Teste SCP-093 'Vermelho'

Teste do Espelho 5: Cor (Vermelho)

SCP-093 foi distribuído entre os funcionários até que uma nova cor fosse gerada pelo contato. O Técnico de Serviço ██████ foi capaz de fazer com que SCP-093 adotasse coloração e brilho fortemente vermelhos, muito mais forte do que as cores normais do objeto. ██████ concordou em colaborar no teste com SCP-093. A pedido do Dr. █████, ███-███ foi fornecida ao Técnico ██████ para uso neste teste. Quando aplicado ao espelho, SCP-093 gera um ambiente desconhecido. Nenhuma tintura está presente no local de destino, que é composto de pedras vermelhas. Técnico ██████ entra no espelho e a gravação de vídeo começa.

A imagem pisca e o Técnico ██████, doravante denominado Indivíduo, está observando um grande pilar cilíndrico girando em torno de si mesmo. O objeto possui altura indeterminada e parece ter 1,6 m de largura. Fendas encontram-se espalhadas pelo objeto em intervalos aparentemente aleatórios. Ocasionalmente, um feixe de luz branca é emitido de uma destas fendas. Ao virar a câmera, percebe-se que os feixes se conectam a uma variedade de objetos similares a SCP-093, que fazem parte das paredes da câmara. A câmara também possui formato cilíndrico, coberta com incontáveis cópias de SCP-093.

Indivíduo se vira para o ponto de entrada e descobre se tratar de uma porção da parede onde falta uma cópia de SCP-093, presumidamente aquele portado pelo Indivíduo. Também faltam cópias de SCP-093 em outras seções da parede, levando à especulação de que esta talvez seja uma espécie de matriz central. Ao examinar o local, o Indivíduo encontra uma escada no piso, e desce por ela a pedido do Controle.

A escada termina em uma câmara ampla e limpa, cheia de equipamentos de computador que parecem antiquados perto dos anteriormente encontrados. Grandes computadores funcionando com bobinas giram e clicam em vários lugares, uma lâmpada de significado desconhecido se acende por dez segundos e se apaga. Um grande monitor de CRT mostra palavras em oito cores a intervalos de cerca de 5 segundos. Ao observar, é possível ver as palavras 'Puro' 'Impuro' 'Puro' 'Puro' 'Perdido' 'Impuro' piscando na tela.

Seguindo pela câmara, observa-se que esta termina em uma grande janela de vidro como um outro deck de observação. Este anexo se encontra sobre outra série de tubos, como vistos anteriormente, mas em menor quantidade e cheios de um líquido azul. O que parece ser uma corrente elétrica passa por cima de diversos tubos em intervalos erráticos. À primeira vista, pelo menos cinco tubos encontram-se vazios e quebrados. Na janela de observação, há um teclado sobre um pedestal, aguardando que um comando seja inserido. As opções na tela são 'Condição dos Tubos', que requer um número, 'Relatórios', 'Situação X-549', 'Registro de Evacuação', 'Merda', 'Relatório do Agente █-██-█', e 'Plano de Incêndio da Instalação'. <Vídeo Expurgado: todas as seleções que geraram uma resposta em texto foram transcritos pelo Indivíduo e verificadas por um membro do Controle que passou pelo portal para recuperá-las. Este processo levou cerca de duas horas e a gravação de vídeo foi deletada para condensar este relatório. Os Documentos Gravados encontram-se arquivados como ██████-████-██> Vídeo interrompido.

O Controle perdeu contato com o Indivíduo após cerca de 30 minutos após a saída do técnico enviado pelo Controle. Foi solicitado que o indivíduo permanecesse no local e observasse as máquinas e a sala de contenção, fazendo anotações para o relatório. O espelho com o portal de SCP-093 voltou a adquirir uma superfície refletiva prematuramente, e todo o contato de vídeo com o Indivíduo foi perdido. O Controle foi incapaz de restabelecer contato, já que SCP-093 se encontrava além do espelho. Foi registrado um lapso de tempo de um minuto e quarenta e oito segundos (1:48) antes que o portal se restabelecesse sozinho e que o Indivíduo retornasse por ele. Indivíduo aparentou estar em boas condições apesar da perda de tempo, mas comunicou-se pouco.

Durante o interrogatório posterior, o Indivíduo teve convulsões e a equipe médica foi chamada. Enquanto era detido, o Indivíduo demonstrou força aprimorada e utilizou ███-███ para atirar em um dos funcionários, assassinando-o. Os guardas atiraram e atingiram o coração e o peito do indivíduo com disparos de pistola, mas o indivíduo não tombou. Todos os funcionários deixaram a câmara e um segundo disparo foi feito pelo Indivíduo, que errou. Uma equipe portando armas mais pesadas entrou na câmara de interrogatório e utilizou armas automáticas para executar o Indivíduo. Relatos confirmam que o Indivíduo não sangrou ao ser atingido, vazando, ao invés disso, uma substância verde/marrom que parecia ser uma mistura da solução observada em alguns dos tubos de contenção e do material recuperado no Teste 3.

Todos os testes posteriores envolvendo SCP-093 foram cancelados até que a análise dos materiais recuperados seja concluída. Um dispositivo de gravação de áudio secundário foi encontrado, após ter sido ativado, nos equipamentos de campo do Indivíduo após o final da transmissão de vídeo, e seu conteúdo foi arquivado juntamente com os outros materiais recuperados.

Todos os materiais recuperados durante os testes com SCP-093 são Confidenciais de Nível 4. Sua liberação deve ser aprovada por pelo menos dois funcionários de Nível 4.

FUNCIONÁRIOS COM AUTORIZAÇÕES NECESSÁRIAS, FAVOR ENTRAR EM CONTATO COM DR. ██████ PARA ACESSO AOS MATERIAIS RECUPERADOS DURANTE OS TESTES COM SCP-093

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License