SCP-924
avaliação: 0+x
924.jpg

Um espécime de SCP-924 pouco antes da aquisição.

Item nº: SCP-924

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Todos os espécimes de SCP-924 devem ser mantidos em tanques de água salgada separados, com dimensões de 7 m x 7 m x 7 m dentro da Área 46. A água deve ser mantida a uma temperatura constante de 1,6ºC (35ºF). Todos os pontos de observação devem ser construídos de vidro reforçado. Se um tanque deve ser introduzido por razões de experimentação ou limpeza, a água deve ser aquecida a uma temperatura de 7ºC (44,6ºF). A entrada de tanques fora dessas condições é proibida.

Cada SCP-924 deve receber 85 quilos de carne fresca mensalmente.

A captura ou eliminação de espécimes selvagens de SCP-924 deve ser realizada pela Força Tarefa Especial Τau-2 “Desbravadores Polares”.

Descrição: SCP-924 é uma espécie de humanoide pálido medindo aproximadamente 2 metros (6,5 pés) de altura. As entidades têm a aparência de um corpo humano encharcado, com a adição de vários crescimentos ósseos na cabeça e um conjunto de brânquias externas localizadas logo abaixo da caixa torácica. Eles são capazes de nadar a velocidades de até 30 km/h e sobreviver a profundidades de até 1 km. SCP-924 requer um ambiente ártico quase-congelante para funcionar adequadamente, e irá cair em um estado de estivação se a água ao redor se elevar acima de 4ºC (39,2ºF).

O SCP-924 é um predador de emboscada, atacando presas subaquáticas usando um buraco no gelo como uma localização adequada para emboscadas ou simplesmente quebrando o próprio gelo. SCP-924 é altamente sensível a odores e vibrações, permitindo rastrear presas de distâncias significativas ou através do gelo. Se o ataque for bem sucedido, o alvo é prontamente afogado por SCP-924; Após isso, o corpo será arrastado para o fundo do oceano por SCP-924 para consumo.

SCP-924 irá liberar corpos afogados após 1-6 horas. Os corpos recuperados mostram todos os sinais de submersão prolongada e alta pressão, bem como liquefação e consumo de órgãos internos e músculos. Os corpos também contêm altos níveis de bactérias virulentas que, quando expostas ao corpo humano, quebram a maioria dos tipos de tecido conjuntivo e muscular, deixando a pele e os ossos ilesos. As bactérias permanecerão ativas dentro do corpo por até duas semanas após a alimentação.

SCP-924 foi registrado pela primeira vez como uma série de misteriosos desaparecimentos de pescadores na área ao redor de [REMOVIDO]. Embora a espécie requeira que um ambiente abaixo do congelamento funcione adequadamente, à medida que sua atividade interna diminui à medida que as temperaturas ao redor aumentam, sabe-se que isso migra para o sul durante o inverno para encontrar presas. O encontro mais meridional com um SCP-924 foi de aproximadamente três milhas fora de ████████, Michigan.

Adendo: Em um incidente de ██/██/20██, apesar de não resultar em casualidades, provou que SCP-924 é capaz de se sustentar e se mover para fora da água, e que ataques a embarcações de pesca desatentas são possíveis. Força Tarefa Especial Tau-2 revisou seus protocolos de acordo.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License