Central do Barco na Garrafa
avaliação: +1+x

Ano: 2056

Templo Judaico Dew Birch, aproximadamente 20 milhas do Sítio-17

"Ele me inspirou a chupar pintos," chorou Draven Kondraki no banco da frente do serviço funerário. Seu namorado estendeu uma mão e afagou sua perna confortavelmente, acenando a cabeça solenemente em resposta ao sentimento; ele podia confirmar que o filho do morto era um passivo incrível.
"Ele era tão bom em respirar," choramingou Alto Clef, do lado deles. Os funcionários em volta do viúvo acenaram com a cabeça. Benjamin Kondraki era bom em respirar.
"Uma vez, ele me socou na cara pela última rosquinha," chorou o recém-nomeado Diretor Moose. "Jesus Cristo, eu vou sentir tanta falta dele."
"Este é um serviço Judaico, Tilda," sussurrou o Diretor Bright em seu ouvido, do banco da frente, como se estivesse clarificando. Dr. Rights o deu uma forte cotovelada na costela como resposta.

Quando o Rabino terminou o sermão e caminhou para o caixão, o pequeno grupo de família e amigos reunidos se calaram. Algumas palavras finais foram ditas: Algo sobre o poder e o amor de Deus- e então os carregadores do caixão foram chamados ao altar, com a intenção de carregar o caixão para o pequeno cemitério do lado de fora. Solenemente, os comparecidos começaram a fechar a tampa-

CRUNCH
Houve um breve momento de confusão entre os que ocupavam o Templo com o som- plástico e grosseiro. A tampa do caixão não fecharia. Ela estava sendo segurada por uma garrafa de plástico de dois litros vazia, afixada ao pênis do morto.
"O time médico não conseguiu tirar!" lamentou Draven.


O Diretor da Fundação Benjamin Kondraki, de 55 anos, acordou de um pesadelo bem específico mas não improvável suando frio, em sua casa nos dias atuais, bem vivo, com quatro horas restantes para seu turno. Procurando pelo interruptor, ele ligou sua lâmpada e puxou sua cueca para cima, para ter certeza. Tudo que restou do incidente foi uma sacola de ervilhas congeladas para amenizar a dor. Ele deu um suspiro de alívio. A recém-comprada vagina portátil da Tenga Egg em seu criado-mudo perdeu o equilíbrio e caiu no chão com um tum triste e solitário.

Textos Amaldiçoados (Em ordem de publicação)

Regras Obripautórias

  1. Isso não é a lolfoundation, e as garrafas envolvias não são anômalas; também não são um fenômeno anômalo ou qualquer coisa entre isso. O propósito do pinto na garrafa não é pra criar humor (apesar de ser algo secundário), mas apontar algo que normalmente erram sobre os personagens da Fundação: eles são humanos. Humanos que podem ser imbecis. Pinto na Garrafa é um cânon com uma mensagem sobre as pessoas, em seu núcleo.
  2. Clef e Kondraki devem estar namorando ou devem ter namorado no passado. Isso é pra irritar um (1) homofobico que está com muita, muita raiva por esse cânon existir. Não precisa ser super explícito, é só ter.
  3. Kondraki deve ter uma garrafa d'água da marca Aquafina presa em seu pênis. Isso é pelo fato de Kondraki ser um homem bastante inteligente, que também é um imbecil impulsivo. Seu legado é o núcleo desse cânon.
  4. Zoeira leve é permitida, mas zoeira mais extrema fica na fundaçãolol.
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License