SCP-995
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-995

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção:
SCP-995 deve ser fixado em um terrário de dois (3) a três (3) metros guardado em uma sala de contenção de quatro (4) x quatro (4). O terrário deve ser limpo duas vezes por semana. Durante a limpeza, SCP-995 deve ser colocado em um terrário substituto adequado para o seu tamanho. Todos os indivíduos devem ser esterilizados antes e depois de entrar na câmara de contenção. SCP-995 deve ser contido em vários terrários com cada colônia separada. Atualmente existem 4 colônias; cada terrário deve ser feito para fixar o número e o tamanho de SCP-995 na colônia. SCP-995 foi movido para uma sala de contenção maior, de 20 x 20 metros. Cada terrário deve ser limpo semanalmente. Se qualquer colônia atingir o limite populacional estabelecido, os SCP-995 escolhidos aleatoriamente serão destruídos. Somente o pessoal de Nível 2 ou superior tem acesso ao SCP-995 com aprovação de qualquer pesquisador de Nível 3 que tenha sido atribuído com SCP-995. A alimentação dos espécimes deve ser feita duas vezes por semana nas horas adequadas. Durante qualquer quebra de contenção, a sala deve ser esterilizada por incineração.

Descrição: SCP-995 é um organismo com características que variam entre os fungos e os animais. O ciclo de vida de SCP-995 começa como um esporo. O esporo fica dormente até encontrar uma área com pouca luz e que esteja úmida. No entanto, um esporo SCP-995 tem mais probabilidade de ser ativo sob estruturas artificiais, como mobília doméstica; couro, vinil e poliéster que parecem ser favorecidos. Lá, o esporo vai crescer em uma massa orgânica macia que se alimenta de microorganismos no ar. Ele continuará a crescer, gerando ramificações, permitindo que ele se mova. Uma boca logo se formará, junto com os dentes e um trato digestivo simples. SCP-995 em seu estágio maduro se alimenta de organismos maiores, como insetos e roedores. O espécime começará então a gerar mais seres de SCP-995 através da reprodução dos esporos. Sabe-se que SCP-995 atinge um tamanho de [DADOS EXPURGADOS] de diâmetro. Bebês tornam-se presas, juntamente com animais domésticos. Se uma grande população de SCP-995 desovar em uma pequena área, SCP-995 começará a migrar, tendo a capacidade de infestar uma casa de tamanho médio em poucos dias.

Os primeiros seres de SCP-995 foram descobertos na Loja de Mobília de ████████ em ███████████, GA, que fechou no mês anterior devido aos problemas financeiros. Um grupo de adolescentes invadiu a loja e descobriu o corpo parcialmente consumido de um morador de rua, que parecia ter se abrigado na loja. A polícia foi chamada e descobriu uma grande colônia de SCP-995 na loja, e uma equipe da Fundação foi enviada para investigar. A equipe administrou anistia de classe A aos policiais envolvidos e enviou a colônia de SCP-995 para o Sítio-██.

Adendo: SCP-995 foi recolocado em uma sala de contenção maior até que os locais das 3 novas colônias foram descobertos e contidos. Uma lista foi organizada para catalogar as colônias atuais e suas variadas características.

Lista de colônias de SCP-995

Colônia: SCP-995-A
Descoberta: 3/3/██
Quantidade de Espécimes: 349
Descrição: SCP-995-A é a colônia originária de SCP-995.
SCP-995-A é de coloração azul-acinzentada, variando de 8 a 40 centímetros de diâmetro durante a idade adulta.
Características Especiais: SCP-995-A se move em 4 ramificações com pés com garras e atualmente parece ter a taxa de reprodução mais rápida.

Colônia: SCP-995-B
Descoberta: 6/██/██
Quantidade de Espécimes: 10
Descrição: SCP-995-B é de coloração verde-escura e variam de 30 centímetros a ██ centímetros de diâmetro durante a idade adulta.
Características Especiais: SCP-995-B são espécies mais agressivas, e têm um focinho alongado com dentes extremamente afiados, semelhantes a agulhas, que essão revestidos em um agente desconhecido paralisado.

Colônia: SCP-995-C
Descoberta: 1/02/08
Quantidade de Espécimes: 264
Descrição: SCP-995-C é de coloração preta e variam de 5 a 20 centímetros de diâmetro na idade adulta.
Características Especiais: SCP-995-C são os menores em tamanho e são capazes de expelir uma substância química altamente ácida de seus 4 olhos.

Colônia: SCP-995-D
Descoberta: 30/05/11
Quantidade de Espécimes: 23
Descrição: SCP-995-D é de coloração vermelha escura e varia de 10 a ██ centímetros de diâmetro durante a idade adulta.
Características Especiais: SCP-995-D são capazes de emitir uma variedade de ruídos que variam de toques a choro de um bebê humano. Acredita-se que esses sons sejam feitos para atrair a presa na área de SCP-995-D, onde um grupo deles atacaria. SCP-995-D parece ser o mais avançado em comportamento e inteligência.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License