SCP-801

Item nº: SCP-801

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Todas as iterações do SCP-801 devem ser mantidas em um armário de metal em território da Fundação. Acesso ao SCP-801 é dado para funcionários de nível 2 e acima. Todas as instâncias do SCP-801 devem ser lavados a seco após os testes. Nenhum outro procedimento especial além do padrão é necessário.

Descrição: SCP-801 é uma coleção de sete artigos de peles de animal, achados dentro de uma cabana de um caçador nas montanhas Adirondack. Tentativas de encontrar o dono desta cabana não obtiveram sucesso; Moradores locais insistiram que haviam visto luzes e ouviram tiros na área recentemente, mas funcionários da Fundação não encontraram nenhuma evidência de ocupação recente.

SCP-801 inclui:

- Um (1) casaco de pele de marta (visom) (SCP-801-1)
- Um (1) casaco de pele de guaxinim (SCP-801-2)
- Um (1) casaco de pele de lobo (SCP-801-3)
- Um (1) casaco de pele de esquilo (SCP-801-4)
- Um (1) casaco de pele de zibelina (SCP-801-5)

Todos estes são casacos longos e apresentam um capuz. Os casacos são acolchoados com uma seda preta, e não apresentam nenhum tipo de etiqueta ou instrução de lavagem, apesar de parecerem ter sido produzidos em algum tipo de fábrica.

Juntamente a estes casacos estão:

- Um (1) par de luvas de pele de coelho (SCP-801-6)
- Um (1) par de sapatos de pele de alce (SCP-801-7)

As luvas são forradas com seda, enquanto os sapatos são forrados com couro. Assim como os casacos, aparentam ser criados por algum tipo de máquina e não possuem etiquetas ou marcas de uso.

A Fundação foi chamada ao sítio depois de muitas denúncias de ataques anômalos de animais selvagens na área. Os animais foram descritos como abnormalmente agressivos, considerando as espécies envolvidas, e apareciam em grande proximidade a moradias humanas. O comportamento depois da apreensão continuava inconsistente com a norma; [DADOS EXPURGADOS]

Funcionários encontraram o SCP-801 no chão da cabana, ao lado de vários outros artigos de roupa completamente normais.

Utilizar qualquer um dos artigos do SCP-801 causa uma rápida mudança no usuário. O utilizador, inicialmente, se dobra de dor enquanto as mudanças internas começam; a dor é descrita como "excruciante", "queimando", e "como se a [REDIGIDO] dos meus órgãos estivessem virando líquido e [DADOS EXPURGADOS]". Os sujeitos logo (dentro de dois (2) minutos) param de falar de forma coerente e a capacidade de ficar em pé. As vocalizações do sujeito começam a ficar cada vez menos humanas e mais animais, e mudanças extermas ficam aparentes de acordo com qual artigo de roupas estava sendo utilizado. Apesar de conseguir remover a roupa antes desse estágio, nenhuma parada ou desaceleração no processo ocorre. Caracteristicamente, há um crescimento provindo da cara do indivíduo (tornando-se um focinho), o forte arqueamento nos pés e um alongamento do cóccix até tornar-se um rabo. Três (3) minutos depois da transição, o sujeito demonstra sinais de extrema dor e cansaço. Nessa etapa, o indivíduo começa a vomitar fortemente, aparentemente removendo massa e tecido excessivo desnecessário para a nova forma. Qualquer tipo de massa que não puder ser expelido dessa maneira entra em um estado rápido de deterioração celular e simplesmente cai do corpo principal. Após cinco (5) minutos, o sujeito se apresenta quase inteiramente transformado; um crescimento extremo de pelos se inicia no corpo inteiro, aparentemente entrando em conflito e ferindo a camada de pele antiga do indivíduo, expelindo uma grande quantidade de sangue junto aos pelos.

No fim da transição, o sujeito estará extremamente cansado, mas não dócil. Cuidados devem ser tomados ao capturar ou terminar os indivíduos. Todos os sujeitos até agora demonstraram uma agressividade extremamente alta, e grande resistência a dor. Quando colocados em uma jaula sozinhos sem nenhum alvo exterior, os sujeitos começam a se morder e arranhar, ignorando até sangramentos pesados. Um funcionário Classe-D detido que havia sido transformado em guaxinim foi encontrado comendo o próprio estômago, enquanto outro sujeito [DADOS EXPURGADOS].

É recomendado que todos os sujeitos sejam terminados após os testes e exames.

Adendo: Testes dos casacos de pele em espécies não-humanas demonstra resultados diferentes.

Um animal normal colocado dentro de um casaco da sua própria espécie (ex. colocar um guaxinim dentro do SCP-801-2) ou um mesmo sujeito colocado em um casaco duas vezes não tem efeito algum. Porém, colocar um animal (ou sujeitos sedados, após sofrerem a transição) dentro de um casaco de uma espécie diferente causa o sujeito a entrar numa transição normal pelos primeiros três (3) minutos antes de um aborto súbito da transformação. Os sujeitos resultantes muitas vezes tem pelos ou membros faltando, ou membros parcialmente transformados. Adicionalmente, quando o expurgo da massa antiga se inicia, os órgãos dos sujeitos podem [REDATADO] e se tornam incapazes de funcionar corretamente. A maior parte dos sujeitos não sobrevive a esse processo.

Adendo nº 2: Tentar transicionar um sujeito utilizando múltiplos artigos (como o SCP-801-1 e o SCP-801-6 e/ou o SCP-801-7) funciona similarmente a colocar um animal em um casaco de espécie diferente; mas no caso de múltiplos casacos a transição termina mais rápido, deixando o sujeito parcialmente consciente mas com membros transicionados pela metade, [DADOS EXPURGADOS], etc. Os que foram sujeitos a este procedimento exibem as mesmas tendências violentas que os completamente transformados, e a terminação imediata é altamente recomendada. Nenhuma tentativa de comunicação deve ser feita.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License