SCP-800

Item nº: SCP-800

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-800 é mantido em um container de vidro selado hermeticamente, de tamanho 50cm x 200cm x 2cm. Defesas reacionárias padrão (explosivas, químicas, biológicas e meméticas) devem ser mantidas a todo o tempo, de acordo com o procedimento operacional padrão. Nenhum mantimento é necessário no SCP-800 em si, apesar da sua idade aparente, mas o container deve ser limpado de pó e sujeira a cada seis (6) dias. Nenhuma tinta, material de escrita ou fluidos que podem causar manchas devem entrar em contato com o SCP-800, exceto em testes sob condições controladas, mediante aprovação de nível O5.

eagle%20painting.jpg

Descrição: SCP-800 é um pergaminho de papel do Leste Asiático, de 42cm x 166cm, com pinturas de estilo e sujeito variáveis. Datação radiométrica determinou que ele provém do meio do século XIX. SCP-800 atualmente aparece como uma pintura em tinta de dois guerreiros coreanos colocados um em cima do outro; O de cima com um arco e o de baixo com uma espada estilo saingeom. O estilo da pintura é similar a artes da dinastia Joseon no século XVII, apesar do pergaminho de papel do SCP-800 ser mais comum nas culturas chinesa e japonesa.

De acordo com informações dadas pelos antigos mantedores do SCP-800 e de investigações de diversas fotografias, foi observado que a cena demonstrada no SCP-800 já tomou doze (12) formas distintas desde o início do século XX. A teoria é que o SCP-800 muda demonstrando representações simbólicas de todos os conflitos no Leste Asiático, assim como um certo número de conflitos armados na Indochina e na Ásia Central. Como não há nenhum conflito armado asiático no momento atual, aparentemente o SCP parece representar as tensões entre as duas Coréias como o ponto de ação militar mais importante atualmente. O mecanismo responsável pela mudança nas pinturas do SCP-800 é desconhecido, e nenhuma mudança foi gravada ou reconhecida de forma eletrônica, apesar de constante gravação por meio de câmeras desde que entrou na custódia da Fundação em 1979.

SCP-800 sempre é visto como uma pintura em tinta, normalmente num estilo japonês ou chinês. Estilos de pinturas coreanas também foram observadas, incluindo a aparência atual do SCP-800, como mencionado anteriormente. A era da pintura não corresponde com a idade observada do SCP-800, demonstrando estilos de pintura desde a era da dinastia Ming (século XV) até arte asiática contemporânea. As nações tendem a ser representadas pelos seus animais nacionais, como o dragão chinês, o urso (presume-se que representando a Rússia), ou uma águia (presume-se que representando os Estados Unidos). Apesar disso, o simbolismo no SCP-800 é muitas vezes sutil, e já foram observadas pinturas onde nações eram representadas por plantas, paisagens ou pessoas. Para uma lista detalhada das manifestações do SCP-800, veja o Adendo 800-1.

SCP-800 pode ser marcado ou danificado normalmente. Porém, qualquer mancha na pintura desaparece depois de alguns dias. O papel do SCP-800 pode ser rasgado, mas rasgos na pintura também regeneram depois de poucos dias. É possível alterar o conteúdo do SCP-800 semi-permanentemente usando materiais e estilos de pintura idênticos à iteração atual do SCP-800. Mas após os eventos do experimento 800-1, todas as alterações propostas ao SCP-800 requerem aprovação de nível O5. Veja o Adendo 800-2 para mais informação.

SCP-800 foi recuperado em Janeiro de 1979 em uma loja de antiguidades na cidade de █████, no sudeste da República da Coréia. O dono, chamado Sr. ██-███ M███, disse que tinha uma "pintura mágica" que alterava sua aparência ao longo dos anos; na época, apresentava a mesma aparência atual. Foi descoberto por acaso pelo Dr. ████████, que não acreditou no que dizia o antigo dono e só quis comprar o pergaminho por desejo próprio. Depois, Dr. ████████ veio a perceber as propriedades paranormais após manchar o pergaminho de tinta, percebendo que a mancha desapareceu depois de um período de dois (2) dias. Após ser examinado pela Fundação, foi determinado a ser um SCP de significância sem nível e foi colocado no armazém do Sítio-█. Obteve classificação SCP no meio de 1979, no início da guerra da fronteira Sino-Vietnamita, quando mudou de um dia para o outro para uma pintura do século XVIII da dinastia Qing, demonstrando um dragão chinês voando acima de campos de arroz (SCP-800-10). Depois desse evento, funcionários da Fundação procuraram e encontraram o Sr. M███ para interrogação; foi revelado que a pintura esteve na família dele desde o início do século XX, quando seu avô tinha o comprado de um vendedor em Xangai. Devido ao Sr. M███ ser a única fonte de informação conhecida sobre o SCP-800 e suas aparências anteriores, ele foi recrutado como assistente de pesquisa e era o cuidador do SCP-800 até 2007, quando morreu de causas naturais. Dr. Major logo tomou responsabilidade pela custódia do SCP-800.

Adendo 800-1:

Uma lista parcial de todas as incarnações do SCP-800 segue, juntamente ao evento histórico que acredita-se que elas correspondem. Com exceção de algumas poucas fotos (uma das quais pode ser vista acima), todas as descrições antes de 1977 foram obtidas apenas por conversas e contos do Sr. M███ e de seus conhecidos; a precisão destes pode ser imperfeita.

  • 800-1 (presume-se de 1904-1905): estilo desconhecido (possivelmente japonês), descrito como um urso lutando contra a água, com um sol brilhando em cima. Informações sobre 800-1 são limitadas devido ao Sr. M███ lembrar apenas da sua avó mencionar uma pintura desse estilo na época que ela era jovem. Presume-se que trata sobre a guerra Russo-Japonesa.
  • 800-2 (1905?-1936?): Nenhuma informação disponível.
  • 800-3 (1936?-1941?): Estilo desconhecido, alega-se um dragão cercado por árvores de cerejeira. Presume-se que é sobre a Segunda Guerra Sino-Japonesa.
  • 800-4 (1941?-1945): Estilo chinês de era desconhecida, alega-se um água em cima de uma montanha com um dragão e água abaixo dela. Assume-se que trata da parte asiática da Segunda Guerra Mundial. O Sr. M███ alegou que a pintura ficou temporariamente em branco por volta do meio de 1945; uma possível correlação com a queda das bombas nucleares em Hiroshima e Nagasaki.
  • 800-5 (1945-1950): Estilo chinês, possivelmente do início da dinastia Qing, dois dragões lutando. A primeira incarnação do SCP-800 que foi observada na íntegra pelo Sr. M███. Presume-se que trata da Guerra Civil Chinesa.
  • 800-6 (1950-1953): Estilo coreano, possivelmente da dinastia Goryeo. 800-6 foi dito modificar-se várias vezes durante esse período; a cena básica demonstrada eram dois guerreiros coreanos similares aos de 800-12, a aparência atual do SCP-800, mas com uma água e algumas vezes um dragão chinês podendo ser vistos. Presume-se que trata da Guerra da Coréia.
  • 800-7 (1953-1959): Aparentemente similar à descrição atual.
  • 800-8 (1959-1975): Estilo da dinastia Qing do século XVIII, inicialmente uma águia sozinha no topo de uma árvore, logo transformou-se numa águia voando, com árvores e figuras humanas em chapéis cônicos. Presume-se tratar da Guerra do Vietnã.
  • 800-9 (1975-1979): Pintura de estilo desconhecido representando uma entalhação em pedra Khmer, [DADOS EXPURGADOS]
  • 800-10 (1979): Estilo da dinastia Ming do século XV, dragão chinês voando sobre campos de arroz. Presume-se tratar sobre a guerra da fronteira Sino-Vietnamita.
  • 800-11 (1979-1989): De estilo japonês moderno, um urso crcado por várias figuras humanóides armadas com lanças, e uma água voando por cima. Possivelmente mostra a invasão soviética do Afeganistão; caso verdadeiro, seria a única representação conhecida de um conflito na Ásia Central demonstrado pelo SCP-800 até agora.
  • 800-12 (1989-presente): Ver descrição atual.

Adendo 800-2: Após os eventos do experimento 800-1, SCP-800 foi atualizado para classe Euclídeo e outros experimentos estão estritamente proibidos até aprovação de nível O5.

Experimento 800-1: Até agora, foi a primeira e única tentativa de experimento no SCP-800. No dia 22/05/20██, SCP-800 (na sua forma atual, 800-12) foi alterada usando um pincel e tinta por um funcionário membro da Fundação com experiência em reprodução moderna de pinturas da dinastia Joseon. A adição consistia em uma aljava na costa da figura superior, que possui um arco. Nenhum efeito foi notado inicialmente, exceto pela observação que a tinta permaneceu por um longo tempo. Três dias depois, em 25/05/20██, a República Popular Democrática da Coreia [DADOS EXPURGADOS]. Não há conhecimento se esse evento estava de alguma forma conectado ao Experimento 800-1. Apesar disso, qualquer experimento futuro foi suspenso indefinidamente. SCP-800 foi restaurado para seu estado original por funcionários da Fundação.

Adendo 800-1-1:

Bom, pode ser útil se por algum motivo a gente precisar desestabilizar a região inteira. É uma pena que é uma anomalia, acho que ficaria bem bonito no meu escritório.
- Dr. Major

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License