanto, os procedimentos normais de manutenção da mascara provaram ser pouco confiáveis. A dispersão mundial de amnésicos em aerossol está sendo considerada.



Adendo 7001.4: Reunião do Conselho Supervisor
As falhas em toda a infraestrutura de contenção da Fundação continuaram a aumentar rapidamente. Os Sítios frequentemente relatavam falhas nos mecanismos de travamento eletromagnético, levando à re-adoção de travas giratórias.

A captura do Agente Mercury, em conjunto com o aumento sem precedentes de falhas de contenção em toda a Fundação, levou O5-1 a ordenar uma reunião de emergência do Conselho Supervisor que começou em 25 de fevereiro de 2004.

REUNIÃO DO CONSELHO SUPERVISOR


«COMEÇO DO RESGISTRO»

O5-9: vou começar. Jones não está nem na metade da compilação. Ela pede desculpas, mas a maioria dos arquivos do 19 são criptografados e exigem tecnologia muito mais antiga com firmware ainda mais antigo para começar a quebrar tudo. Nós conseguimos uma coisa da nota, no entanto. Criptologistas conseguiram decodificar as informações de construção do Sítio encontradas nos arquivos do 19. Isto é o que Jones me enviou:

"A pasta listada em 'Construção' está incompleta ou deliberadamente faltando informações. Existem três arquivos, todos documentos de texto digitalizados com o mais antigo datado de 1925, todos escritos pelo Administrador. Temos um que é o primeiro alvará da Fundação , especificamente a seção sobre contenção. É importante notar que há várias partes do documento detalhando 'pilares físicos' que não aparecem em outras cópias da carta que tenho em mãos. Este termo não foi explicado no que descriptografamos, até agora.

O segundo arquivo contém algum tipo de documento de pesquisa sobre chance aleatória correlacionada ao sucesso de contenção, com taxas de sucesso altamente variadas. Esta é a primeira menção de um potencial Sítio-19 em qualquer arquivo e outra menção à criação de um 'pilar físico' sem maiores explicações.

O terceiro é outro documento de pesquisa de 1946. Ele descreve a construção do Sítio-19 e contém outro documento de pesquisa sobre chance aleatória versus sucesso de contenção, com uma taxa muito mais estável que mostrou que, à medida que a chance diminuía, o sucesso aumentava. As palavras "Segurança, Contenção e Proteção" estavam rabiscadas na parte inferior, com a palavra "contenção" riscada.

Eu não sei o que fazer com isso. Se mais alguma informação vier à tona, enviarei para você."

Alguma ideia?

O5-10: Talvez o que o Admin tentou fazer com o 19 ou esses chamados 'Pilares Físicos' falhou, e o 19 foi afetado negativamente, fazendo com que ele, seus funcionarios e suas anomalias se tornassem algum tipo de anomalia memética anexada à ideia da Fundação?

O5-1: Precisamos entrar em contato com o Administrador imediatamente. Há claramente algum tipo de encobrimento acontecendo. Alguém conseguiu contato com ele? Estou batendo zero em todas as minhas tentativas.

O5-2: Fiz algumas ligações para o escritório dele antes de nos reunirmos aqui. Nada

O5-1: Independentemente disso, a contenção do 7.000 deve ser primordial neste momento. Está claramente ficando instável e está evidentemente tentando se justificar pela força.

O5-2: A sala gigante na entrada, os obstáculos para entrar, a captura de Mercury, as questões arquitetônicas e os -1s agindo de forma anormal. É como se soubesse que estamos nele.

O5-4: Ah. Falando em Mercury, eu estava falando com os outros agentes que entraram. Eles estavam me dizendo que o transceptor de Merc ainda está ligado. Deveria ter morrido umas 6 horas atrás. Mas… uh, apenas ouça.

(O5-4 retira um transceptor do bolso do peito e o conecta ao canal de comunicação do Alpha-1. Há estática por um momento, antes que uma voz masculina repita a palavra "Contido" seguida de aplausos e aplausos de uma grande multidão. )

O5-4: Isso foi repetido por 8 horas. Nem sequer conseguimos falar com o Merc. Se eu tivesse que dar um palpite, considerando todas as outras loucuras que a equipe experimentou, 7001 ficaram confusos, consideraram a Mão Direita Vermelha uma anomalia e tentaram conter todos eles. Mas eu proibiria toda a entrada de funcionários regulares no 19 como precaução. Eu, por exemplo, não quero que mais pessoas acabem presas naquele lugar maluco. Estou traçando uma missão de recuperação para Mercury no final do dia de hoje também.

O5-1: Podemos colocar isso em votação no final, mas considerando que estamos nos agarrando a canudos, estou inclinado a acreditar. Não vejo outra opção aqui.

O5-13: Concordo. Sobre o assunto de contenção, qual é o número total de falhas de contenção que tivemos na semana passada? Sete, você normalmente lida com esta área.

O5-7: Posso discutir o que está acontecendo em nossos Sítios, sim. A maioria disso é sem precedentes. A ala Euclídeo do 17 teve uma violação significativa de aproximadamente todas as anomalias armazenadas lá. A questão predominante entre todos os sítios é que os procedimentos esotéricos que coordenamos começaram a falhar. O ritual para reter SCP-2845 não foi tão bem sucedido quanto no passado. O Programa de Integração do Sítio-322 e da Área-179 foi temporariamente suspenso, pois nenhum avanço foi observado nas últimas três semanas. SCP-3000 mostrou uma escalada significativa do que registramos anteriormente. SCP-5243 ocorreu cinco vezes nos últimos trinta dias. Isso é quatro de talvez vinte edições em andamento.

O5-1: Então, o que, estamos tendo um problema de contenção?

O5-7: Parece que sim.

O5-1: Caramba.

O5-8: Alguma sorte em manter o controle do interruptor do homem morto?

O5-9: os criptologistas de Maria estão trabalhando para nos conseguir uma conexão remota. Nada funcionou até agora. O terminal não é ligado desde os anos 70, até onde ela sabe.

O5-12: Com licença. A quantidade de suposições acontecendo aqui é um pouco pouco confiável, não? Eu sei que todos nós muitas vezes suspeitamos do Administrador – com razão – mas tem que haver algum tipo de explicação para isso que não gira em torno de alguma conspiração de alto nível quase sem fundamento.

O5-1: Sete, quando aconteceu a primeira falha de contenção? Se bem me lembro, foi em dois locais anômalos.

O5-7: 17 de fevereiro.

O5-1: Correlação não é igual a causalidade, mas 17 de fevereiro também foi a data em que o Sítio Exclusionário chamado McInnis. Eu acho que um pouco de margem de manobra neste assunto é necessária até que tenhamos uma imagem mais clara. Você entrar e tentar lançar dúvidas sobre uma situação difícil não está ajudando ninguém.

O5-11: Mesmo ignorando as datas, acho que podemos dizer com segurança que a descoberta de SCP-7001 está levando às dificuldades que estamos enfrentando nas operações do dia-a-dia. Com a contenção direta de 7.000, podemos controlar essa situação e restaurar a ordem e, se isso não funcionar, podemos neutralizar a anomalia para evitar que esses problemas ocorram novamente.

O5-1: Ok, ok, ok, vamos dar um passo para trás. Estamos todos na mesma página aqui? Todos nós queremos conter isso, certo?

O5-13: Sim, um. Todos queremos conter isso, mas o que estou vendo é que nossos esforços estão exacerbando essas falhas de contenção. Não tenho certeza por que isso está acontecendo, mas talvez realmente dar um passo para trás para nos reorientarmos seja de ajuda aqui.

O5-1: Não, escute… Eu não acho que estamos em lados diferentes aqui, mas, estamos em tempo comprado. Eu realmente não sei o que acontece quando perdemos a oportunidade de estabelecer o controle. Isso pode ser muito pior do que já é.

O5-13: Concordo—

O5-12: Lamento ter mencionado isso em primeiro lugar. Eu não sabia que essa teoria significava tanto para você. Todos nós vamos apenas ir com o vento agora, certo?

O5-1: Estamos sendo jogados como tolos, Doze.

O5-12: Ah, vamos lá. Estamos realmente fazendo isso?

O5-1: Tudo que eu quero fazer é restaurar a ordem — esse é o nosso trabalho. E agora? Estamos olhando para uma Máscara Quebrada se o que Sete está falando continuar! E, pelo que estou vendo, mais colapsos estão chegando a nós em uma taxa alarmantemente exponencial.

O5-12: Sim, concordo, mas não faria mais sentido dar um passo atrás para nos dar mais ótica?

O5-1: Olha, tudo bem, eu só estou ficando frustrado… e eu odeio trabalhar com adivinhações também - eu realmente odeio. Mas eu nos vejo em uma encruzilhada aqui. O Administrador não atende seu maldito telefone e explica o que está acontecendo, e desde a descoberta de 7001, não tivemos uma taxa de contenção estável acima de 65%. Podemos dar um passo para trás, arriscar mais avarias de contenção - possivelmente a ponto de não podermos consertá-lo - ou podemos entrar no Sítio, colocá-lo sob nossa jurisdição e trabalhar a partir daí quando tudo estiver volta para onde deveria estar.

Neste ponto, talvez, talvez, eu esteja um pouco mais aberto a tudo isso porque eu só quero cuidar de toda essa situação - estou vendo claramente causa e efeito, e conheço todos vocês também são assim. Então, podemos trabalhar juntos aqui, como uma unidade - como o Conselho Supervisor - e conter essa anomalia? Por favor?

(O5-1 pausa.)

O5-1: Estamos votando em uma missão de recuperação para Mercury e a contenção direta de SCP-7001 depois que os Mãos Direitas Vermelhas restantes assumirem o controle. Todos a favor?

RESUMO DO VOTO DO CONSELHO:

SIM ABSTENÇÃO NÃO
O5-01
O5-02
O5-03
O5-04
O5-05
O5-06
O5-07
O5-08
O5-09
O5-10
O5-11
O5-12
O5-13
STATUS
APROVADO

O5-1: O5-1: A moção passou. Vamos nos reunir novamente assim que a contenção for garantida.

«FIM DO REGISTRO»



RELATÓRIO DE FALHA DE CONTENÇÃO

Em 25 de fevereiro de 2004, a rede elétrica da Fundação, que fornece eletricidade para a maioria das instalações da Fundação na Costa Leste, sofreu uma interrupção ainda irreparável. Isso fez com que mais de 50 Sítios e Áreas passassem por vários níveis de falha de contenção. Os Sítios afetados estão sobrevivendo com energia reserva enquanto os engenheiros avaliam o problema da rede elétrica.



Addendum 7001.5: Relatório de Missão do Sítio-120
A missão tripulada final em SCP-7001 deveria ser conduzida dois dias após a reunião do Conselho Supervisor. O O5-4 traçou uma estratégia semelhante à primeira exploração, no entanto, um esquadrão muito maior foi elaborado a partir do grupo de agentes da Alpha-1, composto por 35 membros. Os agentes foram autorizados a deter toda e qualquer instância de SCP-7001-1 e utilizar dispositivos portáteis de ancoragem de realidade. Dois membros taumaturgos treinados defensivamente da Alpha-1 foram autorizados a subjugar SCP-7001-1C por qualquer meio não letal.

Os agentes foram enviados para a Sítio-120 afetada por SCP-7001 em 27 de fevereiro, equipadas com armamento padrão e armadura corporal, bem como óculos infravermelhos e de visão noturna.

RESUMO DA MISSÃO

TRANSCRIÇÃO


«COMEÇO DO REGISTRO»

(Os agentes estão preparados nos portões Norte, Sul e Leste de SCP-7001. Os principais agentes de cada esquadrão, A1-Pluto, A10-Venus e A100-Uranus, estão prontos para as vasilhas de halotano. Cada porta foi forrada com C-4.)

A1-01 | Pluto: Ao meu sinal.

A1-01 | Pluto: Três.

A1-01 | Pluto: Dois.

A1-01 | Pluto: Um.

(Os explosivos são acionados remotamente. Três explosões simultâneas atingem as entradas. As portas são demolidas quando uma fumaça espessa começa a encher a área, deixando uma entrada livre para todos os agentes.)

A1-01 | Pluto: Vai! Vai! Vai! Vai!

(Os agentes entram em seus respectivos corredores. À medida que a fumaça se dissipa, a equipe do Sítio-120 é vista se escondendo. Os agentes verificam a planta baixa; nenhuma alteração da arquitetura do Sítio-120 é notada. As equipes de segurança do Sítio-120 invadem rapidamente as áreas violadas. O líder da equipe de segurança, Jeremy Cornwell, se identifica.)

A1-01 | Pluto: Alpha-1, cessar fogo! Que raios está acontecendo?

Cornwell: Identifique-se ou vamos atirar!

A1-01 | Pluto: Woah cowboy, acalme-se. Pluto, membro da Força Tarefa Móvel Alpha-1.

Cornwell: Por que diabos você está tratando uma de suas instalações como uma zona de guerra?

A1-01 | Pluto: Este é o Sítio-19?

Cornwell: Do que você está falando? Sítio-19 fica na Filadélfia.

(Há um momento de silêncio.)

A1-01 | Pluto: Merda.

«FIM DO RESGISTRO»


A maioria da equipe de infiltração Alpha-1 saiu do Sítio-120 e retornou ao Sítio-01. O agente Pluto foi questionado pelo agente Cornwell por 78 minutos e exigiu uma carta de referência verificada do O5-4 antes que a equipe da Sítio-120 fosse convencida a deixá-lo retornar à base.

Pluto foi levado a uma câmara de contenção pelo diretor Daniel Asheworth, onde o agente Mercury parcialmente nu estava dormindo em uma cama. Asheworth explicou que Mercury estava inconsciente nas 72 horas anteriores. A palavra "CONTIDO" foi estampada em seu corpo várias vezes. Falos de desenhos animados e as iniciais "JB" e "AC" também foram encontrados rabiscados no corpo de Mercury.

Mercury foi transportado de avião para um hospital da Fundação quando Pluto retornou ao Sítio-01.

A infecção por SCP-7001 foi confirmada no Sítio-322 na Filadélfia, Pensilvânia. Com agentes implantados na Polônia, outra invasão em grande escala de SCP-7001 foi suspensa enquanto o Conselho Supervisor se reunia para discutir essas informações. Um coquetel de sedativos foi encontrado na corrente sanguínea do Agente Mercury, deixando-o inconsciente por 36 horas subsequentes. Quando acordou, não conseguiu se lembrar de nenhuma informação além do desaparecimento de todas as saídas da câmara de interrogatório.

Adendo 7001.6: Reunião do Conselho Supervisor
A seguir uma transcrição de uma Reunião do Conselho Supervisor que ocorreu em 27 de fevereiro de 2004. O objetivo desta reunião foi discutir a reversão do Sítio-120 e a infecção do Sítio-322, juntamente com outros relatórios de falhas de contenção em toda a Fundação a infraestrutura.

REUNIÃO DO CONSELHO SUPERVISOR


«COMEÇO DO REGISTRO»

O5-9: Estamos prontos. Bom. Recebi um último arquivo de Maria que a equipe conseguiu decodificar. Na pasta Construção, novamente.

'Conseguimos puxar o verso do terceiro documento que enviei. Pelo que posso dizer, não adiciona nenhum contexto ao que já temos.

É uma lista com marcadores na caligrafia do Administrador. Ele lista 'O Administrador, o Conselho Supervisor e o Sítio-19.' Ao lado de 'O Administrador' e 'O Conselho Supervisor' está a frase 'Imortalidade limitada, estável'. Ao lado de 'Sítio-19' está a frase "Natureza memética, não mais física, de outra forma estável."

Mais uma vez, não sei o que fazer com nada disso.

O5-12: Estou colocando o pé no chão. Estamos correndo de cabeça em uma parede de tijolos repetidamente com essas missões. É hora de dar um passo para trás e realmente olhar para esta situação e encontrar uma solução adequada e bem pensada.

O5-4: Com licença, Doze. Eu não tirei isso da minha bunda. Somos todos culpados. Vocês todos concordaram com o que eu escrevi e votaram a favor.

O5-12: Não estou falando de você, Quatro. Eu estou falando sobre o Um.

O5-1: Ah, isso é besteira.

O5-12: Como? Por favor, por favor me diga. Lembro-me daquele desabafo outro dia. "Ordem é tudo o que temos." Talvez sua memória não seja tão afiada quanto costumava ser, mas você quer saber como conseguimos essa "ordem?" Construindo-o, quarteirão por quarteirão, não correndo em algum lugar, armas em punho e esperando o melhor.

O5-1: Temos todas as informações que vamos obter. Maria não consegue acessar nenhum dos outros arquivos e estou cansado de jogar esse jogo insosso de tocar e ir embora. Toda a nossa infraestrutura de contenção está por um fio — de um maldito cabelo - porque essa anomalia - ouça novamente, anomalia - é incontida e fora de controle. O que mais há para fazer? Precisamos ir para a Filadélfia, assumir o controle do maldito complexo e conter essa anomalia.

O5-2: Nós apenas tentamos isso… duas vezes. Essa coisa é claramente mais inteligente do que estamos dando crédito.

O5-1: Ele fica preso no 322 por pelo menos mais dois dias até que a transformação completa em 7001 seja concluída. Podemos entrar enquanto estiver relativamente inalterado e acampar até termos um sinal claro do que estamos lidando e…

O5-3: Isso não vai funcionar. O Sítio-43 não foi totalmente alterado quando foi descoberto e isso não o impediu de passar para o 120.

O5-4: Sim, sobre isso, Um, outra missão não vai acontecer.

O5-1: Por que diabos não?

O5-4: eu tenho 85% da Mão Direita Vermelha presa na Europa; eles vão estar em um avião por mais de dez horas, e vão precisar de algum descanso e recuperação. Nós provavelmente estamos olhando para dois dias de inatividade pelo menos antes que eu possa reuni-los novamente. E nem me fale sobre os suprimentos desperdiçados e o novo plano de infiltração e o…

O5-1: Então? Use outra força-tarefa.

O5-4: De jeito nenhum. Eu já usei meu mandato porque queria que eles fossem sigilosos. Sem chance. Não vai acontecer.

O5-1: Não conseguimos contato com o Administrador, não conseguimos nem entrar no Sítio, e agora queremos dar um passo atrás? Precisamos colocar a contenção em ordem. Precisamos colocar o interruptor em ordem. E o mais importante, precisamos nos colocar em ordem. O que é tão difícil de entender?

O5-12: Sente-se! Você está agindo como uma criança – uma criança impaciente – e isso já durou o bastante. Estou propondo que anulemos o mandato do Um em favor da pesquisa para estabelecer o melhor vetor para contenção imediata. Quem é a favor?

(A maioria do conselho concorda com O5-12.)

O5-1: Isso é ultrajante. Estamos tão perto, eu sei disso, e agora estamos jogando fora todo o progresso que fizemos. Não podemos deixar isso acontecer.

O5-12: Seus sentimentos não ajudaram até agora. Quatro, uma vez que o 322 esteja totalmente convertido em 7001, acredito que uma operação de drone não tripulado seria o melhor para começar. Podemos seguir em frente assim que tivermos informações suficientes. Todos a favor?

RESUMO DO VOTO DO CONSELHO:

SIM ABESTENÇÃO NÃO
O5-01
O5-02
O5-03
O5-04
O5-05
O5-06
O5-07
O5-08
O5-09
O5-10
O5-11
O5-12
O5-13
STATUS
APROVADO

O5-12: A maioria aceita a moção. Está decidido.

«FIM DO REGISTRO»

Adendo 7001.7: Vigilância por Drone

plague_fart_eater.png

Drones EIT.

Três drones exploradores inteligentes não tripulados (EITs), designados H-EIT, D-EIT e L-EIT, foram adaptados com o Scrooge.AIC, um programa de reconhecimento de padrões.

H-EIT foi encarregado de vigiar áreas com alta concentração de funcionários, enquanto D-EIT vigiava as alas de contenção e L-EIT vigiava os corredores de tráfego de pedestres em todo SCP-7001. Todos os EITs também foram encarregados da prioridade principal para localizar o interruptor do homem morto.

RESUMO DA MISSÃO

DESCOBERTAS DO H-EIT


  • O corredor de funcionários do quarto andar foi invadido por mais de 250 instâncias de SCP-7001-1. Todas as instâncias estavam usando um colar idêntico ao visto em SCP-7001-1A;
  • Uma versão fortemente distorcida do arquivo de áudio descoberto no Adendo 7001.4 tocada no sistema PA durante toda a exploração do H-EIT;
  • Várias entidades humanoides foram descobertas. Esses humanoides pareciam ser duas a três instâncias de SCP-7001-1 fundidas em vários pontos do corpo, geralmente na cintura ou nos braços. Instâncias de SCP-7001-1 não afetadas não parecem notar essa estranheza;
  • SCP-7001-1B foi localizado em uma sala de pânico através do scanner infravermelho do H-EIT. SCP-7001-1B parecia estar deitado imóvel na posição fetal. Na extremidade oposta da sala havia um canino, que se acredita ser SCP-7001-1D, também deitado no chão. Ruídos fracos e angustiados foram ouvidos; não está claro qual parte foi responsável pela aparente confusão;
  • Ocorreram altercações entre instâncias de SCP-7001-1, em que instâncias formavam equipes de quatro a sete membros, incapacitavam outra instância e depois tentavam trancá-las em uma sala. Isso ocorreu aproximadamente uma vez a cada 10-20 minutos. Parecia que as instâncias de SCP-7001-1 esperavam um resultado desconhecido uma vez que a instância alvo fosse contida;
  • Todos os banheiros foram deixados em estado de abandono total, faltando todos os vasos sanitários, pias e mictórios. O encanamento desses acessórios foi anteriormente ligado à água continuamente cuspida;
  • O escritório do diretor Paul Lague parecia ter sido convertido em uma floresta exuberante. As árvores foram alargadas artificialmente e esculpidas de maneira semelhante às estantes de livros.

Ao entrar no escritório, SCP-7001-Lague, que estava escondido entre a folhagem, avistou H-EIT. H-EIT preparou pastilhas tranquilizantes quando SCP-7001-Lague começou a esculpir uma runa defensiva no solo. A explosão de energia deste feitiço fez com que H-EIT perdesse a estabilidade no ar e caísse no chão.

DESCOBERTAS DO D-EIT


D-EIT entrou na ala de contenção Euclídeo/Keter, a maior das unidades de armazenamento de anomalias de SCP-7001. Todas as portas das celas foram destrancadas e várias anomalias estavam vagando pelos corredores. De nota, nenhum parecia ser hostil.

  • D-EIT tentou se conectar aos terminais de segurança de SCP-7001, apenas para descobrir que o sistema desligou doze horas antes desta exploração;
    • Tentativas subsequentes de conexão descobriram que esse sistema nunca existiu;
  • SCP-173 foi encontrado em sua cela com SCP-131 mantendo contato visual direto com ele. A matéria fecal e o sangue se acumularam até uma altura de aproximadamente 30 centímetros;
  • Trancado em uma pequena câmara de contenção estava SCP-527, que estava encolhido contra a porta;
  • Parte da ala foi convertida no que parecia ser a dimensão alternativa primária acessada via SCP-093, onde um grande grupo de 'Little Misters' do Doutor Wondertainment estava jogando um jogo de "A FUNDAÇÃO" com SCP-3301;
  • SCP-6999 estava berrando no sistema de PA de uma única câmara de contenção, onde SCP-6096, SCP-106 e SCP-682 estavam localizados, olhando um para o outro;
  • Todas as TVs de circuito fechado estavam reproduzindo episódios de SCP-4228;
  • Um grande grupo de instâncias mortas de SCP-7001-1 foi encontrado em uma sala de entrevista. No centro, encostado em uma mesa, estava um SCP-049 aparentemente exausto.

Aproximadamente duas horas após esta exploração, várias anomalias tentaram se trancar em câmaras de contenção, parecendo ficar angustiadas e frustradas quando as fechaduras da câmara falharam.

A extremidade da ala de Euclídeo foi convertida de forma anômala em 8 corredores idênticos que se ramificam em uma distância aparentemente infinita. D-EIT prosseguiu pelo terceiro corredor. As paredes pareciam esticadas por uma força desconhecida. Duas horas se passaram. O material das paredes começou a se deformar e se alargar para fora, mudando de material para massa de biscoito crua, depois rocha vulcânica negra, depois diamante e finalmente cinzas brancas.

O corredor continuou a se alargar até que os lados não pudessem mais ser vistos. O D-EIT continuou por aproximadamente 78 minutos até que o que parecia ser o centro dessa extensão fosse localizado. Colocado no chão estava SCP-184. Quando o D-EIT tentou retornar à ala principal, os corredores não estavam mais acessíveis.

DESCOBERTAS DO L-EIT


L-EIT entrou no saguão do primeiro andar, o epicentro de SCP-7001. O piso de ladrilhos estava quebrado em um padrão radial em torno de um grande vazio preto. À medida que L-EIT se aproximava, as partes internas do espaço afundado foram vistas como contendo infinitas cópias espelhadas de SCP-7001 dobrando-se umas sobre as outras em padrões fractais.

O vazio se expandiu lentamente à medida que as paredes e o teto começaram a se projetar em direção a ele. Itens soltos ao redor do saguão começaram a voar em direção à singularidade, circulando acima antes de serem sugados para dentro. L-EIT tentou resistir a essa força até que uma perna de cadeira bloqueou um rotor, fazendo-o girar no vazio, perdendo rapidamente a conexão.

Todos os EITs foram declarados desaparecidos em ação após a conclusão desta missão, pois todas as tentativas de reconexão remota falharam. Acredita-se que o grande vazio descoberto nas descobertas da L-EIT seja uma singularidade centrada exclusivamente em SCP-7001. A taxa de expansão exata desse vazio é atualmente desconhecida, embora pareça exponencial.



RELATÓRIO DE FALHA DE CONTENÇÃO

Os Sítios de Fundação 17, 120, 43, 666 e 54 sofreram violações simultâneas de contenção de várias entidades hostis de classe Euclídeo e Keter. As forças de contenção estão trabalhando para subjugar e re-conter todas as anomalias liberadas. Por ordem dos Supervisores, ogivas nucleares nos Sítios devem ser preparadas para detonação.



Adendo 7001.8: Mensagem do O5-1

Em 1 de março de 2004, O5-1 não reportou no Sítio-01. Este foi inicialmente acreditado para ser um ato de protesto como resultado do voto dissidente do resto do Conselho. No entanto, O5-1 posteriormente transmitiu a seguinte mensagem para todos os terminais da Fundação. Esta mensagem não pôde ser interrompida no prazo de uma hora.

DA MESA DO O5-1

A Fundação está passando por um colapso em massa de nossa infraestrutura de contenção. Em aproximadamente 12 horas, vários Sítios da Fundação podem ser forçados a detonar suas ogivas nucleares para impedir a liberação de inúmeras entidades hostis.

Sítio-19 não existe.

É um meme anômalo que infectou todos os níveis da Fundação que o Conselho Supervisor designou como SCP-7001. Desde sua descoberta, SCP-7001 tem sido responsável pelo colapso exponencial na contenção que experimentamos no último mês. O Conselho Supervisor negligenciou autorizar os procedimentos de contenção imediatos e severos necessários para combater essa anomalia e, como tal, a Fundação como um todo está caminhando para sua destruição.

Apelo a todos os Sítios para iniciarem os procedimentos imediatos de bloqueio e que todos os guardas estejam prontos para sustentar a contenção por todos os meios necessários.

Não vamos cair.

Todos os terminais da Fundação foram posteriormente forçados a ficar offline até que uma nota de acompanhamento do consenso do Supervisor pudesse ser redigida. Todos os Sítios não SCP-7001 cumpriram os procedimentos de bloqueio recomendados. Uma reunião de emergência do Conselho Supervisor foi convocada pelo O5-12. O5-1 não compareceu. Sua última localização conhecida foi localizada via satélite fora do Sítio-322 afetada por SCP-7001.







O5-1 entra em SCP-7001, mas não se encontra dentro da Sítio-19. Em vez disso, ele é recebido por uma pequena sala escura. Um homem — o Administrador — está sentado atrás de uma mesa de madeira cor de âmbar, escrevendo meticulosamente em um bloco de notas. Ele não encontra o olhar confuso do Supervisor.

O5-1: Que diabos?

O Administrador: Sente-se.

O5-1: O que você fez?

O Administrador: Quando você deixa algo como o 19 correr sozinho, isso tende a ter um lado indisciplinado — você acha que eu deixaria um taumaturgo gerenciar um Sítio por minha própria vontade, com essas responsabilidades por aí? Você viu em primeira mão. Sempre foi assim, mas eles fazem bem o seu trabalho.

O5-1: Você deixa ser assim? Huh, você não pode nem controlar seu maior Sítio.

O Administrador: E? Eu deixo você e seus doze amigos serem imortais. Certas… liberdades precisam ser permitidas na minha linha de trabalho. Colocar toda essa loucura no Sítio-19 evita que ela se infiltre no resto de nossas fileiras.

O5-1: Onde está o 19?

(Há um momento de silêncio.)

O Administrador: Eu o desliguei. O 19 não existe mais. Este é simplesmente o meu escritório.

O5-1: Por quê? Por que você faria isso agora, e não desde o início?

O Administrador: Porque eu quero falar com você, Um. Dá-lo uma explicação. Então, podemos conversar?

O5-1: Estamos à beira do colapso. Tenho cinco Sítios preparados para a autodestruição, e você quer conversar?

O Administrador: Eu escolhi você para ser o Supervisor principal por um motivo, Um. O líder precisa se manter firme em suas crenças; uma vez que ele começa a se questionar, o navio afunda. Eu prometo a você, tudo será consertado assim que conversarmos. Eu escolhi você por sua inteligência e suas posições fortes. Uma vez que você entra nesse estado mental, é difícil sair. Uma qualidade admirável.

O5-1: Não preciso dos seus elogios vazios. A bajulação é um truque barato, mesmo para você.

O Administrador: Eu preciso que você entenda que isso é culpa sua, Um. Eu tentei deixar vocês se cansarem, deixar as coisas se acalmarem. Deixar você ver que era inútil e esquecer. Mas não. Eu estupidamente subestimei você.

O5-1: Isso não é minha culpa. Esta é sua bagunça, e você precisa corrigi-la. Passei minha vida limpando para você. A única vez que eu realmente preciso de algo de você, você desaparece.

O Administrador: Você está agindo como se eu não fosse agradecido. Não me entenda mal, eu entendo sua frustração, Um…

O5-1: Não, não. Você me deu o trabalho de manter a ordem, e eu não pude porque você me manteve longe da verdade. Estou farto deste jogo, e estou farto da sua bajulação vazia. O trabalho da sua vida é Segurar, Conter e Proteger, mas você não poderia fazer essas três coisas simples com um segredo sujo, poderia?

O Administrador: Você sabe, é engraçado você falar em Segurar, Conter, Proteger. Essas três palavras são como um evangelho para nós, mas quando a Fundação começou, éramos fracassados. Objetivamente, estávamos falhando. Nossas taxas de rotatividade, deploráveis. Hoje em dia, você sabe como é fácil recrutar um gênio de olhos brilhantes das Ivy Leagues, mas naquela época éramos uma piada. Uma piada brutal.

O5-1: Estávamos começando.

O Administrador: A memória humana não foi feita para durar centenas de anos, então talvez você tenha esquecido. O número de pessoas que queimamos era insuperável; pesquisadores, Classe-D, diretores, ninguém durou. Todos os dias havia uma brecha, grupos anômalos estavam nos atacando a torto e a direito. Durante anos eles vinham e pegavam o que queriam.

O5-1: Eu lembro, eu lembro. Quase fui baleado por um insurgente no meu primeiro ano.

O Administrador: Mesmo assim, é diferente fazer a papelada para um Diretor de Sítio contra estar no topo. Por vinte anos, nós — eu — não conseguimos cumprir essas três palavras simples: Segurar, Conter, Proteger.

O5-1: Não entendo. Isso é tudo que eu tenho tentado fazer no mês passado. Tudo o que fiz foi tentado e falhei, tentei e falhei.

O Administrador: Então você sabe o poder que essas palavras têm. Antes do 19, não tínhamos poder real para falar além de alguns grandes edifícios e algumas grandes gaiolas. Fiz 19 para nos dar a autoridade real tangível sobre contenção que precisávamos.

O5-1: Então, o 19 foi apenas uma farsa – algum tipo de demonstração vazia de poder para intimidar as pessoas?

O Administrador: Não há farsa, e o 19 não foi a única coisa que fiz. Eu fiz o papel do Administrador, uma força estável, secreta e imortal por trás da loucura – Segurar. O Conselho Supervisor, uma equipe das principais mentes dedicadas à nossa causa, que fará de tudo para manter o anômalo dentro da mascara – Proteger. E o Sítio-19, o maior Sítio, sem poupar despesas com funcionários, nossas anomalias, pesquisa e defesa — Conter. As pessoas de fora e de dentro começaram a temer a nós e ao nosso poder percebido, mas o mais importante, eles acreditaram em nós, e foi isso que nos deu nosso sucesso.

O5-1: Pilares físicos.

O Administrador: Isso é o que eu queria, mas… é uma coisa inconstante. Um Sítio-19 foi construído, mas à medida que ficou maior - mais anomalias, mais pessoas - ficou mais instável e se adaptou ao que é agora. Essa quantidade de energia anômala em um lugar, mesmo tão grande quanto o 19, nunca acaba bem. O Sítio-19 é tão real quanto qualquer outro Sítio, mas não existe como qualquer outro Sítio. Eu não tinha escolha, naquele momento. Estava fazendo seu trabalho; nossa infraestrutura de contenção era melhor do que eu jamais poderia imaginar.

O5-1: Por que manter tudo isso em segredo? Todos nós poderíamos ter evitado muitos problemas se, não sei, soubéssemos disso? Todo aquele tempo que perdi enviando forças-tarefa, discutindo e tentando ao máximo consertar tudo foi em vão.

O Administrador: Quando você vê através da fachada, a crença desaparece. Você acha que essas falhas de contenção aparecem magicamente? Essa era a realidade que vivíamos quando começamos. Tudo volta ao acaso.

O5-1: Então o que eu faço agora? Muita gente sabe.

O Administrador: Você pode escolher. Você faz com que todos esqueçam, incluindo você mesmo, sem garantia de que você ou qualquer outra pessoa não o encontrará novamente, ou todos se lembram, e nossa força diminui de volta ao que éramos antes. Solte o controle ou mantenha seu domínio. É a sua escolha.

(Uma breve pausa.)

O Administrador: Assim que eu terminar essa frase, o 19 estará de volta, e você pode decidir sair ou entrar.


Um flash. O5-1 está fora de SCP-7001 em sua última localização conhecida. Ele olha em volta, intrigado, e verifica a hora. 9:54, o mesmo de quando ele chegou.

Rachaduras se formando longo das paredes de SCP-7001. Poeira e escombros estão se acumulando no chão enquanto as vibrações sacodem a área. O Supervisor respira fundo e então marcha para o Sítio.

SCP-7001 está vazio. Balcões, terminais, pessoas e anomalias desapareceram. O som de metal e pedra chocalhando enche os ouvidos de O5-1 enquanto ele caminha pelo saguão de entrada. Rachaduras, formando espirais, padrões fractais infinitos crescem a cada passo dado. Ao longe, o ar ondula, como se uma grande quantidade de energia e calor estivesse sendo expelida.

Enquanto ele prossegue, O5-1 percebe jalecos espalhados ao acaso no chão. Uma mistura cor de ferrugem é vista espalhada pelo corredor. Crachás de identificação, arquivos de anomalias, plantas e notas são todos deixados no chão, rasgados e rachados no mesmo padrão espiral.

O5-1 entra no saguão principal, um enorme panóptico de trinta andares. Ele olha para baixo. O chão foi subsumido por um poço maciço e interminável de escuridão reflexiva. Todo o Sítio está se projetando para essa singularidade como se estivesse sendo sugado, mas tentando resistir.

Ele se move para a beira do poço e se inclina. Um reflexo de SCP-7001 pode ser visto, repetindo-se infinitamente, dobrando-se para dentro e expelindo mais reflexos. As cores mudam de um vermelho profundo para um azul brilhante para cinza e vice-versa. O vidro racha e o metal derrete, depois se forma de volta e repete o processo.

Com um suspiro, o Supervisor fecha os olhos, dá um passo final.



E cai.

Ele se apaixona pelo que parecem horas. Sua figura se reflete infinitamente ao seu redor. Ele olha para eles, e todos olham de volta.

Ele se vê como uma criança, depois como um recruta da Fundação, no dia de sua promoção a Diretor do Sítio, seu primeiro dia como O5-1, a morte de seus pais e a morte de si mesmo.

Ele vê a sala do Conselho Supervisor, vazia e em ruínas. O couro das treze cadeiras está coberto de podridão e mofo. Uma rachadura em espiral cresce na enorme mesa do Conselho. Ele se desfaz em pó e explode.

Ele ouve sua voz gritar a palavra "conter" infinitas vezes até que não passa de uma cacofonia de gritos monótonos.

Há um silêncio repentino.

O vazio começa a ondular, passando de uma massa de cores familiares para uma luz incompreensivelmente brilhante e ardente.

Há escuridão por um momento, e então não há nada.


O5-1 aterrissa.

Ele move as mãos em torno de si, sentindo uma sedosidade suave e maleável ao seu redor, o fim do vazio.

Há um calor confortável ao redor dele. Parece que o Supervisor já esteve aqui antes. Ele sente uma sensação estranha, uma força invisível, a personificação da contenção ao seu redor enquanto ele está no coração do Sítio-19.

Cada gota de sangue derramada durante uma brecha de contenção, cada missão de recuperação bem-sucedida, e cada porta trancada que seus funcionarios fecharam o atinge imediatamente. Uma sensação incompreensível. Esses sentimentos passam rapidamente por ele, nunca dando ao Supervisor um momento para se concentrar.

O Supervisor fica no vazio novamente. Sua mente clareia. A sensação evapora, mas a contenção permanece.

Como por instinto, O5-1 estende a mão e empurra a mão no vazio, e passa.















































Uma reunião do Conselho Supervisor foi agendada para discutir o uso do interruptor do homem morto em todo os funcionários da Fundação e os esforços de reconstrução subsequentes.

REUNIÃO DO CONSELHO SUPERVISOR


«COMEÇO DO REGISTRO»

O5-1: Tudo bem, estamos prontos para começar. Estamos aqui para discutir o incidente da troca do morto no mês passado. Não para apontar o dedo, mas alguém aqui acionou os amnésicos de emergência e eu quero saber por quê.

O5-12: Nove já disse que Jones está investigando o incidente. Até agora o dedo não foi apontado para ninguém.

O5-13: Vamos manter nossas cabeças até que tenhamos algum tipo de evidência. Até lá, precisamos de um esforço total de equipe para manter tudo em ordem.

O5-1: Quer saber, vocês dois estão certos. Esforço da equipe.

O5-4: Eu tenho a Mão Direita Vermelha dividida em equipes de dois para garantir que todos os Sítios estejam em forma. Uuuuh, acho que a maioria dos grupos deve estar de volta até o final da semana. Eles estão me dizendo que tudo está de volta para cerca de cem por cento. O que sabemos é que há um buraco de duas semanas a um mês de informações. O único Sítio que não precisou de algum tipo de reconstrução foi o 19.

O5-1: Tilda comanda um navio apertado por lá, e o 19 está sempre em cima de si mesmos. Isso é esperado. Peça-lhes que distribuam alguns de seus funcionários para Sítios próximos para ajudar, se necessário.

O5-3: Isso parece razoável.

O5-7: Eles têm bastante gente de sobra, estou a bordo.

O5-1: Vou colocar em votação. Propondo que Sítio-19 tenha permissão expressa para auxiliar nos esforços de reconstrução de Sítios próximos.

RESUMO DO VOTO DO CONSELHO:

SIM ABSTENÇÃO NÃO
O5-01
O5-02
O5-03
O5-04
O5-05
O5-06
O5-07
O5-08
O5-09
O5-10
O5-11
O5-12
O5-13
STATUS
APROVADO

«FIM DO RESGISTRO»


Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License