Filhotes Confusos
avaliação: 0+x

Ato I - Cena II


Um grande sala de conferências, centrada por uma mesa com cinco cadeiras, duas de cada lado e uma voltada para o público. Vários membros dos funcionários do sítio lentamente entram pelo lado direito do palco. Cada um começa a procurar por um lugar para sentar, ficando na seguinte ordem no sentido horário, começando com a direita do palco: Crystal-INE, Henry Ozid, Michael Handler, Evelyn Ledd, Chandler Wentworth.

NARRADOR
Assim que as portas da sala de conferências se abriram, um grupo de desajustados e atrasaditos entrou, suspirando pesadamente enquanto examinavam os outros membros de sua nova coalizão.

MICHAEL
(suspirando)
Alguém pode ir alimentar as Vespas Narradoras?

CHANDLER
Eu cuido disso.


Chandler se vira, ainda não tendo se sentado e sai da sala. O resto dos membros encontram seus lugares e se sentam.

MICHAEL
Tudo bem, então, sejam todos bem-vindos à nova-

NARRADOR
Chandler olhou pelos armários, mas não encontrava a deliciosa mistura de frutas vermelhas e nozes misturadas que as Vespas tão desesperadamente ansiavam. Talvez alguém a tivesse colocado na prateleira a duas de distância de onde ele estava olhando. Ou talvez não.

MICHAEL
Desculpe, de qualquer forma, à nova Equipe de Gestão Pública da Fundação, pelo menos provisoriamente. Ainda estamos todos nos recuperando do nosso choque, após o-

NARRADOR
Chandler, tendo localizado com sucesso a comida das Vespas, colocou uma porção grande em um balde, para levar para a câmara das Vespas. porém, ele se virou, porque não estava carregando comida suficiente… ele voltou, porque ele não estava carregando comida suficiente… ele se virou… Chandler, olhando para o teto com uma expressão desanimada, se virou, pois ele não estava carregando comida suficiente. Ele reabriu a caixa com raiva e começou a despejar uma quantidade absurda de frutas vermelhas e nozes misturadas deliciosas em seu balde. Satisfeito com a coleta, ele se virou mais uma vez e se dirigiu à câmara das Vespas.

MICHAEL
Vou só esperar até que isso acabe.


O grupo fica parado em silêncio por alguns segundos.

NARRADOR
Chandler entrou na sala com um empurrão forte nas portas, batendo-as enquanto ele continuava. Sua raiva provinha de aborrecimento geral do local de trabalho ou seria ela de algo mais… sinistro? Estaria Chandler escondendo um terrível segredo? Não, ele não estava, decidiram as vespas, enquanto Chandler espalhava as frutas e nozes misturadas no chão da câmara.


O grupo fica sentado em silêncio por alguns segundos, após os quais Chandler entra, parecendo aborrecido, e se senta sem dizer uma palavra.

MICHAEL
Certo, perfeito. AGORA podemos começar. Então, como vocês todos sabem, nós fomos convocados como uma espécie de… força-tarefa, para garantir que possamos fazer a transição para a funcionalidade sob vigilância pública. Os recentes eventos envolvendo a Coreia do Norte foram devastadores e não seria possível ficarmos sentados sem intervir para ajudar, e é por isso que não conseguimos mais esconder a Fundação.

HENRY
Se me permite, Michael, acho que todos nós nos beneficiaríamos em chamar isso do que realmente é.

MICHAEL
Que é…?

HENRY
Nós somos o novo departamento de Relações Públicas.

MICHAEL
Quero dizer… sim, nós temos responsabilidades semelhantes a um departamento de Relações Públicas, mas-

CHANDLER
Não podemos deixar que rótulos definam quem somos. Precisamos de um nome… um nome de equipe! Um bacana, também.

MICHAEL
Agora calma ai, Chandler-

EVELYN
Ooh, é uma ideia bem divertida!


O grupo começa a ficar animado, falando por cima de Michael, que parece cada vez mais derrotado a cada frase.

HENRY
Eu amo inventar nomes… que tal… ERPSCP? Isso significa Equipe de Relações Públicas SCP!

CHANDLER
Oh, não é ruim…

CRYSTAL-INE
Chamar a nós mesmos de "Comitê de Relações Públicas" seria a maneira mais concisa de representar nossa função.

CHANDLER
Ugh, você é tão robótico.

CRYSTAL-INE
Isso é… preciso.

MICHAEL
Vocês podem me ouvir por um segun-

EVELYN
Que tal os Filhotes Aconchegados!

HENRY
Esse é muito infantil, eu acho.

EVELYN
Ok… que tal Filhotes Confusos?

CHANDLER
Filhotes Confusos… eu posso ficar por trás disso.

HENRY
É, eu não importo também.

CRYSTAL-INE
Filhotes Confusos é um… nome fofo. Eu aprovo.

MICHAEL
Calma ai, nós não podemos nos chamar de os "Filhotes Confusos"

CHANDLER
Todos em favor de nos chamarmos "Filhotes Confusos?"


Todos exceto por Michael levantam suas mãos.

CHANDLER
A proposta passou. Bom trabalho, Filhotes Confusos.

MICHAEL
(gritando)
Gente!


O grupo para e encara, em choque, Michael.

MICHAEL
(perdendo a cabeça)
Precisamos nos concentrar aqui. É muito importante que comecemos a fazer planos reais, aqui! Uma declaração pública ou uma coletiva de imprensa ou algo… qualquer coisa!


O grupo fica em silêncio, olhando para frente e para trás sem ninguém abrir a boca.

MICHAEL
Ah qualé, alguém diga algo…

HENRY
Eu… eu acho que uma coletiva de imprensa pode ser boa.

MICHAEL
Ok, sim, bom, bom Henry. Por favor, expanda isso.

HENRY
Bem… coletivas de imprensa são uma… boa maneira de nos deixar controlar a narrativa. De nos certificar de estar um passo à frente da mídia… eu acho.

MICHAEL
Sim, oh, sim, um bom ponto. Alguém mais quer falar algo?

CHANDLER
Bem… o público quer respostas sobre o incidente da Coreia do Norte, certo? Nós temos essas respostas para dar?

EVELYN
Na verdade não, infelizmente. Conversei com a Jazz algumas vezes sobre isso, já que ela foi uma grande jogadora na sua concepção, mas ela não revelou muito.

CHANDLER
Eu estava no projeto apenas como uma mão amiga, mas parecia que Jazz era quem estava fazendo a maior parte do trabalho de engenharia. Não acho que esteja fora de questão que ela pense que é culpa dela, ou que realmente seja.

EVELYN
Ela estava bem devastada quando soube do que aconteceu. Eu não a vi o dia todo, na verdade. Espero que ela esteja bem.

CHANDLER
Interessante…

MICHAEL
Isso é bom, essas são boas ideias. Uhh… fazemos assim, vou falar com a Laura sobre uma coletiva de imprensa na próxima segunda-feira… o que acham?


Cada membro do grupo responde silenciosamente, balançando a cabeça ou murmurando em aprovação.

MICHAEL
Perfeito. Reunião encerrada, eu acho.


Todo mundo se levanta e se dirige para a porta.

EVELYN
Bom trabalho, Filhotes Confusos!

MICHAEL
Ok, nós precisamos falar sobre aquele nome em algum momento.

Fim Da Cena

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License