SCP-736
avaliação: 0+x
japeto.jpg

Foto de Jápeto obtida pela sonda Cassini

Item nº: SCP-736

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: A observação direta de SCP-736 deve ser sincronizadas por meios ativos de inteligência da Fundação na European Space Agency, National Aeronautics and Space Administration, China National Space Administration e Russian Federal Space Agency. A próxima missão para a observação pela atenta de SCP-736 está prevista para 2022, e foi projetada para ser um objetivo clandestino da ciência para o projeto Jupiter Icy Moon Explorer da European Space Agency. A observação do telescópio terrestre de Jápeto e do sistema de Saturno deve ser continuado em todos os momentos.

Todos os principais centros de pesquisa e de universidades de astrofísica devem ser monitorados pelo Escritório de Anomalias Celestes da Fundação para o conhecimento de SCP-736. Durante os eventos de SCP-736, o tráfego na internet deve ser monitorado em busca de relatos de irregularidades na órbita de Jápeto. Nos casos em que os pesquisadores não pertencentes à Fundação identificaram SCP-736, os protocolos de anistia e supressão de informações estão autorizados a impedir o amplo conhecimento da comunidade científica.

Descrição: SCP-736 é uma anomalia que afeta a lua de Saturno; Jápeto. Por breves períodos que duram geralmente vários dias, a órbita de Jápeto é espontaneamente alterada por medidas de excentricidade, período orbital, ou ambos. A órbita de Jápeto volta ao seu estado documentado após essas mudanças espontâneas. Modelos de órbitas temporárias consistem quase inteiramente de Jápeto em deslocamento orbital, e na maioria dos cenários é projetado para colidir com Saturno (e, dependendo da projeção, pode também colidir com outras luas de Saturno) em algum período dentro dos próximos 150-300 anos. Essas órbitas projetadas estão todas em violação direta dos modelos matemáticos e princípios físicos clássicos e relativísticos, que não prevêem um decaimento na órbita de Jápeto devido a efeitos de maré ou radiação gravitacional.

Além disso, mudanças na excentricidade e no período orbital de Jápeto não ocorrem de maneira constante. Em vez disso, essas mudanças ocorrem em taxas diferentes e em intervalos relativamente grandes. Desde que a análise de SCP-736 começou em 2007, os pesquisadores registraram 159 variações na taxa de deslocamento orbital de Jápeto.

A análise estatística de tendências nas mudanças em SCP-736 e vários resultados da modelagem computacional da órbita de Jápeto revelou que as mudanças no seu deslocamento orbital não ocorrem aleatoriamente. Em vez disso, as variações ocorreram em grupos, centradas em torno do que parece ser um conjunto central de valores numéricos e uma série de calibrações para realizá-los. Até o momento, 8 órbitas distintas foram observadas em Jápeto.

Acredita-se que SCP-736 seja controlado por uma entidade inteligente. Em 10 de setembro de 2007, durante o sobrevôo da Cassini-Huygens em Jápeto, a espaçonave fez comunicação por uma fonte então desconhecida de transmissões de rádio. A análise de telemetria revelou que fonte é localizada na superfície de Jápeto. Os recursos da Fundação dentro da NASA imediatamente apreenderam informações transmitidas da fonte e iniciaram uma campanha de supressão das informações. Aproximadamente 8,2 terabytes de dados foram transmitidos da superfície de Jápeto em um período de 12 segundos. A análise dos dados foi inconclusiva, pois a maioria parecia ser configurações aleatórias de valores numéricos representados por uma série de tons repetitivos. No entanto, a transmissão serviu como evidência de uma presença inteligente e tecnologicamente avançada em Jápeto. Todas as tentativas de comunicação da equipe da Fundação até agora foram sem respostas.

Registro de Pesquisa 736-4: Lista de Simulações de Deslocamento Orbital de Jápeto
Data do Modelo Variação da Excentricidade Variação de Período Tempo Previsto Para o Evento do Impacto Inicial Resultados Notáveis
04/22/2007 -.000382 .34 d 289 anos, 4 meses, 11 dias Jápeto colide com Saturno, causando uma leve mudança na órbita de Saturno, sem outros efeitos nos outros corpos celestes.
11/02/2007 -.000512 .77 d 244 anos, 8 meses, 23 dias Jápeto quase alcança Dione antes de causar um impacto com Saturno, causando pequenas mudanças nas órbitas de Dione e Saturno, sem outros efeitos nos corpos celestes.
07/17/2008 -.000883 1.23 d 231 anos, 5 meses, 2 dias Jápeto consegue passar perto de Dione e Tétis antes do impacto com Saturno, causando grandes mudanças na órbita de Tétis e influenciando seu tempo de deslocamento orbital.
01/08/2009 -.000919 1.59 d 216 anos, 11 meses, 8 dias Jápeto colide com Reia antes do impacto com Saturno, resultando em variações generalizadas nas órbitas da maioria das luas de Saturno. Consequentemente, a órbita de Saturno se alterou significativamente.
05/31/2009 -.001255 2.70 d 201 anos, 5 meses, 18 dias Jápeto colide com Titã antes do impacto com Saturno. Órbitas de Titã e Saturno sofrem pequenas variações, mas, por outro lado, não afetam os outros corpos celestes.
06/01/2010 -.005928 8.13 d 175 anos, 3 meses, 9 dias Jápeto colide com Titã, resultando grandes mudanças para a órbita de Titã. O modelo prevê a quebra subseqüente na órbita titânica e a ejeção de Titã do sistema saturnal em aproximadamente 38 anos. A trajetória da saída de Titã eventualmente a coloca para fora do sistema solar.
12/25/2010 -.006012 9.01 d 168 anos, 7 meses, 30 dias Jápeto colide com Titã, resultando grandes mudanças para a órbita de Titã. O modelo prevê a quebra subseqüente na órbita titânica e a ejeção de Titã do sistema saturnal em aproximadamente 24 anos. A trajetória da órbita de Titã prevê uma colisão com Marte em 2209.
11/13/2011 -.007299 11.11 d 152 anos, 2 meses, 3 dias Jápeto colide com Titã, resultando grandes mudanças para a órbita de Titã. O modelo prevê a quebra subseqüente na órbita titânica e a ejeção de Titã do sistema saturnal em aproximadamente 22 anos. A trajetória da órbita de Titã prevê um encontro próximo com a Terra em 2258, passando dentro de 800.000 km. Nota: O evento SCP-736 anterior a este modelo foi acompanhado por uma transmissão direcionada a um ponto de escuta prioritário da Fundação na Costa Rica, nas proximidades de Jápeto. A transmissão consistiu no que os analistas apontam como sendo uma representação do numeral 7,048 bilhões repetido 17 vezes, seguido do numeral 0 repetido 17 vezes.
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License