Arranhões
avaliação: 0+x

arranha arranha arranha

Não consegui dormir noite passada. Havia algo arranhando por trás das paredes. Provavelmente são apenas ratos ou algo assim. Provavelmente vou verificá-la amanhã.

arranha arranha arranha

Não consegui dormir de novo noite passada. Aquele maldito som de arranhão voltou. Desta vez, estava em todo o lugar, como se estivesse correndo pelas paredes e pelo teto. Eu realmente tenho que chamar alguém para ver isso.

arranha arranha arranha

Esse maldito arranhão não para. Chamei o proprietário e um exterminador. Eles fizeram uma inspeção completa em meu quarto e em todo o andar, sem fazer buracos nas paredes. Eles disseram que não conseguiram encontrar nenhuma evidência de pragas em qualquer lugar. Bem, fodam-se elas. Pelo menos a inspeção foi gratuita.

arranha arranha arranha

Puta que pariu, ainda está lá. Peguei emprestado um spray de vedação de plástico de um de meus vizinhos. Não tenho certeza de como ele tinha várias latas dessas coisas espalhadas, apenas parece ser um pouco conveniente demais. Pela maneira como ele agiu, parecia que esta não era a primeira vez que ele fazia algo assim. Talvez…?

Nah, deve ser só minha imaginação.

Eu não dormi naquela noite. Passei o tempo todo lacrando todas as rachaduras e buracos possíveis no meu apartamento. Eu não quero arriscar que seja o que for que está entrando no meu quarto.

arranha arranha arranha

PORRA.

Acho que a coisa deve ter se infiltrado enquanto eu estava fora. Eu posso ouvi-lo arranhando dentro do meu quarto agora. Oh Deus, eu acho que está chegando perto…

arranha arranha arranha

Está na minha cabeça comendo os meus pensamentos!

estánaminhacabeçcomendoosmeuspensamentosestánaminhacabeçcomendoosmeuspensamentosestánaminhacabeçcomendoosmeuspensamentos!

Transcrição do Relatório de Autópsia
Doutor █████: Certo, o indivíduo é um homem branco de ██ anos de idade. Causa da morte desconhecida no momento.
Doutor ████████: Mas, olhe para ele! A cabeça-
Doutor █████: Doutor ████████! Eu sei que você é novo aqui, mas por favor, evite fazer declarações não profissionais durante a autópsia. Trauma grave na metade superior do crânio do sujeito. As marcas de arranhões nas feridas sugerem que o trauma foi autoinfligido e feito à mão. Os fragmentos de sangue, pele, cabelo e ossos encontrados sob as unhas do sujeito apoiam a hipótese.
Doutor ████████: Ele arranhou seus próprios miolos?
Doutor █████: Essa é uma maneira muito direta de se dizer, mas sim. Parece que foi o que aconteceu, não é? Mas você nunca pode ter certeza. Vamos continuar…

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License