SCP-822
avaliação: +1+x
822.jpg

Espécime selvagem de SCP-822 antes da destruição.

Item nº: SCP-822

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Espécimes de SCP-822 são contidos em uma câmara de isolamento na Área de Contenção Biológica-103. Pessoas não podem se aproximar a 5 metros da câmara em qualquer momento; a rega e o condicionamento do solo devem ser feitos através de sistemas automatizados e qualquer trabalho de manutenção deve ser feito remotamente com ajuda robótica.

Descrição: SCP-822 é uma espécie de cacto semelhante em aparência de um Lophophora williamsii (Peiote), mas com diferenças significativas à medida que a planta atinge a maturidade em um período de aproximadamente trinta (30) dias. À medida que SCP-822 se aproxima da maturidade, um grande saco de gás se forma no centro dentro da planta à medida que atinge suas dimensões máximas de aproximadamente 10 cm de altura e 25 cm de diâmetro. Este saco é preenchido com gases voláteis, incluindo ████████, ████ e várias substâncias exclusivas do SCP-822. Ao mesmo tempo, a pele do SCP-822 endurece até atingir um ponto não muito diferente da casca e as sementes começam a se formar logo abaixo da pele. Uma vez que a planta está completamente madura, ela floresce e começa a extrusão de um feromônio que serve para atrair mamíferos com massa suficiente para desencadear sua propriedade anômala.

Através de um mecanismo desconhecido, sempre que qualquer criatura viva de massa suficiente (aproximadamente 10-20 kg) se aproxima dentro de 3 metros do SCP-822, a parte central contendo o saco de gás violentamente explodirá, causando estilhaços da pele do SCP-822 pelo ar. Esses fragmentos são capazes de se penetrar na pele e na carne de qualquer criatura viva próxima, que leva as sementes do SCP-822 embora. Criaturas vivas atingidas por esses fragmentos que não morrem por trauma físico acabam sucumbidas a uma potente neurotoxina sintetizada pelos fragmentos em três (3) a seis (6) horas.

SCP-822 foi descoberto pela primeira vez em um campo de provas militar perto de [REDIGIDO]. SCP-822 foi comunicado à Fundação depois de 3 pessoas terem sido mortas quando dirigiram um veículo perto de uma grande área de SCP-822 e um quarto conseguiu retornar à base antes de morrerem. Investigações subseqüentes da área infestada revelaram centenas de espécimes de SCP-822, bem como os cadáveres de dezenas de animais que entraram na área e foram mortos, alguns dos quais tiveram SCP-822 crescendo diretamente em seus corpos. Depois de coletar os espécimes da amostra, toda a área foi submetida ao bombardeio incinerando todos os SCP-822 remanescentes na área.

Registro de experimento 822-1:
Registro de experimento realizado para determinar os limites do mecanismo de disparo pelo SCP-822.

Data: ██ / ██ / ██
Sujeito: D-9912
Procedimento: Sujeito equipado com um traje militar e instruído a aproximar de SCP-822
Resultados:
SCP-822 explode quando o sujeito se aproxima dentro de precisamente 3 metros da espécime. Os sensores de choque registram a explosão como equivalente à detonação de uma mina terrestre. Sujeito sofre ferimentos consistentes com estar perto da detonação altamente explosiva, como tímpanos rompidos.

Data: ██ / ██ / ██
Sujeito: Robô rover, de aproximadamente 20 kg de massa
Procedimento: Manipulação de espécime de SCP-822 usando o rover para teste
Resultados:
O sujeito se aproxima com sucesso do SCP-822 e arranca com sucesso a espécime de SCP-822. No entanto, a amostra é largada enquanto se afasta, causando a detonação da espécime. Rover mal danificado.

Data: ██ / ██ / ██
Sujeito: D-9989
Procedimento: O sujeito é contido completamente para evitar qualquer movimento, o espécime de SCP-822 é movido para o sujeito por meio do robô rover
Resultados:
O espécime de SCP-822 explode quando é trazido dentro de 3 metros do sujeito o. O sujeito sobrevive à detonação inicial, mas sucumbe por causa da neurotoxina.

Data: █ / █ / ██
Sujeito: D-9989 (Falecido)
Procedimento: Espécime de SCP-822 se moveu para o corpo morto do sujeito
Resultados:
SCP-822 não explode, mesmo quando colocado diretamente no corpo do sujeito.

Data: ██ / ██ / ██
Assunto: D-10021
Procedimento: Espécime de SCP-822 colocada contra a parede da câmara de isolamento projetada para absorver completamente todo o som, vibração e aumento de temperatura. Sujeito instruído a mover-se em direção ao SCP-822 enquanto separado pela parede da câmara de isolamento.
Resultados:
SCP-822 explode quando o Sujeito se aproxima dentro de 3 metros da espécime. Mínimo de dano na câmara de isolamento, sem danos ao sujeito.

"Aparentemente, SCP-822 é capaz de detectar criaturas vivas dentro de seu raio de disparo, apesar de não poder "ver" o alvo, detectar seus sons ou sentir qualquer mudança de temperatura. Mais experimentos precisam ser feitos para determinar como SCP-822 faz isso." - Dr. █████████

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License