SCP-987
avaliação: 0+x

Item n°: SCP-987

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-987 está atualmente alojado no Sitio de Pesquisa-14 em uma câmara hermética com paredes de concreto de 5 x 12 x 3 metros, envolto por uma gaiola de Faraday. Iluminação contínua é fornecida por acessórios convencionais no teto. O acesso é restrito ao pessoal de Nível 2 ou Classe-D junto a um agente de Nível 3. A câmara deve ser constantemente monitorada remotamente por câmeras padrão e termográficas. No caso de SCP-987-1 não ser detectado por imagens termográficas, o diretor do local e o chefe de segurança devem ser notificados. Embora seja provável que SCP-987-1 tenha desocupado a câmara, um Alerta de Quebra de Segurança não deve ser emitido pelo funcionários, a menos que expressamente autorizado pelo diretor do local ou chefe de segurança.

Descrição: SCP-987 é uma coleção de espelhos (SCP-987-a à h m) e uma entidade anômala (SCP-987-1) que só pode ser detectada diretamente por varreduras termográficas.

SCP-987-1 (comumente referido como 'o Curador') é uma área endotérmica de aproximadamente 0,5 x 0,5 x 2 metros que se move no nível do solo. Ele drena o calor em um raio que varia de 1 a 2 metros. Também demonstrou a capacidade de manipular objetos com até 150 kg de massa, a uma distância de até 8 metros. Objetos manipulados a uma distância superior a 2 metros não estão sujeitos à perda de calor.
Periodicamente, SCP-987-1 se dissipa e fica indetectável por períodos entre 15 minutos e 1,5 horas, e não houve registro de atividade anômala durante esses tempos. Não foi confirmado que SCP-987-1 realmente Quebra a Contenção. Quando a câmara está vazia, SCP-987-1 se move sem padrão perceptível, parando na frente de diferentes espelhos por até aproximadamente 30 minutos cada. A entidade demonstra estar atenta a qualquer pessoa que adentre a área de contenção e mantenha distância de pelo menos 3 metros. SCP-987-1 apenas reagiu agressivamente àqueles que adulteraram SCP-987-a à h m de qualquer maneira diferente de limpá-los cuidadosamente.

SCP-987-a à h m são espelhos de vários tamanhos e tipos. Sete Oito deles são armários de remédios; os demais são espelhos de parede de vários tamanhos e marcas, sendo que o maior deles mede aproximadamente 1 x 1,5 metros. Os detalhes de estilo e construção indicam que todos foram fabricados entre as décadas de 1940 e 1990. SCP-987-a à h m não exibem nenhuma característica anômala além de seus reflexos, embora testes exaustivos tenham sido dificultados por SCP-987-1. Imagens fotográficas e gravações de vídeo mostram uma superfície espelhada normal. Quando visto diretamente, a superfície dos espelhos não reflete uma imagem da sala em que eles estão, mas sim uma cena diferente, presumivelmente de sua localização anterior. [Edição] Os locais originais de SCP-987-c, -k e -m foram identificados e confirmam a teoria mencionada. [Veja Adendo Log SCP-987-2] Cada reflexão mostra uma cena de uma morte violenta de um sujeito humano, mais comumente em um banheiro. As imagens não são estáticas, mas sim em um loop com duração de 48 segundos a mais de 4 minutos. Se visualizadas por 2 ciclos completos, as imagens mudam e os sujeitos ficam cientes do observador como se estivessem olhando por uma janela, muitas vezes implorando silenciosamente por ajuda enquanto as cenas se desenrolam. O(s) agressor(es) também ocasionalmente interagem com o espectador fazendo gestos hostis ou escrevendo na superfície do espelho.

Em 5 ocasiões desde ██ / ██ / 199█, SCP-987-1 se dissipou e se tornou não observável, conforme observado acima. Em cada caso, um novo espelho apareceu entre os outros enquanto ele se reforma. Em alguns casos, os espelhos foram coletados muito depois do incidente violento que retratam, mesmo décadas depois. A última adição, SCP-987-m, apareceu em ██ / ██ / 2010.

Registro de adendo SCP-987-1: [DADOS REMOVIDOS]

Registro de adendo SCP-987-2: Vítimas identificadas

SCP-987-c
█████ ██████, homem, 62 anos, banheiro de uma casa de luxo em █████████, Califórnia, ██ / ██ / 1968. A vítima está amarrada e ajoelhada no chão do banheiro. Uma jovem mulher asiática, vestida com traje adequado para uma prostituta da época, entra, [DADOS EXPURGADOS]. A vítima morre por asfixia. Durante o terceiro ciclo, a agressora costuma parar no espelho para reaplicar o batom e deixar uma 'marca de beijo' no vidro enquanto olha diretamente para o espectador.

SCP-987-k
█████ █████, masculino, 34 anos, corredor de uma casa em ██████, Maine, ██ / ██ / 20██. O sujeito está de pé em uma escada instalando um lustre. A pessoa perde o equilíbrio e fica presa na luminária, puxando uma extensão de fiação elétrica do teto. O sujeito é simultaneamente eletrocutado e estrangulado. Durante o terceiro ciclo, o sujeito mostra vários níveis de apreensão ao iniciar a tarefa, o incidente é mais macabro por natureza, e geralmente inclui a descoberta do sujeito morto por sua esposa.

Nota: Neste caso, observou-se que o espelho estava faltando na casa quando a morte foi descoberta. Ele apareceu no Sitio de Pesquisa-14 aproximadamente na época do falecimento do sujeito. SCP-987-1 havia se dissipado pelo menos 15 minutos antes do início dos eventos descritos em SCP-987-k.

SCP-987-m
█████ ███████, feminina, 20 anos, banheiro do quarto ███ no Hotel ███████ em Nova York, ██ / ██ / 1978. A vítima reage com medo de um agressor fora de vista e tenta fugir do espaço. Um homem não identificado em jaqueta jeans esfaqueia a vítima uma vez no abdômen e foge. A vítima cai no chão e morre rapidamente. Durante o terceiro ciclo, a vítima está claramente embriagada e tenta se comunicar com o espectador antes que o agressor entre. Após o esfaqueamento, o agressor segue para [DADOS EXPURGADOS].

Observação: É muito provável, mas não certo, que a presença de SCP-987-a à m seja o principal fator na contenção de SCP-987-1. Diante disso, qualquer teste que possa atrapalhar os padrões de comportamento de SCP-987-1 deve ser aprovado pelo diretor do local.

Nota: Como a Gaiola Faraday parece ineficaz e o papel desempenhado por SCP-987-1 nesses incidentes é incerto, o Dr. ███████ solicitou o uso de tecnologia ███ █████ para tentar contêm SCP-987-1.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License