SCP-973
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-973

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: A natureza de SCP-973 impede a Fundação de conter a anomalia. Devido ao perigo que SCP-973 apresenta, uma área de 60 quilômetros na Rota ██ em que se manifesta, a área deve estar sob vigilância por satélite em todos os momentos. Quaisquer veículos que tentem viajar na secção designada da estrada entre as 22:00 e as 04:30 devem ser guiados para as saídas ███ e ███ pelos funcionários da Fundação. Invasores devem ser apreendidos e detidos se necessário.

Descrição: SCP-973 consiste em duas entidades. SCP-973-1 é um carro de polícia, que se assemelha aos veículos usados pelas tropas estaduais ███████ em 1970. O veículo parece estar em um estado avançado de abandono: relatos de testemunhas têm mencionado constantemente grandes aberturas nas portas e capô, um para-brisa fortemente quebrado, ferrugem pesada e um para-choque traseiro solto que está preso com fita adesiva.

SCP-973-2 sempre é relatado como um homem caucasiano no final de seus 40 anos, vestindo um uniforme de policial estadual ███████, datado no mesmo período de tempo que SCP-973-1. Individuo é descrito como careca, ligeiramente acima do peso e com um bigode de guidão.

SCP-973 se manifestará à noite quando outro veículo entrar no território designado, e acredita-se que ele seja disparado pelo veículo alvo acelerando a uma determinada velocidade. Este limite varia, numa área com a média de 88,5 km/h (55 mph), mas pode variar entre 53,3 km/h (35 mph) e 112,7 km/h (70 mph). Nenhum padrão previsível ou conexão entre limites diferentes foi encontrado até o momento.

Quando este limite é quebrado, SCP-973 aparecerá aproximadamente a 0,4 km atrás do veículo alvo e perseguirá o alvo em alta velocidade com a sirene ativa. Isto é acompanhado por uma mensagem em ciclo que é reproduzido no rádio do alvo, consistindo na frase “Corre, [DADOS EXPLETIVOS DELETADOS]”. Em ██% de casos, SCP-973 desistiu da perseguição ao se passar de 1-6 minutos. Neste momento, [DADOS EXPURGADOS].

Restos mortais de trinta e quatro indivíduos e restos de dezenove veículos danificados foram encontrados a 6,4 km da estrada afetada. Danos causados aos corpos inclui evisceração, estupro, [DADOS EXPURGADOS] e três casos em que o corpo foi danificado pelo impacto até o ponto em que identificação visual era impossível. Cinco sobreviventes estão sob custódia da Fundação, todos sofrendo de vários graus de trauma mental. Veículos recuperados apresentam graves danos de impacto, tanto ambientais como infligidos, e graves danos ao interior.

Adendo-1: A destruição da rodovia afetada por SCP-973 provou ser ineficaz. Demolição de parte da Rota do Estado ██ em 1983 levou SCP-973 a se realocar para sua posição atual.

Adendo-2: 08/██/20██ - Tentativa de capturar e conter SCP-973 que não teve êxito, resultando na morte de nove agentes. Acredita-se que SCP-973 esteja ferido, mas não está incapacitado, reaparecendo nove dias depois. Relatos em primeira mão indicam uma mudança na aparência de SCP-973-2, como mostrado neste trecho da entrevista pós-missão do Agente ████████:

Agente ████████: Eu não posso dizer. Ele só parecia… diferente. Seus olhos estavam vermelhos, eu lembro disso, e sua boca era apenas esse buraco negro. Sem dentes, sem língua, apenas um buraco. Eu estava muito ocupado tentando atirar nele para dar uma olhada mais de perto.

Adendo-3: A área de efeito de SCP-973 parece estar se expandindo, assim como o período de tempo em que essas manifestações ocorrem. Protocolos de segurança foram adaptados de acordo.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License