SCP-918
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-918

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-918 deve ser marcado em todos os mapas como um local de artilharia e imagens de satélite da área devem ser alteradas para ajudar a encobrir a história.

Todas as instâncias de SCP-918-1 devem ser derrubadas pelo pessoal no local e todas as instâncias de SCP-918-1 que conseguem deixar SCP-918 devem ser rastreadas e impedidas de concluir sua tarefa.

Quaisquer civis que se aproximam de SCP-918 devem ser levados sob custódia da Fundação e dosados ​​com um amnéstico Classe-A.

Descrição: SCP-918 é um moinho abandonado localizada em ████, ███████. O tempo e a natureza de seu abandono são atualmente desconhecidos e os registros não mostram nenhuma evidência de que o moinho tenha sido construída. Todas as máquinas em SCP-918 relacionadas à função de um moinho padrão não são funcionais e parecem ter sido retirado o metal.

O interior de SCP-918 está cheio de máquinas de propósito desconhecido que parecem ter sido construídas com sucata. Isso constitui principalmente uma série de tubos que se cruzam pelo prédio, no entanto polias e o que parece ser o motor de um trator também estão presentes.

A cada dois (2) meses, três (3) criaturas semelhantes a membros da família Ciconiidae emergirão da chaminé no telhado de SCP-918. Estes serão denominadas como instâncias de SCP-918-1. Instâncias de SCP-918-1, quando dissecadas, não parecem possuir qualquer esqueleto, órgãos internos ou carne, em vez disso são completamente ocas. O método pelo qual eles se movem ou funcionam é atualmente desconhecido. Testemunhas relatam ocorrências de SCP-918-1 comunicando-se entre si na forma de cliques e guinchos agudos.

Depois de emergir, as instâncias de SCP-918-1 quase que imediatamente começarão a voar para uma residência aparentemente predeterminada localizada no país de ███████. A residência para onde SCP-918-1 voa sempre será o lar de um (1) recém-nascido e dois (2) pais. Na chegada à residência, as instâncias de SCP-918-1 localizam o recém-nascido e o seguram cuidadosamente usando suas garras.

As instâncias de SCP-918-1 irão então, ainda carregando o bebê, voar de volta para SCP-918 e inserir o bebê na maquinaria dentro de SCP-918. O pessoal relata uma série de ruídos altos de pancadas emitidos por vários pontos do moinho nesta fase. Após quinze (15) minutos, uma quantidade variada de pó de talco será dispensada no ponto final dos mecanismos.

As instâncias SCP-918-1 irão então subir para o ponto aberto do maquinário. Um escaneamento do moinho neste estágio mostrou que as instâncias de SCP-918-1 permanecem nos tubos por seis (6) segundos antes de desaparecerem.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License