SCP-ES-100-EX
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-ES-100-EX

Classe do Objeto: Euclídeo Incontível

Procedimentos Especias de Contenção: Todos os indivíduos humanos afetados por SCP-ES-100-EX devem ser tratados com amnésticos apropriados para a gravidade da infecção. Exposição prolongada pode causar efeitos cognitivos permanentes. Documentos, livros, cadernos, materiais impressos e websites apresentando ou propagando o fenômeno de SCP-ES-100-EX serão censurados seguindo os protocolos estabelecidos para cada caso específico.

Devido a recente reclassificação deste objeto, os Procedimentos Especias de Contenção não são mais necessários, portanto, os métodos antigos de contenção serão removidos da documentação oficial.

Descrição: SCP-ES-100-EX é um fenômeno de risco-por-informação afetando certos documentos cartográficos de [RISCO-POR-INFORMAÇÃO REMOVIDO], devido as suas similaridades geográficas. Estas localizações tem sido estudadas, à procura de circunstâncias capazes de levarem para a aparição de SCP-ES-100-EX, porém em nenhum caso, produziu resultados satisfatórios. As capacidades anômalas de SCP-ES-100-EX aparecem quando um indivíduo humano observa o mapa de [RISCO-POR-INFORMAÇÃO REMOVIDO] de qualquer forma, seja impresso ou em versão digital. Um indivíduo humano afetado por SCP-ES-100-EX age normalmente até que se comunique com outro indivíduo, referindo-se a [RISCO-POR-INFORMAÇÃO REMOVIDO] de qualquer forma, causando confusão, desconforto e perda de memória momentânea.

Os documentos cartográficos servem de vetores para a expansão do fenômeno de risco-por-informação, embora não tenha sido confirmado ser transmissível de pessoa para pessoa. Indivíduos humanos nativos de tais regiões aparentam ser mais resistentes a influência de SCP-ES-100-EX, entretanto, eles acabam sucumbindo aos seus efeitos por alegar vir de [RISCO-POR-INFORMAÇÃO REMOVIDO] ou vice-versa.

Análises não mostram capacidades anômalas em documentos e websites na qual mapas são impressos ou hospedados.

Adendo 100.1: Durante o Natal de 1815, o capitão do navio ████████ ████ da Marinha Real Espanhola estava em patrulha nas águas do Mar do Caribe, próximo das costas de [RISCO-POR-INFORMAÇÃO REMOVIDO]. No entanto, nunca chegaram a aportar em ████████ após sua partida. Um veleiro inglês encontrou o navio navegando nas águas do Estreito de Magalhães; quando foi abordado sua tripulação inteira foi achada morta como resultado de inanição. A nota seguinte foi descoberta no diário do capitão:

Nós navegamos durante quatro meses e nossos suprimentos estão no limite. Meus homens estão desesperados, e eu não sei o que fazer. Tenho revisado os mapas muitas e muitas vezes, mas tudo parece se encaixar, os únicos que não se encaixam somos nós. De acordo com as leituras, nós estamos a quase 10,000 quilômetros de [RISCO-POR-INFORMAÇÃO REMOVIDO]. Em nome do Rei! Como fomos parar tão longe?

Eu vou tentar manter minha moral mais alto que puder, mas tenho certeza que nós morreremos aqui se nós não acharmos ajuda logo. Mesmo que venha de um britânico. Nós aceitaremos.

[PARTE ILEGÍVEL]

Você olhou as estrelas? Elas estão como eu as lembro… Como se veem nas praias de [RISCO-POR-INFORMAÇÃO REMOVIDO].

Durante o [RISCO-POR-INFORMAÇÃO REMOVIDO], Capitão Yuri Yanukov, oficial comandante de um cargueiro soviético adicionou a seguinte inscrição no registro da nave, na qual foi recuperada dos escritórios da GRU Divisão "P" em Moscou após o colapso da organização.

CARGA VALIOSA COMPROMETIDA, CARGUEIRO #1456 PERDIDO, COORDENADAS ERRADAS, FORA DE CURSO.

O navio foi descoberto por agentes da Agência Central de Inteligência e logo transferido para a custódia da Fundação, para ser analisado em busca de qualidades anormais que levaram à perda da trajetória do barco. Amnésticos foram aplicados a tripulação e retornaram ao território soviético, seguindo os acordos estabelecidos pelo regime comunista. A carga foi assegurada e e desmantelada a fim de evitar incidentes internacionais que pudessem envolver a Fundação.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License