SCP-7006
SCP-7006
Criado porㅤ JazonRMJazonRM
Publicado em 24 Feb 2024 15:42

:root {
    --timeScale: 1;
    --timeDelay: 0s;
}
 
/* Converting middle divider from box-shadow to ::before pseudo-element */
.anom-bar > .bottom-box { box-shadow: none!important; }
.anom-bar > .bottom-box::before {
    position: absolute;
    content: " ";
    width: 100%;
    height: 0.5rem;
    background-color: rgb(var(--black-monochrome, 12, 12, 12));
    transform: translateY(-0.74rem);
}
 
/* DIVIDER */
.anom-bar > .bottom-box::before {
    animation-name: divider;
    animation-duration: calc(0.74s * var(--timeScale));
    animation-delay: calc(0.1s * var(--timeScale) + var(--timeDelay));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: cubic-bezier(.32,.38,.39,.94);
    animation-fill-mode: backwards;
}
 
/* CLASSIFIED LEVEL BARS */
div.top-center-box  > * {
    animation-name: bar;
    animation-duration: calc(0.45s * var(--timeScale));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: ease-out;
    animation-fill-mode: backwards;
}
div.top-center-box > :nth-child(1) { animation-delay: calc(0.2s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
div.top-center-box > :nth-child(2) { animation-delay: calc(0.32s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
div.top-center-box > :nth-child(3) { animation-delay: calc(0.45s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
div.top-center-box > :nth-child(4) { animation-delay: calc(0.61s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
div.top-center-box > :nth-child(5) { animation-delay: calc(0.75s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
div.top-center-box > :nth-child(6) { animation-delay: calc(0.95s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
 
/* TOP TEXT */
div.top-left-box, div.top-right-box {
    clip-path: polygon( 0% -50%, 150% -50%, 150% 100%, 0% 100%);
}
 
div.top-left-box > *, div.top-right-box > * {
    position: relative;
    animation-name: bottomup;
    animation-duration: calc(0.65s * var(--timeScale));
    animation-delay: calc(0.5s * var(--timeScale) + var(--timeDelay));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: ease-out;
    animation-fill-mode: backwards;
}
 
/*-----------------------------------*/
/*-----------------------------------*/
 
/* CONTAINMENT, DISRUPTION, RISK CLASSES */
div.text-part > * {
    clip-path: polygon( 0% 0%, 100% 0%, 100% 100%, 0% 100%);
    animation-name: expand2;
    animation-duration: calc(0.5s * var(--timeScale));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: cubic-bezier(.12,.41,.27,.99);
    animation-fill-mode: backwards;
}
div.text-part > :nth-child(1) {
    animation-name: expand1;
}
div.text-part > :nth-child(1) { animation-delay: calc(0.6s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
div.text-part > :nth-child(2) { animation-delay: calc(0.75s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
div.text-part > :nth-child(3) { animation-delay: calc(0.86s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
 
div.main-class::before, div.main-class::after {
    animation-name: iconslide;
    animation-duration: calc(0.45s * var(--timeScale));
    animation-delay: calc(0.8s * var(--timeScale) + var(--timeDelay));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: cubic-bezier(.12,.41,.27,.99);
    animation-fill-mode: backwards;
}
 /* BOTTOM TEXT */
div.main-class > *,  div.disrupt-class > *, div.risk-class > * {
    white-space: nowrap;
    animation-name: flowIn;
    animation-duration: calc(0.42s * var(--timeScale));
    animation-delay: calc(0.75s * var(--timeScale) + var(--timeDelay));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: ease-out;
    animation-fill-mode: backwards;
}
 
/*-----------------------------------*/
/*-----------------------------------*/
 
/* DIAMOND */
div.arrows {
    animation-name: arrowspin;
    animation-duration: calc(0.7s * var(--timeScale));
    animation-delay: calc(0.6s * var(--timeScale) + var(--timeDelay));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: cubic-bezier(.12,.41,.27,.99);
    animation-fill-mode: backwards;
}
 
div.quadrants > * {
    animation-name: fade;
    animation-duration: calc(0.3s * var(--timeScale));
    animation-delay: calc(1.4s * var(--timeScale) + var(--timeDelay));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: cubic-bezier(.12,.41,.27,.99);
    animation-fill-mode: backwards;
}
 
div.top-icon, div.right-icon, div.left-icon, div.bottom-icon {
    animation-name: nodegrow;
    animation-duration: calc(0.4s * var(--timeScale));
    animation-delay: calc(1.4s * var(--timeScale) + var(--timeDelay));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: cubic-bezier(.12,.41,.27,.99);
    animation-fill-mode: backwards;
}
div.diamond-part {
    clip-path: polygon( -10% 0.37%, 120% 0.37%, 120% 100%, -10% 100%);
    animation-name: diamondBorder;
    animation-duration: calc(0.8s * var(--timeScale));
    animation-delay: calc(0.5s * var(--timeScale) + var(--timeDelay));
    animation-iteration-count: 1;
    animation-timing-function: cubic-bezier(.32,.38,.39,.94);
    animation-fill-mode: backwards;
    will-change: box-shadow;
}
 
/* MOBILE QUERY */
@media (max-width: 480px ) {
    .anom-bar > .bottom-box::before {
        display:none;
    }
    .anom-bar > .bottom-box {
        box-shadow: 0 -0.5rem 0 0 rgb(var(--black-monochrome, 12, 12, 12))!important;
    }
    div.top-center-box  > * {
        animation-name: bar-mobile;
        animation-duration: calc(0.9s * var(--timeScale));
    }
    div.top-center-box > :nth-child(1) { animation-delay: calc(0.1s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
    div.top-center-box > :nth-child(2) { animation-delay: calc(0.2s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
    div.top-center-box > :nth-child(3) { animation-delay: calc(0.3s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
    div.top-center-box > :nth-child(4) { animation-delay: calc(0.4s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
    div.top-center-box > :nth-child(5) { animation-delay: calc(0.5s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
    div.top-center-box > :nth-child(6) { animation-delay: calc(0.6s * var(--timeScale) + var(--timeDelay)); }
 
}
 
/*--- Motion Accessibility ---*/
@media (prefers-reduced-motion) {
    div.anom-bar-container { --timeScale: 0!important; }
}
 
/*-------------------------*/
 
@keyframes divider {
    from { max-width: 0%;  }
    to { max-width: 100%; }
}
 
@keyframes bar {
    from { max-width: 0%; }
    to { max-width: 100%; }
}
@keyframes bar-mobile {
    from { max-height: 0%; }
    to { max-height: 100%; }
}
 
@keyframes bottomup {
    from { top: 100px; }
    to { top: 0; }
}
 
@keyframes expand1 {
    from { opacity: 0; clip-path: inset(0 calc(100% - 0.75rem) 0 0); }
    to { opacity: 1; clip-path: inset(0); }
}
@keyframes iconslide {
    from { opacity: 0; transform: translateX(-5rem); }
    to { opacity: 1; transform: translateX(0); }
}
 
@keyframes expand2 {
    from { opacity: 0; width: 1%; }
    to { opacity: 1; width: calc(100% - 0.25rem); }
}
@keyframes fade {
    from { opacity: 0; }
    to { opacity: 1; }
}
 
@keyframes flowIn {
    from { opacity: 0; transform: translateY(20px); }
    to { opacity: 1; transform: translateY(0); }
}
 
@keyframes arrowspin {
    from { clip-path: circle(0%); transform: rotate(135deg); }
    to { clip-path: circle(75%); transform: rotate(0deg); }
}
@keyframes nodegrow {
    from { transform: scale(0);}
    to {  transform: scale(1);}
}
@keyframes diamondBorder {
    from { box-shadow: -0.5rem -20rem 0 0 rgb(var(--black-monochrome, 12, 12, 12)); }
    to { box-shadow: -0.5rem 0 0 0 rgb(var(--black-monochrome, 12, 12, 12)); }
}
:root {
    --posX: calc(50% - 358px - 12rem);
}
 
/*--- Footnote Auto-counter --*/
#page-content {
    counter-reset: megacount;
}
 
/*--- Footnote Superscript Number --*/
.fnnum {
    display: inline-block;
    text-indent: calc(-1% - 0.1em);
    overflow: hidden;
    line-height: 83%;
    text-decoration: none;
    font-weight: bold;
    font-style: initial;
    color: transparent;
    position: relative; top: -0.25em; font-size: 82%;
    padding: .15em calc(.21em - 0.4px) .12em calc(.11em - 1px);
    margin-left: -0.06em;
    margin-right: -0.25em;
    counter-increment: megacount;
    user-select: none;
}
.fnnum::after {
    content: "" counter(megacount);
    color: var(--fnColor, #E6283C);
}
.fnnum:hover {
    text-decoration: none;
    cursor: pointer;
    background-color: var(--fnColor, #E6283C);
}
.fnnum:hover::after { color: white; }
 
/*--- Footnote Content Wrapper --*/
.fncon {
    position: absolute;
    right: calc(var(--posX) + 80px);
    line-height: 1.2;
    padding: 0.82rem;
    width: 10.3rem;
    background: white;
    border: 2px solid black;
    font-weight: initial;
    font-style: initial;
    text-align: initial;
    pointer-events: none;
    opacity: 0;
    transition: opacity 0.15s linear, right 0.3s cubic-bezier(.08,.72,.5,.94);
    z-index: 9;
}
.fnnum:hover + .fncon {
    opacity: 1;
    right: var(--posX);
}
.fncon::before {
    position: absolute;
    top: 0; left: 0;
    transform: translateX(-52%) translateY(-55%) scale(1.15);
    background-color: var(--fnColor, #E6283C);
    color: white;
    content: counter(megacount);
    font-size: initial;
    font-weight: bold;
    font-style: initial;
    padding-left: 0.32em; padding-right: 0.32em;
    padding-top: 0.18rem; padding-bottom: 0.08rem;
}
 
/*--- Mobile Query --*/
@media only screen and (max-width: 1279px) {
    .fncon {
        position: fixed;
        bottom: 1.3rem;
        left: calc(11% - 50px);
        width: 70%;
        transition: opacity 0.15s linear, left 0.3s cubic-bezier(.08,.72,.5,.94);
    }
    .fnnum:hover + .fncon {
        left: 11%;
     }
}
avaliação: 0+x

O que isto é

Um monte de 'melhorias' de CSS variadas que eu, CroquemboucheCroquembouche, uso em um monte de páginas porque eu acho que as faz mais fáceis de lidar.

As mudanças que este componente faz são um monte de modificações realmente triviais para facilitar a experiência de escrita e para tornar a documentação de componentes/temas um pouco mais fácil (o que eu faço muito). Não muda nada sobre a página visualmente para o leitor — as mudanças são para o escritor.

Eu não esperaria que traduções de artigos que usem este componente também usem este componente, a menos que o tradutor goste e queira usá-lo de qualquer maneira.

Este componente provavelmente não conflitará com outros componentes ou temas, e mesmo se o fizer, provavelmente não importará muito.

Uso

Em qualquer wiki:

[[include :scp-pt-br:component:croqstyle]]

Este componente é feito para ser usado em outros componentes. Ao usar em outro componente, certifique-se de colocar isto dentro do bloco [[iftags do componente, para que usuários do seu componente não sejam forçados a também usar Croqstyle.

Componentes relacionados

Outros componentes de estilo pessoal (que mudam só algumas coisas):

Temas de estilo pessoal (que são revisões visuais):

Mudanças CSS

Notas de rodapé de tamanho razoável

Impede que notas de rodapé tenham um milhão de quilômetros de comprimento, para que você possa lê-los.

.hovertip { max-width: 400px; }

Edição/código monoespaçado

Deixa a caixa de texto de edição monoespaçada, e também muda todo o texto monoespaçado para Fira Code, a fonte de monoespaço obviamente superior.

@import url('https://fonts.googleapis.com/css2?family=Fira+Code:wght@400;700&display=swap');
 
:root { --mono-font: "Fira Code", Cousine, monospace; }
#edit-page-textarea, .code pre, .code p, .code, tt, .page-source { font-family: var(--mono-font); }
.code pre * { white-space: pre; }
.code *, .pre * { font-feature-settings: unset; }

Fundos de teletipo

Adiciona um fundo cinza claro a elementos <tt> ({{texto}}), para que fragmentos de código se destaquem mais.

tt {
  background-color: var(--amostrar-algumacoisa-bhl-sla-vou-consertar-depois, #f4f4f4);
  font-size: 85%;
  padding: 0.2em 0.4em;
  margin: 0;
  border-radius: 6px;
}

Sem mais caras grandes

Impede que fotos grandes apareçam quando você passar o cursor sobre a imagem do avatar de alguém, porque são estúpidas e muito irritantes e é possível apenas clicar nelas se você quiser ver a versão grande.

.avatar-hover { display: none !important; }

Quebra quebra

Qualquer texto dentro de um div com classe nobreak tem quebra de linha acontecendo entre cada letra.

.nobreak { word-break: break-all; }

Cores de código

Acrescenta as cores de código do meu terminal como variáveis. Talvez eu mude isto para um tema de terminal mas comum como Monokai ou algo eventualmente, mas por enquanto é só o meu tema pessoal, que é derivado de Tomorrow Night Eighties.

Também, adicionar a classe .terminal a um bloco de código falso como [[div class="code terminal"]] lhe dá uma aparência meio pseudo-terminal com um fundo preto. Não funciona com [[code]], porque o Wikidot insere um monte de realce de sintaxe que não é possível mudar sem um monte de CSS. Use-a somente para fragmentos de código sem [[code]].

Ferramenta rápida para colorir um exemplo de uso de componente Wikidot 'padrão' com as vars acima: link

:root {
  --c-bg: #393939;
  --c-syntax: #e0e0e0;
  --c-comment: #999999;
  --c-error: #f2777a;
  --c-value: #f99157;
  --c-symbol: #ffcc66;
  --c-string: #99cc99;
  --c-operator: #66cccc;
  --c-builtin: #70a7df;
  --c-keyword: #cc99cc;
}
 
.terminal, .terminal > .code {
  color: var(--c-syntax);
  background: var(--c-bg);
  border: 0.4rem solid var(--c-comment);
  border-radius: 1rem;
}

Modo depuração

Desenhe linhas em volta de qualquer coisa dentro de .debug-mode. A cor das linhas é vermelha mas se submete à variável CSS --debug-colour.

Você também pode adicionar div.debug-info.over e div.debug-info.under dentro de um elemento para anotar as caixas de depuração — porém você precisará certificar-se de deixar espaço vertical suficiente para que a anotação não sobreponha a coisa em cima ou embaixo dela.

…assim!

.debug-mode, .debug-mode *, .debug-mode *::before, .debug-mode *::after {
  outline: 1px solid var(--debug-colour, red);
  position: relative;
}
.debug-info {
  position: absolute;
  left: 50%;
  transform: translateX(-50%);
  font-family: 'Fira Code', monospace;
  font-size: 1rem;
  white-space: nowrap;
}
.debug-info.over { top: -2.5rem; }
.debug-info.under { bottom: -2.5rem; }
.debug-info p { margin: 0; }
/* source: http://ah-sandbox.wikidot.com/component:collapsible-sidebar-x1 */
 
#top-bar .open-menu a {
        position: fixed;
        top: 0.5em;
        left: 0.5em;
        z-index: 5;
        font-family: 'Nanum Gothic', san-serif;
        font-size: 35px;
        font-weight: 700;
        width: 30px;
        height: 30px;
        line-height: 0.9em;
        text-align: center;
        border: 0.2em solid #888;
        background-color: #fff;
        border-radius: 3em;
        color: #888;
}
 
@media (min-width: 768px) {
 
    .mobile-top-bar, #top-bar .open-menu {
        display: block;
    }
 
    .mobile-top-bar li {
        display: none;
    }
 
    #main-content {
        max-width: 708px;
        margin: 0 auto;
        padding: 0;
        transition: max-width 0.2s ease-in-out;
    }
 
    #side-bar {
        display: block!important;
        position: fixed;
        top: 0;
        left: -20em;
        width: 17.75em;
        height: 100%;
        margin: 0;
        overflow-y: auto;
        z-index: 10;
        padding: 1em 1em 0 1em;
        background-color: rgba(0,0,0,0.1);
        transition: left 0.4s ease-in-out;
 
        scrollbar-width: thin;
    }
 
    #side-bar:target {
        display: block;
        left: 0;
        width: 17em;
        margin: 0;
        z-index: 10;
    }
 
    #side-bar:target .close-menu {
        display: block;
        position: fixed;
        width: 100%;
        height: 100%;
        top: 0;
        left: 0;
        z-index: -1;
    }
 
    #top-bar .open-menu a:hover {
        text-decoration: none;
    }
 
    .close-menu {
        margin-left: 19.75em;
        opacity: 0;
    }
}

teader.jpg

.

SCP-7006

avaliação: 0+x

Pular para o menu


ITEM Nº: SCP-7006

NÍVEL-

CLASSE DE CONTENÇÃO: RADIX

CLASSE DE DISRUPÇÃO: AMIDA

ITEM: SCP-7006

LEVEL-

CONTAINMENT
CLASS:
RADIX

DISRUPTION
CLASS:
AMIDA

d20.jpg

Um dado icosaédrico (d20), frequentemente usado como parte do Ritual-7006.


triadcouncil.svg

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS DE CONTENÇÃO: SCP-7006 é mantido através da realização anual do Ritual da Absolução (Ritual-7006). O Ritual-7006 deve ser realizado exatamente uma vez por ano, conforme detalhado neste documento.

Se o Ritual-7006 for realizado sem sucesso, a Fundação deverá agir de acordo com os procedimentos de emergência de Nível Gamma até a chegada do próximo ano.

Devido à sua profunda ligação à Fundação. Radix: Item foi integrado à estrutura do comando da Fundação. , informações sobre SCP-7006 e Ritual-7006 devem ser mantidas em segredo. Grupos de Interesse externos à Fundação tendo conhecimento sobre SCP-7006 é considerado uma falha no Protocolo da Máscara.

No caso de o Ritual-7006 perder sua potência, taumatologistas da Fundação serão contratados para projetar uma variante nova e bem-sucedida dele o mais rápido possível.

A data atualmente dedicada à conclusão do Ritual-7006 é 1º de agosto.

DESCRIÇÃO: SCP-7006 é um poderoso vínculo taumatúrgico que liga intimamente a Fundação SCP a três entidades conceituais existentes fora da realidade normativa, mantidas e fortalecidas pelo Ritual da Absolução.

Estas três entidades — classicamente referidas como Trindade das Absolutas (ou: a Trindade; as Absolutas) — exercem coletivamente uma influência formidável e generalizada nos assuntos e atividades cotidianas da Fundação em geral; isso se estende às seguintes áreas:

  • Esforços de contenção
  • Práticas ritualísticas
  • Práticas taumatúrgicas
  • Inovação paracientífica
  • Práticas estratégicas
  • Processos burocráticos
  • Segurança interna e externa
  • Práticas defensivas

e mais.

A influência exercida nas áreas de atividade da Fundação acima mencionadas é, notoriamente, totalmente positiva - embora um relacionamento suficiente entre a Fundação e a Trindade seja mantido através do Ritual-7006, os esforços da Fundação irão, aparentemente por acaso, produzir resultados frutíferos.

Embora a história completa de SCP-7006 e da Trindade com a Fundação não seja conhecida, entende-se que esse vínculo agiu como um benefício de longa data durante quase toda a existência de nossa organização. Enquanto SCP-7006 é mantido, a Fundação floresce. Presume-se que a presença do vínculo seja responsável por impulsionar a Fundação aos grandiosos sucessos logísticos que conhece hoje.

Se o Ritual-7006 não for realizado durante um determinado ano, ou falhar, os efeitos positivos de SCP-7006 começarão a diminuir; isso progride anualmente por um período desconhecido, presumivelmente terminando com a rescisão total do título. Segundo registro, isso nunca ocorreu.

Não se sabe o que tal evento implica.


RITUAL-7006: Ritual-7006 (Ritual da Absolução, Cerimonia da Absolução, A Providência) é uma procissão taumatúrgica ornamentada que altera a probabilidade (também conhecida como 'sorte', 'chance', 'acaso' ou 'destino') para favorecer a missão de Segurança, Contenção e Proteção da Fundação. Isto é conseguido através de uma série de ritos que envolvem vários itens, eventos, sigilos, significantes e superstições de “sorte” ou “azar”. Entre eles estão os seguintes:

ritual.png

Ritual-7006, conforme expresso por meio de notação iconográfica recursiva.

  • A realização de sorteio entre funcionários selecionados da Fundação; o vencedor recebe um prêmio em dinheiro e o bilhete vencedor é dividido em sétimos.
  • Queima de quarenta trevos de quatro folhas no topo de uma pira ritual, que utiliza 1/7 do referido bilhete de loteria como combustível.
  • Jogar uma moeda de ouro até que ela dê cara dez vezes seguidas e, em seguida, morder a moeda para que ela se dobre ao meio.
  • A aposentadoria temporária de um membro do Conselho O5, para que o Conselho tenha doze em vez de treze.
  • Não realizaremos nenhum trabalho na Sexta-feira 13.
  • Rolar dados feitos de materiais mágicos, como ossos humanos e meteoritos, e destruir esses dados que rolam abaixo de sua mediana em mais de 50% do tempo previsto.
  • Performance do Ritual-7006-Diretor.

DIRETOR: Ritual-7006-Diretor é um rito único em que as condições de cada Absoluta são alegoricamente apaziguadas dentro de um ambiente ficcional construído. O desempenho do Ritual-7006-Diretor é de longe a parte mais difícil e variável do Ritual-7006, pois para que seja eficaz deve haver uma possibilidade não negligenciável de falha.

Ritual-7006-Diretor faz uso de um framework de role-playing recuperado pela Fundação de uma sociedade anômala de "jogos de guerra" que operava na Inglaterra durante o final do século XIX. Levemente alterada pelos taumatologistas da Fundação para atender às necessidades do Ritual-7006, este framework provou ser imensamente eficaz no cumprimento das necessidades simbólicas e ritualísticas da Trindade em um ambiente com um nível eficientemente baixo de consequências físicas imediatas.

Através do 7006-Diretor, os ritualistas desempenham o papel de Avatares, formando juntos um "grupo" fantástico que representa coletivamente a Fundação, embarcando em três missões que representam as qualidades de cada Absoluta. O sucesso nessas missões (doravante chamadas de “módulos”) contribui para a eficiência do Ritual-7006; se um ou mais falharem, isso provavelmente fará com que o Ritual-7006 como um todo falhe ou fique enormemente enfraquecido.


sigil.jpg

Performances do Ritual-7006-Diretor acontecem em cima de um símbolo da Fundação.


CONJUNTO DE REGRAS: Uma forma condensada das regras do Ritual-7006-Diretor foi fornecida abaixo; para uma versão completa, o funcionário pode consultar este documento.

7006-Diretor

GUIA OFICIAL

HABILIDADES:
FOR: Fisicalidade, combate e resistência.
DES: Velocidade, furtividade e precisão.
CTRL: Determinação, charme e estranheza.


SALVAMENTOS:
Role um d20 que gere um valor equivalente ou inferior à Habilidade do alvo. O grupo que corre maior risco em uma ação contestada faz um salvamento.


PROTEÇÃO DE HIT OU HP:
HP reflete a habilidade de um Avatar de evitar danos (tanto de Dano quanto de Estresse).


CURA:
Um descanso rápido restaura totalmente o HP, mas pode deixar os Avatares expostos. Perda de Habilidade requer uma semana de descanso com intervenção médica ou meios mágicos.


PRIVAÇÃO:
Privação impede que um Avatar recupere HP. Ficar privado por mais de 24 horas adiciona Fadiga ao inventário de um Avatar. Fadiga ocupa um slot e permanece até poder se recuperar. Isso pode ocorrer várias vezes.


INVENTÁRIO:
Cada avatar tem 10 slots de inventário. A maioria dos itens ocupa um slot. Itens Volumosos ocupam dois slots e são desagradáveis ou difíceis de transportar. Todos os 10 slots estando em uso reduzem o HP para 0.


MAGIA:
Um novo feitiço é criado toda manhã. É aleatório ou é uma cópia do dia anterior. Os feitiços ocupam um espaço de item. Feitiços custam uma ação para serem lançados. Pode-se tentar salvar CTRL para reter o feitiço. Se privado ou em perigo, um salvamento de CTRL pode ser necessária para evitar consequências terríveis. Veja essa tabela para mais detalhes.


AÇÕES:
Durante seus turnos, Avatares podem se mover até 12 metros e realizar uma única ação. As ações podem consistir em lançar um feitiço, atacar, movimentação adicional ou alguma outra ação razoável. Estes ocorrem simultaneamente.

Retirar-se de uma situação condenada requer um salvamento de DES bem-sucedida e um destino seguro.


Para a rodada de Início do Combate, os Avatares devem passar por um teste de DES para agir.

Os turnos subsequentes têm jogadores agindo e depois adversários.

COMBATE:
Todos os ataques acertam automaticamente. Atacantes rolam seus dados de Estresse ou Dano, subtraem quaisquer proteções de Armadura (Dano) ou Estabilidade (Estresse) e distribuem o total restante ao HP do oponente. Excesso de dano é causado ao STR e o excesso de estresse é causado ao CTRL.

Se houver Múltiplos atacantes, ou um usando duas armas, jogue todos os dados de dano juntos e mantenha o dado mais alto.

Ataques desarmados sempre causam 1d4 de dano. Ataques prejudicados (posição de fraqueza) reduzem o dado de dano para 1d4. Atirar com cobertura é considerado prejudicado. Ataques aprimorados (posição de vantagem) aumentam o dado de dano para 1d12. Explosão afeta todos os alvos de área, rolando separadamente para cada um.


DANO:
O dano que exceder o HP restante aplica o excesso à FOR. Eles devem então fazer um salvamento de FOR para evitar danos críticos. Fracasso os tira do combate, morrendo se não forem tratados.

Ter FOR 0 significa morte; ter DEX 0 é paralisia; ter CTRL 0 significa que eles estão perdidos.


ESTRESSE E CONSEQUÊNCIAS:
O Ritualista escolhe na tabela Consequências de Estresse quando:

  • Estresse reduz o HP de um Avatar para exatamente 0.
  • Um Avatar sofre Estresse Crítico (quando ele falha em um salvamento de CTRL após sofrer dano de Habilidade)

Cada entrada das Consequências de Estresse:

  • Só pode ser escolhida uma vez na mesa (a menos que indicada).
  • Consome um slot de inventário.


eWDyiW4.png

Ilustração dos seis Avatares preparados para a performance do 7006-Diretor deste ano.

AVATARES: O Ritual-7006-Diretor deve ser realizado com dois a seis Avatares pré-construídos (personagens dos jogadores, membros do grupo) criados usando o sistema de jogo, representando coletivamente aspectos da Fundação. Esses Avatares são atualizados anualmente para se adaptarem às mudanças nas circunstâncias do ano anterior. A documentação do jogo relacionada aos Avatares atualmente em circulação pode ser encontrada abaixo.


* * *

"Temos tudo a perder, mas tudo a ganhar. Cada vez que testamos a nossa sorte, aproximamo-nos do esquecimento – mas a inação leva-nos para a escuridão.

Nosso poder repousa sobre um ponto de intervenção divina. Precisamos ter certeza de que essa precisão permaneça exatamente onde está, para o nosso bem."

- O Administrador
1 de Agosto de 1930


ASSEGURAR- CONTER - PROTEGER


PREPARANDO MÓDULOS …

A Parábola do Diretor

Que jogos os deuses jogam?
O trovão é o barulho dos dados em um copo?
O vento é o movimento de seus braços enquanto tiram uma carta?
Os terremotos são a mudança de seu tabuleiro?
Vivemos e morremos por seus caprichos?

Seus caprichos, pensávamos, estavam fora de nosso controle.
Mas então, nas profundezas dos arquivos, encontramos:
Seu livro de regras.
Quem o lê conhece o horror que se esconde em espaços demasiado liminares.

Que jogos os deuses jogam?
Eles jogam com nossas vidas.

E se o trovão for apenas um som seguindo a luz?
E se o vento estiver apenas frio depois do calor?
E se os terremotos forem apenas a Terra, em um acesso de raiva?

A dúvida é comum, nas Fundações da realidade.
É por isso que buscamos a Absolução.

MÓDULOS CARREGADOS.

BOA SORTE.

securement-symbol.png
containment-symbol.png
protection-symbol.png

NOTA: É altamente recomendável que os ritualistas operem o Ritual-7006-Diretor em um dispositivo desktop compatível. Dispositivos portáteis não são recomendados.


Se todos os módulos forem concluídos, os ritualistas podem continuar:

Voltar para o topo


Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License