SCP-804
rating: +2+x
ice%20ball.jpg

SCP-804, inativo

Item nº: SCP-804

Classificação de Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: O objeto deve permanecer no seu sítio original de contenção, em █████ █████ no Alaska, onde a exposição aos elementos climáticos do local previnem a reativação do objeto até o momento em que o mesmo não apresente mais efeitos meméticos. Uma lona de camuflagem medindo 30m x 30m deve ser mantida sob SCP-804, e as instalações para guardas armados, e testes devem ser mantidas á 130 metros de distância de sua localização. Invasores devem ser tratados com amnésticos de Classe-A e retornados para [DADOS EXPURGADOS] (a cidade mais próxima do local) ou terminados de acordo com a discrição e critérios dos agentes de segurança guarnecendo SCP-804. No evento em que SCP-804 esteja próximo, ou seja capturado por forças armadas hostís, o Procedimento de Contingência 804-X deverá ser executado.

Descrição: SCP-804 são os restos de uma instalação de arte entitulada "Mundo Sem Humanos", apresentado em ██/██/20██ pelo grupo de artistas póstumos Unelmat Paremmasta Maailmasta1. De acordo com documentos recuperados do website deletado dos artistas durante um procedimento de limpeza de arquivos, SCP-804 era originalmente um grande globo do planeta Terra, com vários globos menores, com equipamentos de vídeo em seus interiores. O material promocional no website evidencia que o globo deveria mostrar imagens de regiões pastorais, e selvas sem contato humano em contraste com depicções de locais industriais abandonados e monumentos abandonados.

Quando o objeto foi ativado em frente de uma pequena audiência de ativistas ambientais e artistas proeminentes da comunidade de█████ █████ próxima ao objeto, SCP-804 começou a demonstrar suas características anômalas destrutivas. Podemos apenas especular se os efeitos produzidos pelo objeto foram intencionais ou não, visto que os indivíduos envolvidos na construção do objeto pereceram durante o incidente, ou estão se escondendo.

Enquanto os globos no interior de SCP-804 estão em processo de rotação, todos os artefatos criados por humanos num raio de 100 metros do objeto entram em um rápido processo de deterioração até sua desintegração completa. Os efeitos anômalos se aplicam em uma variedade de objetos, desde de máquinas, até edíficações, roupas, plásticos, compostos químicos sintéticos, e qualquer ferramenta mais complexa que um graveto afiado. A área de efeito cresce continuamente de maneira proporcional ao tempo de ativação do aparato, com o efeito se intensificando em seu ponto de origem. Tecidos humanos também são afetados, porém numa taixa de decadência mais lenta, causando emaciação em vítimas, que perdem massa corporal, até o momento de colapso do tecido esquelético, levando a morte, com os restos mortais rápidamente se transformando em componentes básicos de matéria momentaneamente após a expiração. Vida não-humana não é afetada. Indivíduos que escapam da área de influência do objeto experienciam sintomas similares aos de inanição prolongada, porém eles podem retornar a um estado de saúde pleno com os cuidados corretos.

Se não fosse pelo fato do objeto não ser auto-imune ao efeito, SCP-804 teria o potêncial de remover todos os resquicios de humanidade existentes no planeta numa questão de semanas. Julgando pelo grau de destruição observado durante sua ativação original versus suas capacidades atuais sob testes, as capacidades de SCP-804 foram debilitadas pelo dano causado a sí. Porém, o uso contínuo do objeto ainda apresenta um nível extremo de ameaça, especialmente se o aparato for refinado, ou reparado.

Devido as circunstâncias nais quais SCP-804 foi recuperado, leva-se a crêr veementemente que o aparato possua a habilidade de infligir alguma forma de compulsão psicofísica naqueles que o veem, experimentos ainda estão em andamento para determinar se esta propriedade foi comprometida devido a decadência estrutural do objeto, e como isto poderá ser contido. Verifique o Registro de Recuperação para mais informações.

Relatório de Recuperação de SCP-804: Após aproximadamente 5 minutos de sua ativação, os efeitos de SCP-804 atingiram a comunidade de █████ █████ próxima ao local. Cidadãos que não estavam na exposição de arte reagiram inicialmente com pânico, e realizaram diversas ligações de emergência. Devido a localização remota da cidade, a primeira ação de resposta foi realizada por uma pequena aeronave que chegou ao local 30 minutos depois. Apesar do sinal da aeronave que entrou na área de efeito ter sido perdido rapidamente, o piloto conseguiu transmitir uma mensagem descrevendo o estado de completa e celére destruição das estruturas da cidade. Naquele momento, a Fundação tornou-se consciente da situação, e equipes de agentes foram enviadas para investigar o acontencimento.

No momento em que os agentes chegaram ao local, SCP-804 já estava intermitentemente ativo por aproximadamente oito horas, resultando na destruição da cidade, e tudo num raio de [DADOS EXPURGADOS] havia sido completamente limpo de qualquer resquício da civilização humana. Uma das aeronaves das equipes foi imediatamente afetada na chegada; felizmente, a equipe foi capaz de realizar um pouso de emergência antes do colapso da estrutura física do veículo. Infelizmente, as roupas e equipamento das equipes foram parcialmente desintegrados, expondo-os ao clima extremamente frio da região norte do Alaska. Resultando em seis agentes que necessitaram de tratamento médico para combater hipotermia, porém, é esperado que todos retornem as suas funções sem nenhum efeito coláteral resultante.

Após recuperarem a equipe da aeronave abatida, os agentes estabeleceram um perímetro e foram capazes de observas o epicentro do efeito de SCP-804. A população sobrevivente havia lotado os arredores dos restos do aparato. Todos os sujeitos observados estavam severamente emaciados, e sofrendo de hipotermia severa. Exposição aos elementos só pioraram os efeitos de SCP-804, e vários sujeitos foram observados deficientes de alguns dedos, e até mesmo membros corporais. Os sobreviventes estavam se aproximando do aparato em grupos de dois a três indivíduos para ativar o único globo restante no encaixe de SCP-804 para continuar o processo de rotação e manter seu efeito. Eventualmente, os sujeitos que sucumbiram aos danos físicos, e entraram em colapso eram substituídos por outros. Sobreviventes eram observados animando, e encourajando aqueles que mantinham o aparato em funcionamento até que turno deles na manutenção do funcionamento do objeto semi-congelado ocorresse, apesar de que a operação manual do objeto não era suficiente para manter o raio de efeito que o aparato atingiu antes de se danificar.

Os agentes foram autorizados pelo O5-█ a abrir fogo contra a multidão. Apesar dos projéteis experienciarem o mesmo grau de decaímento que os outros artefatos, a velocidade deles foi o suficiente para inflingir ferimentos letais antes de sua decomposição. Sobreviventes tentaram resistir apesar de não terem forças para impedir os agentes da Fundação, e começaram a agir de maneira desorientada e errática após serem removidos dos arredores de SCP-804. Sem nenhuma instalação adequada para prover abrigo para todos, muitos sobreviventes decidiram simplesmente deitar-se e morrer, enquanto outros tentavam provocar os agentes a usarem força letal. Sobreviventes em custódia da Fundação recusaram a responder qualquer questões, e declinaram tratamento o bastante para não se recuperaram de suas condições físicas.

A exposição aos elementos climáticos da região norte do Alaska parecem conter adequadamente SCP-804, congelando, e consequentemente imobilizando os restos de suas partes mecânicas, por este viés foi decidido conter o aparato no mesmo local sob segurança em conjunto com um [DADOS EXPURGADOS] no evento improvável que uma facção hostíl tente roubar o objeto.

Adendo: SCP-804 não deve ser contido em nenhuma instalação da Fundação até termos certeza de que seremos capazes de prevenir qualquer indivíduo de ser compelido a ativar e manter a rotação do globo. Até mesmo alguns minutos contínuos de efeito de SCP-804 podem causar a destruição do local de contenção do objeto, e comprometer drásticamente os sítios de contenção próximos.

Procedimento de Contingência 804-X: [DADOS EXPURGADOS].

Relatório sobre Pesquisa Memética, revisado em Julho de 2011 pelo Dr. Johannes Sorts

Esta é a terceira revisão anual do componente memético "sobrenatural" de SCP-804, e ainda não produzimos nenhum resultado significante. Está finalmente na hora de esclarecermos a controvérsia sobre as propriedades meméticas de SCP-804.

Sim, SCP-804 possui propriedades meméticas, e sim, estas propriedades foram responsáveis por conduzir os sobreviventes do seu evento de ativação a se sacrificarem para manter o aparato funcionando.

Mas não há nada especialmente virulento ou perigoso sobre as propriedades meméticas de SCP-804. Apenas alguns seletos tipos de personalidade, especificadas no relatório anexado, possuem o desejo de reativar o objeto. Notavelmente, indivíduos de Classe-D que apresentam sinais de sociopatia e demonstram felicidade ao sere apresentados a um grande botão vermelho tarjado "Destruir tudo.".

Estavamos escrutinando este efeito da maneira incorreta, não há nenhuma compulsão mágica que forçaria tantos indivíduos se destruirem. Não é necessário. Tudo o que observamos durante a recuperação do objeto pode ser explicado de forma mundana por estudos de dinâmica de grupo, e da natureza humana.

O aparato havia destruído todos os resquicios do trabalho e existência de uma comunidade reclusiva de artistas e ativistas. As edificações foram pulverizadas tão rápido que ninguém foi machucado durante os colapsos. E no centro de tudo, "O Mundo Sem Humanos" rotacionou cada vez mais sob seu eixo vacilante, oferecendo uma premisa letal que foi apresentada a eles como algo ideal. Uma cura para o vírus chamado de humanidade.

Então porque o grupo de ativistas se jogaram, conjuntamente com seus vizinhos nas engrenagens letais de uma máquina que eles pensavam ser capaz de pulverizar toda vida humana da Mãe Terra?

Pois eles simplesmente quiseram fazer aquilo.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License