SCP-735
avaliação: +1+x
insultbox.jpg

SCP-735

Item nº: SCP-735

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-735 deverá ser armazenado em uma cela trancada no Sítio de Pesquisa 14, com acesso permitido apenas a funcionários com Acesso de Nível 2 ou superior submetidos a uma sessão de terapia preparatória para interagir com o objeto.

Descrição: SCP-735 foi descoberto em ███████, ████████, em meio os pertences de ████ █████ quando seu corpo foi encontrado, após o indivíduo ter cometido suicídio. O SCP em questão possui a aparência de uma caixa construídda de uma liga similar a aluminio polido, porém de composição desconhecida, com uma fenda em um dos lados, na qual é possível se ouvir som sendo transmitido pela fresta. Quando mensurado, foi descoberto que o objeto emitia pulsos magnéticos de baixo nível que se intensifcam na presença de seres humanos. Nenhuma energia externa é requirida, nem existem mecanismos de interação na superfície da caixa.

Ao entrar em contato com pele de um ser humano vivo, SCP-735 irá se ativar e começará a discutir com a pessoa que tocou o objeto. A discussão é imediata, intensamente hóstil, e de natureza pessoal. O aparato aparentemente possuí a finalidade de incitar a pessoa em questão a se irritar, da maneira mais rápida o possível. Os meios de alcançar tal objetivo ocorrem primáriamente expressando profanidades sobre, e abusando do indivíduo verbalmente, da maneira, aparentemente, mais eficiente à causar disconforto ao indivíduo. Em exemplo, durante a conversa relatada do Adendo 735a, a gravação da matriz vocal do aparato soava como um homem enraiveicido de meia-idade com um sotaque típico da região de New Jersey. SCP-735 é capaz de conversar com qualquer sujeito, em qualquer idioma e dialeto conhecidos, mas possui a tendência de utilizar características possuem maior capacidade de transtornar o sujeito que interagir com o objeto.

O efeito colateral mais notável é que a interação com o objeto aumenta a adrenalina no sistema do indivíduo, de forma superior em comparação a níveis que seriam produzidos em situações similares (um experimento foi realizado, utilizando cobaias de Classe-D; indivíduos foram submetidos a dois aparatos, SCP-735, e outra caixa idêntica possuíndo um transmissor de voz em seu interior transmitindo uma conversa entre o sujeito, e outro indivíduo). Adicionalmente, o aparato aparenta possuir algum tipo de habilidade psíquica, visto que é capaz de referenciar experiências, personalidade, e aparência do sujeito em questão, apesar de não ter tido qualquer contato anterior, ou possuir receptores visuais.

Os resultados mais típicos da interação com o objeto apresentam o indivíduo sendo reduzido a um estado incoerente de raiva, seguido imediatamente de tentativas de destruição do SCP. Enquanto as tentativas ocorrem, o aparato incitará o sujeito a continuar, chamando a atenção sobre a futilidade das ações do indivíduo. Devido a resistência da liga, nenhuma tentativa de destruir o objeto obteve sucesso.

As razões para este comportamento são desconhecidas, apesar de existirem teorias. Dr. █████, o último pesquisador associado ao SCP-735, opinou que o objeto talvez esteja testando os sujeitos que interagem com ele. Outra teoria é que SCP-735 contém uma inteligência artificial que é autoconsciente, e está tentando cometer "suicídio" com a ajuda de outrem.

Adendo 735a: O relatório a seguir é uma transcrição da entrevista com SCP-735 pelo Dr. █████.

Dr. █████ (ativando SCP-735 por contato táctil): Olá, 735.

735: Ah, é você, █████, seu gordo [expletivo]. O que [expletivo] você quer?

Dr.: Eu estou aqui para continuar a entrevista de onde o Dr. ██████ encerrou-a com você.

735: Ah, aquele [expletivo] [expletivo], eu espero que ele esteja se divertindo naquela cela, aquele [expletivo]. Você quer se juntar a ele para [expletivo] o [expletivo] dele?

Dr.: Não, estou aqui hoje para falar sobre você.

735: Ah é, uma [expletivo]? Sobre o quê? Sobre o fato de que o ████████ (um colega de trabalho de Dr. █████) têm [expletivo] a sua esposa pelos últimos dois meses?

Dr.: Isso não é verdade, e você sabe disto. De qualquer forma, como eu mencionei, eu estou aqui para falar sobre você, não eu.

735: Ah, certo. Sobre como sua pipa não subiu ontem a noite, mesmo quando aquela gorda [expletivo] (a esposa de Dr. █████) estava [expletivo] seu [expletivo] com uma [expletivo] enquanto aquela pornografia de [expletivo] [expletivo] [expletivo] estava ligada? Veja, eu sempre soube que você era um [expletivo] [expletivo].

Dr.: (ficando visivelmente agitado): Tudo bem, isso aí foi desnecessário.

735: Como o fedor vindo de você? Meu Deus, não me admira que a sua esposa [expletivo] [expletivo] está te traindo, você parece um [expletivo] de carcaça de búfalo, seu eunuco. Você sabia que a lingua dela está ao redor do [expletivo] do ████████ neste momento? Ela adora [expletivo] no dele. Ela nunca faria algo assim para você, seu [expletivo] hirsuto e inchado. Mas tudo bem, você gosta de ser [expletivo] por homens mesmo, seu [expletivo].

Dr.: Cala a boca! Cale a boca! Eu trabalho neste buraco o dia todo só para pagar aquela casa que ela me fez comprar. Eu não tenho culpa de não ter tempo para ir para a academia.

735: Ah, seu [expletivo] miserável, fazem cinco anos que você não vê seu [expletivo], já está tarde para ir a academia. E você não ganha dinheiro o suficiente para satisfazer aquela [expletivo], é por isso que o ████████ comprou para a [expletivo] da sua esposa aquela blusa nova semana passada.

Dr.: Ela disse que estava em liquidação!

735: Isso que ela diria mesmo. Ela é uma [expletivo] mentirosa e você é um [expletivo] patético por acreditar nela.

Dr.: SEU FILHO DA [expletivo]! RETIRE JÁ O QUE DISSE!

735: Como você devolveu aquele carro que você comprou por que a sua esposa [expletivo] mandou você fazer? Jesus, ela está com um açoite amarrado no seu pescoço, seu [expletivo].

Dr.: SEU [expletivo]! FILHO DA [expletivo], EU VOU MATAR VOCÊ!

Dr. █████ pegou SCP-735 e começou a bater com o objeto contra a parede repetidmente, antes de lança-lo ao chão, e chutá-lo até o outro lado da sala.

735: HA HAAAAA! SEU [expletivo] FRACOTE de [expletivo], BATA EM MIM! VAI MAIS FORTE, seu [expletivo]! Você é um [expletivo] de um humano fracote, como o resto deles! Não serei uma de suas [expletivo] imundas quando os Reavers1 finalmente chegarem aqui!

Dr.: (ainda atacando SCP-735 fisicamente): VAI SE [expletivo]! [expletivo]!

(Neste ponto da gravação, funcionários da equipe de segurança da guarnição do objeto entram na sala e removem o Dr. █████.)

735: Você bate como uma garotinha.

(A gravação é encerrada.)

Adendo 735b: Após este incidente, a associação do Dr. █████ com o projeto 735 foi terminada.

Adendo 735c: Foi submetida uma proposta pelo Dr. █████████ para aplicar SCP-1331 ao SCP-735 numa tentativa de reduzir ou neutralizar seu efeito. Esta proposta está sendo revisada pelo Comitê de Ética, e a administração do Sítio-14.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License